Revivendo Ossos Secos

Neste artigo quero focalizar a visão do vale de ossos secos, encontrados em Ezequiel 37:1-14, porque podemos aprender muitas coisas profundas a partir desta fascinante passagem da Escritura.

O livro de Ezequiel foi escrito pelo profeta do mesmo nome, que significa “Deus fortalece”. Hebreu da tribo de Levi, ele estava entre a elite de Judá, que foi capturada por Nabucodonosor e levada para a Babilônia. Ezequiel profetizou entre os anos 600 e 570 aC e foi contemporâneo do profeta Daniel. Alguns estudiosos acreditam que a sua referência “o trigésimo ano” no primeiro versículo do livro era provavelmente uma indicação de sua idade. Se assim for, isso significa que Ezequiel deveria ter apenas 25 anos de idade na época em que foi forçado a deixar sua terra natal. Trinta anos era também a idade em que um sacerdote poderia começar a ministrar (Números 4:3). Foi também aos 30 anos que Jesus começou Seu ministério, que José começou a governar o Egito, e que Davi começou o seu reinado.

Esta fascinante profecia dos ossos secos de Ezequiel tem algo para todos. Primeiro de tudo, ele estava falando principalmente para seus companheiros cativos entre os filhos de Israel. Por esta altura da história, as 10 tribos de Israel tinham sido tão amplamente dispersas entre as nações vizinhas, que pareciam quase perdidas como um povo. As tribos de Judá, Benjamin e Levi tinham acabado de ser conquistadas e levadas cativas para a Babilônia. Era como se a sua identidade nacional estivesse perdida para sempre e eles nunca mais voltassem a sua Terra Prometida. Assim, um propósito desta visão era o de inspirá-los com a esperança de que Deus um dia os ressuscitaria como uma nação.

Além disso, essa profecia fala sobre o que Deus fará pelo Israel espiritual, que é a igreja hoje. Um tema óbvio da visão é que Deus pode ressuscitar os ossos secos, que Ele pode dar vida literal ao que está morto e inanimado. É uma mensagem de que Ele pode reavivar Seu povo e transformá-lo em um poderoso exército.

Último de tudo, Ele nos fala individualmente. Não importa o quão secos e inúteis possamos nos sentir, ou quão mortos estejamos em nossos delitos e pecados, Deus pode nos devolver à vida através de Sua Palavra e Espírito.

Um Vale de Ossos Secos

Ezequiel começa seu relato com estas palavras: “A mão do Senhor estava sobre mim, e por seu Espírito ele me levou a um vale cheio de ossos” (Ezequiel 37:1).

Imagine a cena por um momento. Ezequiel foi tomado pelo Espírito e levado para um obscuro vale. A Terra Prometida abriga o ponto mais baixo da terra. Localizado abaixo do Vale do Jordão, perto do Mar Morto, este vale fica a mais de 1.300 metros abaixo do nível do mar. Talvez Ezequiel tenha sido levado em visão para esta área muito baixa e muito quente, onde Sodoma e Gomorra costumava ficar.

Em toda parte, por todos os lados, estavam os ossos secos e esbranquiçados dos mortos. Falemos sobre o Vale da Morte! Nesta visão macabra Ezequiel estava cercado por um número incontável de ossos secos de uma grande multidão de mortos.

Agora, tenha em mente que quando um exército era derrotado em batalha nos tempos bíblicos, os soldados vitoriosos muitas vezes tiravam os objetos de valor do morto e, em seguida, deixavam os corpos de seus inimigos insepultos. Em lugares remotos, onde haviam sérias batalhas, os esqueletos, por vezes, permaneciam anos depois, até que os animais de carniça dispersassem completamente os ossos ou eles se rendessem aos elementos. Esta imagem de um vale coberto de ossos não era meramente um conceito abstrato. Ezequiel viveu em uma época em que era possível encontrar literalmente vales de ossos, lugares onde os inimigos mortos tinham sido aniquilados e não havia ninguém para enterrá-los. Na Bíblia, um cadáver não devidamente enterrado, era considerado como sendo amaldiçoado por Deus.

Esta imagem também tem muita relevância para nós. A Bíblia nos diz que, logo após a vinda do Senhor, a superfície da terra permanecerá convoluta e destruída por 1.000 anos. A Terra ficará como um deserto repleto de cadáveres dos perdidos. Cidades ficarão destruídas, e ninguém vai estar lá para lamentar, chorar, ou enterrá-los. “Naquele dia, os mortos pelo Senhor estarão em todo lugar, de um lado ao outro da terra. Ninguém pranteará por eles, e não serão recolhidos e sepultados, mas servirão de esterco sobre o solo” (Jeremias 25:33). Esse mundo inteiro vai ser um escuro vale de ossos secos que algum dia voltarão a vida, para julgamento.

Ezequiel não era apenas um profeta de Deus, mas ele também era um sacerdote. O pobre rapaz foi colocado no meio deste vale de ossos, e ele disse que o Senhor o “…fez andar ao redor deles…” (Ezequiel 37:2). Você pode se imaginar andando ao redor de ossos de tornozelos de homens mortos? Poderia ter sido o sonho de um cão tornado realidade; mas provavelmente fez o profeta sentir-se extremamente desconfortável. Tocar um corpo morto poderia tornar, especialmente um sacerdote, imundo. Quão desagradável deve ter sido para Ezequiel ser colocado, mesmo em visão, neste horrível campo de morte!

Nova Vida para os Mortos

A Bíblia diz que estes ossos eram “muito secos” (vers. 2). Não havia qualquer esperança de vida.

Ao fazer algumas escavações em um antigo pântano de turfa na Inglaterra, uma equipe de arqueólogos encontrou algumas sementes de lírio muito pequenas, as quais eles plantaram. Embora os cientistas estimassem que essas sementes tinham estado lá há milhares de anos, elas brotaram e produziram um lírio. Não há nada parecido no mundo hoje, porque aquela planta em particular tinha em algum momento sido extinta. No entanto, porque a vida foi de alguma forma preservada naquelas sementes, a flor pôde viver outra vez.

No entanto, você não pode colocar um osso seco na água e esperar que ele volte à vida. Mesmo que você o fertilizasse e o regasse por cem anos, ele nunca voltaria a viver. Então, esses ossos “muito secos” simbolizavam uma situação que parecia completamente sem esperança.

Lembre-se que esta visão foi dada como uma lição não só para uma nação ou para a igreja, mas também para nós como indivíduos. Estes ossos secos representam o povo. A Bíblia diz: “Aquele que tem o Filho tem a vida; aquele que não tem o Filho de Deus não tem a vida” (1 João 5:12). Se uma pessoa não tem Jesus, seus ossos estão esbranquiçados e secos. Espiritualmente falando, ela não têm vida.

Assim como a água traz vida à terra ressecada, a Palavra de Deus e a água viva do Seu Espírito trará nova vida as almas secas. Isaías 44:3 diz: “Porque derramarei água sobre o sedento, e correntes sobre a terra seca; derramarei o meu Espírito sobre a tua posteridade, e a minha bênção sobre a tua descendência”.

Efésios 2:1 diz: “Ele vos vivificou, estando vós mortos nos vossos delitos e pecados”. Se o pecado ainda reina em nossas vidas, se ainda somos controlados por uma vida de pecado, então estamos mortos espiritualmente. Somos tão bons como ossos secos. Felizmente, a esperança nesta história é que Deus pode reviver os ossos secos.

“Porque este meu filho estava morto”, disse o pai do filho pródigo “e reviveu, estava perdido e foi achado” (Lucas 15:24). Quando esteve o filho rebelde morto? Quando ele estava vivendo uma vida desregrada. Espiritualmente, ele estava morto como uma múmia seca, mas então, Deus o trouxe de joelhos e lhe restituiu aos seus sentidos.

Missão Possível !

Na visão, Deus fez a Ezequiel uma pergunta. Ele disse: “Filho do homem, poderão viver estes ossos?”

O profeta respondeu: “Senhor Deus, tu o sabes” (verso 3).

Deus sabe tudo. Ele não nos questiona porque ele está perplexo, Ele questiona para nos fazer pensar. Assim como o antigo filósofo Sócrates fazia para ensinar através de perguntas, assim também Deus faz perguntas às pessoas a fim de despertar os seus processos de pensamento e levá-las a analisar a situação. “Vinde, pois, e arrazoemos, diz o Senhor” (Isaías 1:18).

Se Ezequiel tivesse respondido à pergunta de Deus com base na evidência de seus sentidos, ele teria respondido “não”. Ossos secos de mortos não podem voltar à vida …

Se você fosse o primeiro a chegar no local de um acidente e visse alguém deitado imóvel no chão, você pensaria: “Talvez haja esperança”. Você provavelmente iria até mesmo prestar os primeiros socorros e tentar reanimar a pessoa. Mas se você visse um esqueleto deitado na estrada, você não consideraria fazer-lhe respiração boca-a-boca. Você pensaria, “São apenas ossos mortos. Não há esperança”.

O que Deus quer que nós aprendamos com esta história é que nada é demasiado difícil para Ele. O que pode parecer impossível e morto para você e para mim é um campo cheio de possibilidades para o Senhor.

Você conhece pessoas as quais você achava estarem muito perdidas para serem encontradas? Alguém para quem parecia inútil orar? A Bíblia diz: “Nunca desista!

Quando Maria perguntou: “Como pode ser isso?” o anjo Gabriel lhe disse: “Nada é impossível para Deus”. E quando os discípulos perguntaram: “Quem pode ser salvo?” Jesus disse: “Para o homem é impossível, mas para Deus todas as coisas são possíveis”. A Bíblia está dizendo que sem Cristo não podemos fazer nada, mas através de Cristo todas as coisas são possíveis. Deus não quer que percamos a fé de que Ele pode dar vida, mesmo que pareça que a situação seja desesperadora. Todos nós já ouvimos o provérbio: “Para aquele que está entre os vivos há esperança” (Eclesiástes 9:4). Contudo, com Deus, há esperança, mesmo quando parece haver nenhuma vida!

Quando Deus Fala, Coisas Acontecem

Em seguida, Deus disse a Ezequiel: “Profetiza sobre estes ossos, e dize-lhes, ó ossos secos, ouvi a palavra do Senhor” (vers. 4).

Se você um dia estivesse andando na rua e visse um pregador de pé sobre um caixote pregando para um esqueleto, o que você acharia? Você iria telefonar para o hospício mais próximo, não é? Você assumiria que o homem era uma ameaça à sociedade.

Pregar aos ossos secos parece ser uma perda de tempo. Um esqueleto não estaria ouvindo! Mas às vezes nos esquecemos do incrível poder vital da Palavra de Deus. Se Deus pôde trazer a matéria à existência com apenas uma palavra e se Ele pôde fazer um homem da argila e uma mulher de uma costela, então é lógico que Ele também pode fazer os espiritualmente mortos ouvirem. Então não perca a esperança, especialmente aqueles de vocês que são pastores e evangelistas! Vocês podem pregar aos ossos secos e verem os resultados. A Palavra de Deus é tão potente e tão poderosa que infunde vida nova naqueles que parecem mortos.

Sempre que o Senhor fala, as coisas acontecem. A Bíblia nos diz que quando Cristo disse ao leproso, fique limpo, ele foi imediatamente limpo (Marcos 1:40-42). Quando Jesus disse: Levanta-te e anda à um homem que não andava havia 38 anos, o homem andou (João 5:5-9). Há sempre poder inerente à Palavra de Deus para nos capacitar a fazer o que Ele manda.

Vida nos Ossos

Em Ezequiel 37:5, Deus diz: “Eis que vou fazer entrar em vós o fôlego da vida, e vivereis”.

Os ossos estão quase sempre associados à morte, mas a Escritura fala de uma história em que os ossos eram uma fonte de vida. Em 2 Reis 13:20-21 vemos que o profeta Eliseu, que foi preenchido com uma porção dobrada do espírito de Elias, ficou tão cheio do Espírito Santo que seus ossos irradiavam vida, mesmo depois de morto!

A Bíblia diz que depois que Eliseu morreu e foi sepultado, alguns homens de Israel estavam realizando uma cerimônia fúnebre para um de seus amigos. Como eles estavam carregando seus restos mortais para fora para enterrá-lo, avistaram invasores moabitas à cavalo, estes piratas do campo, eram saqueadores, e os homens de Israel sabiam que eles precisavam sair de lá rapidamente, ou eles seriam as próximas vítimas. Não queriam ser desrespeitosos para com o amigo que estavam a enterrar, mas eles tinham que correr para preservarem suas vidas. Então, a Bíblia diz que “lançaram o homem na sepultura de Eliseu. Logo que ele tocou os ossos de Eliseu, reviveu e se levantou sobre os seus pés” (verso 21).

Há também muitos exemplos modernos de como ossos podem dar vida. Na sua edição de junho/1997, a Reader’s Digest contou sobre uma família em que a filha contraiu uma forma de leucemia, que acabaria por matá-la a não ser que ela recebesse um transplante de medula óssea. Por ela ter um tipo sanguíneo raro, era muito difícil encontrar um doador. Então, seus pais fizeram algo que era quase inacreditável. Eles começaram a orar para terem outro filho com o mesmo tipo de sangue raro. Eles esperavam que este segundo filho, após um curto período de tempo, seria capaz de fornecer a medula óssea necessária para a sua filha com leucemia.

As coisas estavam um tanto complicadas pelo fato de que este era um casal mais velho e o homem já tinha feito uma vasectomia. Não só os médicos precisam reverter isso, que é um procedimento muito duvidoso em si, mas seu novo bebê precisaria ter o mesmo tipo de sangue raro como o de sua irmã mais velha.

Funcionou. O homem fez a cirurgia e foi um sucesso, o casal foi capaz de engravidar novamente, e deu à luz uma segunda filha, que tinha o tipo de sangue adequado. Após 14 meses, a menina proveu medula óssea suficiente, a partir de seu quadril, possibilitando um transplante que salvou a vida de sua irmã mais velha. Há vida nos ossos.

Um Poderoso e Vasto Exército

Ezequiel 37:7 diz: “E eu profetizei conforme a ordem recebida. Enquanto profetizava, houve um barulho, um som de chocalho, e os ossos se juntaram, osso com osso”.

Quando o povo de Deus prega a verdade, isso causa um chocalho. Coisas começam a acontecer. Às vezes, traz avivamento. Em outras vezes desperta oposição e perseguição. Às vezes as duas coisas! Mas eu garanto que quando a verdade é fielmente proclamada, causa muita agitação!

Imagine o profeta estando neste vale, com seus pés sobre milhares de esqueletos banhados pelo sol. Meses depois de serrem devastados por abutres e animais de carniça, este mar virtual de ossos atabalhoados haviam sido espalhados por todo o lugar. Então, como Ezequiel começou a pregar, houve um barulho. De repente, como se desenhados por algum poderoso ímã invisível, começaram a voar pelo ar, sendo puxados de volta para seus parceiros iniciais e Deus começou o surpreendente processo de remontagem.

Depois de os ossos se achegaram em suas posições adequadas e Ezequiel continuar a pregação, a Bíblia diz que nervos e tendões começaram a tomar seus lugares. Em seguida a pele foi colocada na posição. Observe que Deus estava fazendo as coisas em ordem. Ele não disse: “Vamos colocar toda a carne junta. OK, agora vamos ver se podemos apertar os ossos dentro da pele. Agora, vamos colocar o músculo do lado de fora”. Isso teria sido o inverso (e o resultado horrível). Deus trabalha sempre através de um processo e faz as coisas em sua devida ordem. Seja reconstruindo Sua igreja, ou reavivando-nos individualmente. “Tudo, porém, seja feito com decência e ordem” (1 Coríntios 14:40).

Pedro nos diz que o crescimento em Cristo é também um processo com ordem. ” acrescentai à vossa fé a virtude, e à virtude a ciência, e à ciência o domínio próprio, e ao domínio próprio a perseverança, e à perseverança a piedade, e à piedade a fraternidade, e à fraternidade o amor” (2 Pe 1:5-7).

Neste ponto todas as partes do corpo estavam em seu devido lugar. Os ossos, músculos e pele estavam em posição, mas ainda não havia vida. O cérebro estava na cabeça, mas não estava pensando. Os pulmões estavam lá, mas o corpo não estava respirando. O coração estava no lugar, mas ela não estava batendo. Como Adão antes do Senhor inflá-lo com o sopro da vida, cada soldado era um corpo perfeito sem vida.

Então agora Ezequiel está cercado não por milhares de ossos desconexos, mas por um exército de corpos frios. Eles eram provavelmente cadáveres muito bonitos, mas no entanto, estavam mortos. Essa condição descreve exatamente algumas igrejas. Elas podem ter tudo no lugar, mas não há vida espiritual nelas. Diz Jesus delas: “Conheço as suas obras; você tem fama de estar vivo, mas está morto” (Apocalipse 3:1 – NVI). Exteriormente os membros parecem realmente bons. Eles acham que são ricos, abastados e não precisam de coisa alguma (Apocalipse 3:17), mas eles não têm o sopro da vida.

Ezequiel 37:10 diz: “Profetizei conforme a ordem recebida, e o espírito entrou neles; eles receberam vida e se puseram em pé. Era um exército enorme!”

Deus lhes dá vida para lutarem. Eles se tornam um exército. Da mesma forma, Deus nos dá vida espiritual de modo que podemos nos tornar soldados em seu exército. Zacarias 4:6 descreve o plano de batalha: “Não por força nem por violência, mas pelo meu Espírito”.

Esperança para os Sem Esperança

Após a Segunda Guerra Mundial, dezenas de milhares de soldados japoneses e civis foram mortos em Saipan. E hoje, 55 anos mais tarde, equipes de voluntários ainda estão vasculhando a região, à procura de ossos de pessoas desaparecidas. É muito importante para os sobreviventes identificarem seus parentes desaparecidos. Até agora eles encontraram menos da metade dessas pessoas. Este tem sido um trabalho muito deprimente, não acham? Quão melhor é estar envolvido em trazer vida aos ossos que realmente podem viver, para as pessoas que podem experimentar uma nova vida em virtude da Palavra de Deus e do Espírito de Deus.

No versículo 11, Deus diz a Ezequiel: “Filho do homem, estes ossos são toda a casa de Israel. Eis que eles dizem: Os nossos ossos secaram-se, e pereceu a nossa esperança; estamos de todo cortados”.

Você já se sentiu cortado, seco, ou até mesmo sem esperança?

Ezequiel 37:1-14 é uma visão de esperança. É uma mensagem maravilhosa de que a Palavra de Deus e o Seu Espírito podem trazer vida em qualquer situação e para qualquer alma, não importando quão morto e sem esperança você possa estar. Talvez você se lembre da história, onde a vara seca e morta de Aarão voltou à vida. Após ser colocada na arca de Deus durante a noite, ela brotou, floresceu e produziu amêndoas (Números 17:8)! Se Deus pode fazer uma vara velha e morta florescer, Ele pode fazer o mesmo por nós.

Como Igreja, Deus pode nos despertar e nos fazer um exército que fará parte do Seu remanescente do tempo do fim. Ezequiel 37:12-14 nos diz que o povo de Deus será ressuscitado e levado para a Terra Prometida. Haverá uma ressurreição dos justos, em breve, e teremos que viver nessa nova terra, a Nova Jerusalém. Mas antes disso, o Senhor quer levantar um exército de pessoas cheias do Espírito que irão expandir o Seu reino.

Alguns de nós fazem um bom trabalho de encobrir nossos ossos secos. Talvez os nossos casamentos estejam secos e estéreis. Ou talvez tenha havido uma perda de vitalidade em nossas relações familiares ou de trabalho. Alguns de nós têm contas bancárias que são como ossos secos. Outros têm problemas de saúde. Seja qual for a causa, a mensagem deste estudo é que Deus pode enviar nova vida para sua situação de osso seco. Deus pode infundir vitalidade em nossas vidas através do Seu Espírito e através da Sua Palavra. Ore por este reavivamento hoje.

Texto escrito pelo pastor Doug Batchelor publicado no site amazing facts. Crédito da tradução: Blog Sétimo Dia https://setimodia.wordpress.com/

Sobre Blog Sétimo Dia

“SOLO CHRISTO”, “SOLA GRATIA”, “SOLA FIDE”, “SOLA SCRIPTURA” (salvação somente em Cristo, somente devido à graça de Deus, somente pela instrumentalidade da fé, somente com base na Escritura)
Esse post foi publicado em Artigos traduzidos - Amazing Facts, Cristianismo Prático, Esperança, Reavivamento e Reforma e marcado , , , , , , . Guardar link permanente.

8 respostas para Revivendo Ossos Secos

  1. LUZIA FERNANDES LOPES disse:

    POR MEIO DO ESPIRITO SANTO, EZEQUIEL VÊ NUMA VISÃO UM VALE CHEIO DE OSSOS SECOS. OS OSSOS REPRESENTAM “TODA A CASA DE ISRAEL, TENDO ISRAEL COMO JUDÁ, NO EXÍLIO, CUJA ESPERANÇA PERECEU NA DISPERÇÃO ENTRE OS PAGÃOS. DEUS MANDOU EZEQUIEL PROFETIZAR PARA OS OSSOS. OS OSSOS ENTÃO REVIVERAM EM DUAS ETAPAS , UMA RESTAURAÇÃO NACIONAL LIGADA A TERRA, E UMA RESTAURAÇÃO ESPIRITUAL, LIGADA A FÉ. ESTA OBJETIVOU GARANTIR AOS EXILADOS A SUA RESTAURAÇÃO PELO PODER DE DEUS E O ESTABELECIMENTO COMO NAÇÃO NA TERRA PROMETIDA, APESAR DAS CIRCUNSTÃNCIAS CRÍTICAS DE ENTÃO . NÃO HÁ MENÇÃO DA DURAÇÃO DO TEMPO ENTRE DUAS ETAPAS. A RESTAURAÇÃO DE ISRAEL ´VIDA NOS FAZ LEMBRARA CRIAÇÃO DO HOMEM CONFORME RELATO , ADÃO FOI PRIMEIRO FORMADO FISICAMENTE, E A SEGUIR DEUS LHEDEU O “FOLEGO DA VIDA”. SEMELHANTEMENTE, A NAÇÃO MORTA DE ISRAEL DEVERIA PRIMEIRAMENTE SER RESTAURADA FISICAMENTE , E DEPOIS DEUS DARIA AOS ISRAELITAS O FÔLEGO DE VIDA, E DERRAMARIA SOBRE ELES O SEU ESPÍRITO. A VISÃO DOS OSSOS VIVIFICADOS TERIA SEU CUMPRIMENTO NA RESTAURAÇÃO DE ISRAEL. ESSA RSTAURAÇÃO TEVE SEU INICIO NO TEMPO DE CIRO, MAS SÓ TERÁ PLENO CUMPRIMENTO QUANDO DEUS CONGREGAR OS ISRAELITAS NA SUA TERRA, NOS TEMPOS DO FIM, NUMA OCASIÃO DE GRANDE DESPERTAMENTO ESPIRITUAL. MUITOS JUDEUS CRERÃO EM JESUS CRISTO E O ACEITARÃO O SEU REINO. ELE PURIFICARÁ ISRAEL DO PECADO E O POVO RECEBERÁ O PERDÃO E GUARDARÁ A LEI DE DEUS. ESSES BENEFÍCIOS ENTRARAM EM VIGOR MEDIANTE A SUA MORTE NA CRUZ E O MINISTÉRIO DO ESPÍRITO SANTO.

  2. Pingback: BlogAdventista.com.br » Blog Archive » Revivendo Ossos Secos

  3. Francisco Fernando Eckmann Helene disse:

    Mensagem maravilhosa.

  4. solange vieira de melo disse:

    maravilhoso!
    obrigada por ter encontrado esta mensagem que veio ao encontro de toda minha necessidade no momento. posso agora estar fortalecida pelo entendimento que me foi aberto. e gerou em mim uma fonte de vida. agora sim minha fé foi confrontada, e sei que não estarei mais neste vale! porque profetizarei sobre todos os ossos secos e eles reviverão para glória de Deus em minha vida! que Deus o abençõe grandemente.

  5. genesio silva disse:

    sim, também vejo esta visão como duas faces da vida do cristão, a primeira nos ensina a ser totalmente dependentes de DEUS, a segunda nos ensina que Ele é unico e não há outro DEUS além dEle, temos que juntar essas duas faces e por em prática na vida, por que naquele tenpo DEUS queria trazer o povo de volta a sua terra natal, hoje ele também quer nos levar de volta, nao pra uma outra cidade, mais sim para a nova jerusalém. Se você está sentindo que está como ossos secos vai uma dica, disse o senhor eu sou o caminho e a vida ninguém vai ao pai se não por mim assim falou JESUS,amém.

  6. Wagner Trindade disse:

    Excelente mensagem. Mas do que nunca precisamos deste reavivamento, acompanhado de reformas. Chega de teorias, vivamos as práticas já !

  7. Eduardo disse:

    Precisso de um Sermão Funebre. É tudo e Obrigado.

  8. Olá Eduardo,

    Segue o link para um sermão fúnebre:

    http://www.advir.com.br/sermoes/semoes_c_funebre.html

    E um outro link sobre como realizar um culto fúnebre:

    http://www.opregadorfiel.com.br/2010/01/como-realizar-um-culto-funebre.html

    Deus o abençoe!

Deixe seu comentário. Tudo o que pedimos é que se mantenha uma cultura de respeito. Isto significa não fazer ataques pessoais, não usar palavrões, e por favor manter o diálogo sobre o tema postado.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s