Como Guardar o Sábado

Você sabe como guardar o sábado? Afinal de contas, o que se pode e o que não se pode fazer nesse dia? Será que hoje nós guardamos o sábado como Jesus guardava? No programa Está Escrito, O Pr. Ivan Saraiva aborda estes temas, confira:

Jesus responde em Mateus 12:12 “é lícito fazer o bem no dia de sábado”

O maior exemplo daquilo que devemos fazer no dia de Sábado vem do próprio Jesus.
No sábado Jesus Cristo:

Visitava: Lucas 14:1 “Aconteceu que no SÁBADO ao entrar na casa de um fariseu para comer pão,…”

Passeava: Mateus 12:1 “E aconteceu que passando ele num SÁBADO pelos campos, os seus discípulos tendo fome, caminhando, começaram a colher espigas e a comer”
Obs: Colheram apenas para comer, igual a pegar frutas num pomar.

Curava: Muitos Milagres de Jesus foram feitos no Sábado:
A cura da sogra de Pedro Marcos 1:21 e 29, a cura do paralítico (João 5:9), o cego de nascença (João 9:14) e muitos outros.

Adorava: Ia a Igreja: Lucas 4:16 “E, chegando a Nazaré, onde fora criado, entrou num dia de sábado, segundo o seu costume, na sinagoga, e levantou-se para ler.”

Podemos fazer o bem todos os dias, porém no dia de Sábado devemos fazer o bem, temos durante o sábado muito mais tempo para fazer o bem.

AFINAL DE CONTAS PARA QUE DEUS CRIOU O SÁBADO?

Marcos 2:27 e 28 E acrescentou: O sábado foi estabelecido por causa do homem, e não o homem por causa do sábado; de sorte que o Filho do Homem é senhor também do sábado.

O verso diz que Deus pensou no ser humano, quando criou o Sábado, é um dia especial de comunhão entre o nosso Pai e nós que somos seus filhos, e entre os irmãos que fazem parte da família de Deus, e mais tempo para dedicar aos que ainda não fazem parte da família de Deus.

O QUE NÃO DEVEMOS FAZER NO DIA DE SÁBADO?

Veja: Isaias 58:13 e 14 “Se desviares o pé de profanar o sábado e de CUIDAR DOS TEUS PRÓPRIOS INTERESSES NO MEU SANTO DIA; se chamares ao sábado deleitoso e santo dia do SENHOR, digno de honra, e o honrares não seguindo os teus caminhos, não pretendendo fazer a tua própria vontade, nem falando palavras vãs, então, te deleitarás no SENHOR.”.

O Sábado foi feito para que o homem tivesse tempo para repousar e ter uma relação intima e pessoal com o seu Criador e Salvador. Qualquer coisa que interfira na nossa comunhão com Deus e com a Família de Deus, que roube o tempo que pertence a Deus, deve ser evitado. Sendo assim, tudo que pode ser feito outro dia da semana, que não precise ser feito no Sábado (ex: trabalhos domésticos como faxinas, consertos de casa, lavar carros, ir ao supermercado, etc), se não agirmos assim, o sábado deixa de ser um dia especial, e passa a ser um dia comum.

CRIAÇÃO E SALVAÇÃO

O Sábado está constantemente apontando para dois eventos: Na Sexta-feira ao pôr-do-sol, lembramos a nossa Criação (No Éden) e também a nossa Salvação (Cristo morreu numa sexta-feira) conforme: Lucas 23:54 “E era o dia da preparação e já ia começar o Sábado”.

A Bíblia nos revela que JESUS é o Criador “…todas as coisas foram feitas por Ele, e sem Ele nada do que foi feito se fez” João 1:3, então concluímos que:
No Sábado o Criador descansou da criação, e ao morrer na Cruz, no Sábado Jesus dormir o sono da morte, portanto Jesus descansou dentro do sepulcro do seu árduo trabalho em favor da raça humana.

VACINA CONTRA O ESTRESSE

O estresse foi chamado pela ONU de “mal do século” e traz como conseqüências: “Envelhecimento precoce, obesidade, anemia e baixa imunidade, aumento da freqüência cardíaca, tensão muscular, palidez, alterações do sono, alterações da digestão e função sexual, dermatoses, quadros alérgicos, baixa resistência a infecções e queda de cabelo… e a lista continua ainda, veja só os sinais na parte psicológica: sensação de incompetência, desmotivação, mania de perseguição, diminuição capacidade de concentração… De acordo com Marilda Novaes Lipp, psicóloga especializada em estresse, pela PUC de Campinas.

Mesmo antes do pecado, Deus já estabeleceu um ciclo semanal de 6×1, ou seja: seis dias de atividades e um dia de descanso como está escrito em Gênesis 2:1 a 3 “Assim, pois, foram acabados os céus e a terra e todo o seu exército. E, havendo Deus terminado no dia sétimo a sua obra, que fizera, descansou nesse dia de toda a sua obra que tinha feito. E abençoou Deus o dia sétimo e o santificou; porque nele descansou de toda a obra que, como Criador, fizera.”

O criador estabeleceu a primeira semana como um modelo para a humanidade e depois de tirar o seu povo da escravidão no Egito disse Êxodo 31:13 e17 “Certamente guardareis os meus sábados… entre mim e vós será um sinal para sempre, pois em seis dias fez o Senhor o céu e a terra e ao sétimo descansou e tomou alento.”

Na BLH diz: “…no sétimo dia parei de trabalhar e descansei”.

COMO GUARDAR O SÁBADO?

A maneira correta de contar o dia é conforme está na Bíblia. O dia deve ser contado do por do sol (tarde) a outra tarde, doze horas de claro e doze horas de escuro.

No livro de Gênesis vemos que no princípio o dia era contado sempre a partir da tarde veja só:

foi tarde e manhã do 1º dia (Gênesis 1:5), do 2º dia (1:8), do 3º dia (1:13), do 4º dia (1:19), do 5º dia (1:23), do 6º dia (1:31)

Na Bíblia, o dia tinha as mesmas 24 horas, mas era dividido em duas partes de 12 horas sendo: 12 horas de claro (por volta de 6 horas da manhã até 6 horas da tarde) e 12 horas de escuridão (das 6 horas da tarde às 6 horas da manhã).

Jesus mencionou isso em João 11:9 “Respondeu Jesus: NÃO SÃO DOZE AS HORAS DO DIA?.”

E assim o dia que era contado de por do sol a por do sol, conforme Levíticos 23:32 “ SÁBADO de descanso solene vos será; ENTÃO…DE UMA TARDE A OUTRA TARDE, CELEBRAREIS O VOSSO SÁBADO.”

Então, conforme a Bíblia o sábado começa no por do sol da sexta feira e termina no por do sol do sábado. Mas será que isso tem alguma importância ou o que importa é separar um dia e pronto?

Bem se o dia não fosse importante, porque Deus seria tão específico em determinar:

→ o dia? (Êxodo 31:17)
→ a hora de começar e terminar? (Levíticos 23:32)
→ colocar como um dos Dez Mandamentos? (Êxodo 20:8 a 11)

Equipe Ministério Está Escrito

About these ads

Sobre Blog Sétimo Dia

“SOLO CHRISTO”, “SOLA GRATIA”, “SOLA FIDE”, “SOLA SCRIPTURA” (salvação somente em Cristo, somente devido à graça de Deus, somente pela instrumentalidade da fé, somente com base na Escritura)
Esse post foi publicado em A Lei de Deus e Temas Relacionados, Pr. Ivan Saraiva, Sermões, Vídeos e marcado , , , , . Guardar link permanente.

47 respostas para Como Guardar o Sábado

  1. carlos disse:

    o sabado e um presente que nos fi brindado

  2. Alguém! uma resposta direta por favor. não guardar o sábado, significa não ser salvo? por favor sem meias palavras. um homem que aceitou a jesus como salvador, e trabalha aos sábados por motivos diversos, não se salva. galhardos, enoques, chacons. resposta direta sim ou não. aguardando????

  3. Segue uma resposta direta:

    Abraços e Feliz Sábado !

  4. Desculpa! video totalmente confuso. salvos que guarda domingo? espiritas, poxa espirita não evoca espiritos. e tambem não são eles que acreditam em reencarnação. poxa se reencarnação pode? o sacrificio e morte de jesus para nos salvar foi em vão? si eu posso reencarnar e fazer tudo certo. eu mesmo acabo corrigindo meus pecados. não preciso de cristo. desculpas irmãos. alguem ta errado. ou jesus, ou ellen white. gente eu pensei que só na minha igreja católica tinha pessoas em letargia. mas aí na adventista também tem. vcs, irmãos que absurdo? vcs fiéis dizimistas concordam com isto????? to pasmo

  5. Sabáticos. alguns católicos se salvarão si aceitarem jesus como salvador. espiritas se trocarem reencarnação, pela morte e ressurreição de cristo pelos nossos pecados. judeus se aceitarem jesus, muçulmanos se esperar jesus e não maomé. o proprio deus trabalhou no sábado. leia m ai. genesis 2.2. deus terminou no sétimo dia a obra que fazia. ou deus estava mentindo guando disse: terminei no sétimo dia a obra que fazia. vcs si acham capaz de viver pela lei. acaso dispensam a graça. é por graça que sois salvos. si a obra sabática for essencial. o perdão a graça esta condenada. pois os que viveram pela lei. por ela foram julgados. nós dependemos de cristo pois por causa dele seremos julgados, judeus ou agregados. que deus nos ilumine

  6. Enoque. A. O. Junior disse:

    Irmão Ferraz, terá algum adúltero no céu? assassino? terá algum? De repente uma ladrão, será que algum ladrão vai se salvar? (Tg.2:10). Eu não julgo, apenas Deus pode julgar, só ele sabe o coração de cada um, mais cada um será julgado segundo a luz que recebeu.

  7. Sei. não sou bem quisto! talvez deva me retirar? ou não? assim como recebi respostas com o video, que me enviaram. támbem sou convidado a ficar? aguardo resposta. si sou ovelha desgarrada, mereço qui larguem o rebanho por mim? ou mereço olho por olho dente por dente. lei ou graça? o qui vai ser?

  8. Caro enoque! aquele que estava ao lado de jesus na cruz. era ladrão, ou um justo?

  9. enoque. desculpa. aquele que jesus falou: ainda hoje estaras comigo no paraiso.

  10. Enoque> todo aquele, que invocar meu nome será salvo? é pros justos. ou pra todos?

  11. Hem enoque? é por lei ou por graça que seremos salvos? por arrependimento ou por lei? responde vai. ou melhor responder amanhã em algum blog. enoque sou redimido, pecados conheço bem. mas libertação e salvação só jesus. é por graça e piedade de cristo, que posso me sentir perdoado. é jesus a minha fortaleza. sei aonde estive. e sei aonde estou. obrigado meu deus, pelo teu cordeiro que tiara todos os pecados. inclusive os meus. a paz de cristo. escuta eu sei bem o que é a paz de cristo. abraço querido

  12. Enoque. desculpas se fui meio hostil. ja estive em tantos lugares querido, que as vezes me esqueço de ser cordial. vc. é meu irmão. desculpas tá. não ti conheço mas vc. é aquele por quem jesus tambem morreu. desculpas

  13. Bem. meu nome e email, voces já tem. tenho 53 anos, duas filhas um neto. sou casado com a mesma mulher há 30 anos, e não por ser exemplo. mas porque deus colocou na minha vida uma mulher, que por temer a deus. fez de mim um homem melhor, na verdade bem melhor, temo e amo a deus. mas nem sempre foi assim, mas agora é e isto é o que importa. meu melhor amigo é um adventista, que si mudou pra outro pais, e me deixou aqui carente rs. gente vou me despedir pois si não sou adventista melhor seguir o meu caminho. nunca tive a pretensão de ser um dedo acusador. mas fico profundamente entristecido, em ver uma tremenda digna e direcionadora igreja, si apegando e batendo o pé com sabados e domingos. vcs são tão maior que isto, minha religião e igreja católica si perdeu pelo caminho. tanto cresceu que si perdeu. por favor saibam crescer, pegue o exemplo dos que te sucederam, e não cometam os mesmos erros. não caiam na besteira de achar que o sábado o domingo. é maior que a graça de deus. minha igreja por si achar soberana se desviou da graça, ela si acha a graça. tá ai se dizendo capaz de perdoar os pecados. ou pior a única capaz de perdoar pecados, temho debatido com adventistas no site de vcs. galhardo enoque, chacon. e tenho visto, pessoas salvas mais frias. acusadores dispostos a falar, sem nunca querer ouvir. sou muito mais vivido que vcs. mas não em acertos, mas sim em erros. escutem! façam melhor que nós católicos fizemos em qto é tempo, produzimos perseguições, desmandos e etc. mas nunca viemos á publico pedir perdão, nunca reconhecemos nossas falhas. todo aquele que se julga sabedor, na verdade não sabe. mas quem sou eu pra dar conselho? um mero católico. sei que um testemunho do BUSH. vale muito mais que o meu. mas acredite, sou redimido e garanto. não sou maçom. tomara que um pedido de um pai de família, tenha mais valor, que o orgulho. ADSD. acima de whittes e miller, esta jesus. analise investigue. se tiver que mudar mude. não se permitam deixar que a vaidade, seja maior que o cristo. salvos seremos todos . todos pelo sangue do cordeiro(cristo) amem

  14. desculpas. se tiver que mudar, mude. mas de conduta. e nunca de religião. adventista sempre. abraço irmaõs.

  15. Enoque. A. O. Junior disse:

    Fique calmo irmão Ferraz, as veses você parece estar um pouco agitado, você não foi rude comigo de forma nenhuma, mas me parece que você está em busca de respostas, o que é bom, o irmão é um servo sincero de Deus, e eu o louvo por isso. Amém!

    Os ASD não dizem que são salvos pela lei, isso seria uma heresia, nós somos salvos pela graça e ponto final, mas a maioria das pessoas tem uma visão deturpada da graça, vamos ver alguns textos:

    O que é graça?
    “Porquanto a graça de Deus se manifestou salvadora a todos os homens”(Tito 2:11) – A graça é a salvação, ou o plano da salvação.

    “Porém em nada considero a vida preciosa para mim mesmo, contanto que complete a minha carreira e o ministério que recebi do Senhor Jesus para testemunhar o evangelho da graça de Deus” (Atos 20:24) – Evangelho é a graça

    “Justificados, pois, mediante a fé, temos paz com Deus por meio de nosso Senhor Jesus Cristo; por intermédio de quem obtivemos igualmente acesso, pela fé, a esta graça na qual estamos firmes; e gloriamo-nos na esperança da glória de Deus.” (Romanos 5:1,2) – Entro na graça pela fé

    “pois todos pecaram e carecem da glória de Deus, sendo justificados gratuitamente, por sua graça, mediante a redenção que há em Cristo Jesus” (Romanos 3:23,24) Somos justificados pela graça

    “Porque os simples ouvidores da lei não são justos diante de Deus, mas os que praticam a lei hão de ser justificados.” (Romanos 2:13) – Praticando a lei, somos justificados

    “Porque pela graça sois salvos, mediante a fé; e isto não vem de vós; é dom de Deus; não de obras, para que ninguém se glorie. Pois somos feitura dele, criados em Cristo Jesus para boas obras, as quais Deus de antemão preparou para que andássemos nelas.”(Efésios 2:8-10) – Sem dúvida somos salvos pela graça, mas uma vez salvos devemos praticar boas obras.

    “Anulamos, pois, a lei pela fé? Não, de maneira nenhuma! Antes, confirmamos a lei.” (Romanos 3:31) – Entro na graça pela fé, e a fé confirma a lei

    “Porque o pecado não terá domínio sobre vós; pois não estais debaixo da lei, e sim da graça. E daí? Havemos de pecar porque não estamos debaixo da lei, e sim da graça? De modo nenhum! (Romanos 6:14,15) – (Esse verso é tão claro que não vou nem comentar)

    “Todo aquele que pratica o pecado também transgride a lei, porque o pecado é a transgressão da lei.” ( 1 João 3:4) – Se não existe lei, então não existe pecado, e sem pecado não precisamos do plano da salvação, e assim estamos rebaixando o sacrifício de Jesus, e amigo, isso sim é uma HERESIA.

    O “bom ladrão” se arrependeu de sua vida, e isso se chama justificação, e por isso que ele rescusitará quando Jesus voltar e irá para o céu. Assim como eu e você.

    Deus o abençoe e FELIZ SÀBADO a todos…

  16. Caro irmão enoque. em colossenses 2, 16 e 17 não está escrito: portanto, ninguem vos condene por questões de comida ou bebida, e a respeito de uma festa de lua nova ou de ( Sàbados) tudo isto não passa de sombra do que devia vir! eu penso que para o homem moderno, seria quase impossível identificar o sábado mosaico, com tantas mudanças de calendário. me parece que: jesus estava falando pro povo judeu, o verdadeiro sábado vai acontecer… mi parece se tratar do sábado no milenio. este sábado comum que guardamos, com certeza não é o sabado de deus. bem concluo assim meu entendimento. um abraço fraterno querido irmão

  17. W. Frank disse:

    Irmão Ferraz, sobre Colossenses 2:16 e 17 : os sábados citados são os sábados cerimoniais, esses eram sombras das coisas que haviam de vir. Após o surgimento do pecado no mundo, Deus implantou o sistema sacrifical que nada mais era que um sistema que apontava para Cristo. O cordeiro morto no Edem era uma sombra do Cristo que havia de vir. Através dos séculos Deus mostra detalhes sobre o plano da salvação como o fato acontecido no monte Moriá, que nos revelou que o cordeiro morreria pelo pecador, e no Calvário Ele o fez. Quando Moisés recebeu a ordem para construir um santuário no deserto comforme o modelo que lhe foi mostrado no céu Deus nos deu mais detalhes sobre o plano da salvação. Tudo sempre apontava para Cristo. Tudo que era relacionado ao santuário eram leis cerimoniais. Os vários sábados ali elencados em Levítico 23 nos mostram que o sábado cerimonial funcionava como um feriado que acontecia sempre fixo no dia X do mês Y. Temos o dia 1º de maio como feriado. Em determinado ano esse feriado cai numa 5ªfeira em outro ano cairá numa 6ª e asssim por diante. O único sábado que aparece em Lv 23 que Deus não o prendeu a uma data é o do verso 3 e Deus o chama de “sábado para o Senhor”. Ao longo do capítolo vemos outros sábados que diferenciados deste do sétimo dia, Deus os chama de “vosso sábado”-vs32. Há uma diferença pronominal entre as duas classes de sábado existentes. Mas a grande diferenciação está no verso 37 e 38 onde Deus nos fala das festividades mencionadas no capítulo e o Seu sábado. O sábado como foi criado antes do pecado não poderia ser sombra de coisa alguma.
    Quanto às mudanças no calendário, isso não é um argumento válido, porém é muito usado. Cito par esclarecer-lhe o livro Assim diz o Senhor de Lourenço Gonzales, onde há um capítulo intitulado : PERDEU-SE NO TEMPO O SÁBADO?”
    Para o Sábado perder-se no tempo, necessário seria esfacelar a semana, porém não há a mínima prova “em favor da rotura do ciclo semanal através da história. Apenas afirmações vagas, imprecisas, hipotéticas”. Verdade é que, ao tempo do dilúvio, dos patriarcas, dos profetas, e mesmo no “período anárquico dos Juízes”, a semana tem-se mantido intacta, inviolável. É um espaço de tempo que corre sobre sete trilhos intermináveis.
    Consequentemente, o Sábado não se perdeu na era pré-cristã, porque a semana se manteve intacta. Em nossa época jamais se perderia. Sabe, irmão, é humanamente impossível alguém provar que o Sábado perdeu-se no tempo; é uma tarefa impraticável, mesmo que, para tal, se valha de todas as Enciclopédias, museus e da ciência, sabe por quê? Porque a semana nunca perdeu sua continuidade. Sempre teve o primeiro dia, seguido dos demais, até chegar ao sétimo que é o Sábado, ininterruptamente, através dos séculos, até hoje.
    Veja como é irrazoável a afirmação de que se perdeu a contagem dos dias:
    “Uma simples pessoa dificilmente perde a contagem de um dia. Mais difícil é que uma família o faça. Seria possível que um povoado, ou cidade, ou país, perdesse a contagem de um dia? Seria, pois, absurdo admitir que o mundo, com seus bilhões de habitantes, grande parte observando o primeiro dia da semana, perdesse a contagem do dia!” – A.B. Christianini, Subtilezas do Erro, pág. 147.
    Lembre-se que a Bíblia diz ser Deus Onisciente. Seria então absurdo “supor que Deus exija a observância de uma instituição – como no caso do Sábado por mandamento – e permita que este dia se extravie através dos tempos?” – (Idem). Não! Não é possível. Deus é exato!
    “Nos tempos de Jesus, os judeus eram extremados na guarda do Sábado. Ao serem espalhados, dispersos por todas as nações da Terra, após a destruição de Jerusalém, levaram consigo a observância sabática. Em tempo algum se perdeu o sétimo dia nas nações que se estabeleceram.” – Ibidem.
    Sim, amado, a semana, na era cristã, também permaneceu intacta, imutável, pois o Sábado sempre chegou e continua a chegar ao seu final. “O pastor Willian Jones, de Londres, com a cooperação de competentes linguistas de todo o mundo, elaborou um mapa da semana em 162 idiomas ou dialetos. Todos reconheceram a mesma ordem dos dias da semana, e 102 deles denominaram o sétimo dia de Sábado.” – Ibidem, 147-148. Eis aí, a nata da verdade! Certo?
    “Abram as Enciclopédias, cronologias seculares ou eclesiásticas, e o domingo é reconhecido como o primeiro dia da semana, logo depois de passado o Sábado. Quer dizer que não houve extravio de dia algum.” – Ibidem.
    Fato de realce e da mais alta importância para consolidar o assunto, é a informação exata de que “os registros astronômicos e datas que remontam a 600 a.C., concordam com o cômputo dos astrônomos de hoje, de que jamais alterou em tempo algum o ciclo semanal.” – (Ibidem). Quem poderá contestar os astrônomos?
    Outro acontecimento que permite consideração séria, pois é claro como a luz solar, é a disposição de todos os que guardam o domingo, o fazem sempre depois que passa o Sábado. Isso prova que, em vindo o primeiro dia da semana, passou o Sábado e começa nova semana, que findará novamente no Sábado, numa sequência interminável, chova, faça Sol, no inverno, verão, etc.
    Não há portanto, nenhuma plausibilidade de que o Sábado se perca, nunca, jamais! O ciclo é ininterrupto, nada o obstrui, é uma máquina bem azeitada pelo nosso Pai do Céu. Por isso, aqui no Brasil, nas Américas, nos Continentes, enfim, em toda a Terra, todos vivem a semana no seu dia-a-dia. Ricos e pobres, moços e velhos, homens e mulheres e, sempre ao final da semana, chega o santo Sábado. Preste atenção nisto:
    “O que mais se aproxima de uma prova (e é onde os que afirmam ter o Sábado se perdido se apóiam) é a declaração de que, desde os tempos bíblicos, o calendário sofreu várias mudanças, como se essas mudanças fossem tão complicadas e obscuras que ninguém pudesse compreender os acontecimentos que as acompanharam!” – Objeções Refutadas, Francis D. Nichol, pág. 28.
    Inúmeros calendários foram utilizados por civilizações diferentes. O calendário árabe, usado pelos povos maometanos, é baseado no movimento da Lua. Os gregos primitivos, mongóis, chineses, judeus e indianos, usavam calendários luni-solares, com o mesmo período dos demais calendários, e os meses eram regulados de maneira a começarem e terminarem com uma lunação. Mas, todos sem afetar a semana. A seguir, anote o que dizem as autoridades sobre o assunto:
    “Houve, de fato, mudanças no calendário. Nenhuma delas, porém, mexeu com a ordem dos dias da semana. Não vamos referir-nos às reformas precárias que não foram adotadas, ou apenas simbólicas, como o calendário positivista, o da Revolução Francesa, e outros. Analisaremos sucintamente as mudanças que alteraram o cômputo dos meses, dias e anos. O calendário judaico vinha dos primeiros tempos bíblicos, e consignava o Sábado. Os calendários das demais nações do Antigo Oriente, embora dessemelhantes quanto aos meses e anos, eram contudo idênticos na divisão semanal. O calendário romano mais antigo, que se crê fora dado por Rômulo, acrescentou dois meses, elevando o ano civil para 365 dias. Quando Júlio César subiu ao poder supremo de Roma, notando que o calendário vigente era deficiente, chamou o famoso astrólogo Alexandre Sosígenes para estudar a questão. Este determinou que se abandonasse o calendário dos nomes lunares, e se adotasse o egípcio. Foi feita a reforma no ano 45 a.C., e a semana que vinha no calendário egípcio era paralela à do calendário judaico, e foi mantida.
    “Assim a ordem setenária dos dias da semana não se alterou. Isso foi antes do nascimento de Cristo. Nos tempos de Jesus e dos apóstolos, a semana na Palestina coincidia com a semana dos romanos quanto à ordem dos dias. Também a denominação dos dias era a designação ordinal, pois os nomes dados aos dias da semana se devem a Constantino, o mesmo que, por decreto, legalizou a observância do primeiro dia…O calendário ficou alterado, sem afetar a ordem dos dias semanais. É a reforma chamada Juliana.
    “A outra reforma que alterou o cômputo, mas não a semana, é denominada Gregoriana, feita por ordem do Papa Gregório XIII. Os países latinos: Espanha, Portugal e Itália, aceitaram-na em 1.582.” – A.B. Christianini, Subtilezas do Erro, págs. 148-149.
    “Ao ser organizado o Calendário Gregoriano, notou o astrônomo Luiz Lílio que havia um atraso de dez dias, de acordo com os calendários existentes. Luiz Lílio deu conselhos ao Papa Gregório XIII, e este decidiu que o dia seguinte a 4 de outubro de 1582 se chamasse 15 de outubro. A mesma reforma foi ordenada por Carta Patente do Rei Henrique III e a segunda-feira, 20 de dezembro de 1592, sucedeu ao domingo 9, isto é, o dia seguinte a 9 de dezembro devia ser 10 e passou a ser 20. Houve protestos. Os protestantes não se conformaram com as decisões do Papa. Os ingleses concordam em 1572. Fazem suceder ao dia 2 do mês de setembro do referido ano, o dia 14, isto é, o dia 3 passa a ser dia 14, ficando todos os povos cristãos com um mesmo calendário, o Gregoriano.” – Itanel Ferraz, Segue-Me, p. 13.
    Muito bem, o que ocorreu em outubro de 1582, nos países que fizeram tal mudança, foi o seguinte: Apanhe lápis e papel. Imagine fazer uma folhinha e escreva o título (que é o mês) outubro O ano é 1582. Escreva agora, em horizontal, os dias da semana, como encontrados em todas as folhinhas e calendários. dom. seg. ter. qua. qui. sex. sáb.
    Certo? Agora iremos transcrever, na íntegra, os numerais referentes a estes dias da semana, tais como foram em outubro de 1582. Então escreva debaixo da segunda-feira o número um. O número dois debaixo da terça. O três debaixo da quarta, e quatro debaixo da quinta-feira, e agora – note bem – escreva o número quinze debaixo da sexta-feira, e daí para frente, o número dezesseis em diante até completarem-se os 31 dias deste mês de outubro de 1582.
    Notou o que aconteceu? Houve um pulo de 4 para 15, uma alteração nos números, mas não modificou absolutamente em nada a sequência semanal.
    Em síntese, o que simplesmente aconteceu e é tão fácil compreender, foi que “quinta-feira, 4 de outubro, foi seguida de sexta-feira, dia 15. Daí resultou que, embora tivessem sido removidos certos dias do mês, a ordem dos dias da semana não se alterou. E é o ciclo da semana o que nos traz os dias de Sábado. Ao passarem os anos, as outras nações foram gradualmente adotando o Calendário Gregoriano no lugar do Juliano, como se chama o antigo. E cada nação, ao fazer a mudança, empregou a mesma regra de saltar dias do mês, sem tocar na ordem dos dias da semana.” – Francis D. Nichol, Objeções refutadas, pág. 28.
    O importante a destacar é que em todas as alterações no afã de acertar dias, minutos, horas e segundos, Nada, nada mesmo alterou o ciclo semanal. Sim, meu irmão, quando o bom Pai Celestial afirmou no livro da gênese do mundo:
    Gênesis 8: 22
    “Enquanto a Terra durar, sementeira e sega, frio e calor, e verão e inverno, e dia e noite, não cessarão.”
    Deus garantiu aos “seres humanos de todas as épocas, de todas as latitudes e longitudes do Universo”, que a semana jamais seria modificada. Deus não a ligou a nenhum corpo celeste que pudesse alterá-la. Ela é um trilho eterno, onde correm sete dias intermináveis e imodificáveis, enquanto “durar a Terra”. A semana nunca foi alterada. Ouça mais isso:
    “Quando se realizou o calendário, nem mesmo se cogitou em interromper de qualquer modo o ciclo semanal. Falando na variedade dos planos sugeridos para a correção do calendário, diz a Enciclopédia Católica, volume IX, página 251: ‘Fizeram-se todas as propostas imagináveis; uma só idéia é que nunca se aventou, isto é, de abandonar a semana de sete dias.” – Francis D. Nichol, Objeções Refutadas, pág. 28. Grifos meus.
    “Por que deveria ter-se perdido a contagem do tempo? Quem o teria desejado assim? A civilização e o comércio existiram através de todos os séculos e, não poderemos crer que os que viveram antes de nós eram capazes, como nós, de con-servar a contagem dos dias?” – Idem.
    “Certo, nem toda a sabedoria e ciência se acham limitadas ao século atual. Ademais a rigorosa conservação dos registros do tempo é de vital necessidade no culto religioso, tanto para cristãos como para judeus. O cristianismo e o judaísmo têm percorrido todos os séculos, desde os tempos bíblicos. São eles provavelmente os elos que mais fortemente nos ligam aos tempos antigos.” – Ibidem.
    Pergunto-lhe irmão: “Seria possível que todos os povos cristãos, assim como os judeus, perdessem a contagem da semana?… poderíamos então chegar ao ponto de crer que todos os cristãos de todas as partes do mundo, e todos os judeus dos quatro cantos da Terra perderiam a mesma quantidade de tempo?… é fato que os judeus, que mantiveram através dos séculos o seu próprio calendário, se encontram em exata harmonia com os povos cristãos, no que respeita aos dias da semana.” – Ibidem, 29, grifos meus.
    Sim, amado, reafirmo com veemência: o ciclo semanal não têm nenhuma relação com qualquer fenômeno da natureza, como o dia, o mês ou o ano. Tem a semana sua origem em um Deus santo, que criou o mundo em seis dias e, ao sétimo, descansou, findando-a com fecho de ouro, e tem ela cortado os milênios e chegado até nós hoje, tal qual fê-la o nosso Criador. Não há dúvida! Negar esta verdade é um grande desamor. As reformas do Calendário não alteraram em nada a semana. Nem em tempo algum sofreu ela qualquer alteração. A verdade é que sempre e eternamente surgirá, ao final de cada semana, o santo Sábado do Senhor, como o marco eterno do fechamento do ciclo semanal.
    O fato é, irmão Ferraz, que o sábado sempre existiu – Gn 2:1e2; Ex 20:8-11, existe na igreja cristã – At13:14, 42, 44; 16:13; 17:2; 183e4 e exestirá na nova terra – Is 66:23. Recomendo que vc assista o vídeo no YOUTUBE intitulado “Lei e a Graça – Parte 01 – Pastor Luís Gonçalves”. É muito esclarecedor e bastante lógico. Afinal a graça só existe porque existe a lei, que fora transgredida. No final da palestra o pastor faz uma encenação que …Sem comentários, é boa demais para se refutar. Fiquem com Deus vc e sua família. e não se ausente do blog.

  18. Luis Chacon disse:

    Oi ferraz, acho que te respondi no post dos terremotos. Bem, de qualquer forma acho que está mais que respondido. Lembra de Nicodemos? Que o que precisava era só nascer de novo? Você se diz católico, mas não nos ofende, não toca em pontos como adoração de imagens, acho que a doutrina de Jesus está na sua cabeça, você quer que quer seguir Jesus (é o que me parece) mas tem algumas dúvidas (é também o que parece), isso é muito bom, dúvidas todos temos, leio, leio, leio e ainda tenho dúvidas de muitas coisas. Você me parece muito sincero. Acho que sobre salvação é possível que tudo tenha sido respondido, agora eu gostaria de te perguntar, mas não precisa me responder, isso é contigo, é foro íntimo: você ama seus pais, filhos, esposa? O que você faria por eles? Preciso continuar? Acho que não. Somos salvos pela graça por meio da fé, está escrito. Como eu te disse no outro post, o Monsenhor Dr. Emilio José Salim, ex-reitor da PUC e universodades de interior de SP, em sua obra Ciência e Religião, no vol II na pagína 14 (não tenho o texto exato, mas ele diz o seguinte): A ICAR mudou o dia de descanso do Sábado para o Domingo, por tanto, todas as Igrejas que guardam o Domingo devem abraçar a ICAR (eu concordo), os que não guardam o domingo devem ser Adventistas do sétimo Dia (eles ASD literalmente). Veja, não é o “mané” do Luis Chacon quem está falando, é uma autoridade da ICAR que nos diz que quem mudou foi a ICAR, e quem quer guardar o Sábado que se torne ASD, eu concordo com ele. Um dia Ferraz, seremos cobrados aqui por esse guarda, seremos diferenciados, seremos perseguidos ou não dependendo do que você escolhe. Viver é cristo, morrer é Lucro, eu particularmente não estou nem ai se vão me matar por causa do Sábado, um dia vou mrrer mesmo, meus pecados são grandes, mas gostaria, de poder dizer a Jesus que pelo menos tentei seguí-lo como ele deseja, não sei se estou conseguindo, mas sei qual o caminho, isso faz de mim, no meu julgamento um réu meio…. digamos complicado, mas tenho um advogado que me perdoa, caso eu realmente me arrependa, o ladrão, era Judeu (parece) é muito provável que tenha guardo o Sábado algum dia, mas ele acreditou em quê? que Jesus era o filho de Deus, reprendeu o outro por isso. Se você sabe que Deus fez o Sábado para nós, se você crê em Jesus, se você lê a Bíblia, ora irmão, batize-se por imersão e guarde o Sábado, qual o problema? Se o Monsenhor disse que quem mudou foram eles, por que devemos seguir doutrinas de homens em vez de seguir a doutrina de Deus? Agora, se você vai ser salvo pelo Saábado…, você é salvo pela graça, graça é gratuita e vem de Deus, Ele vai te salvar? Eu não sei. Não sei nem se vai me salvar. Eu quero muito, temos que fazer por isso. Espero que tenha entendido, as vezes me alongo e a coisa vai tomando outro sentido, mas acho que tá quase tudo nas respostas anteriores. Se o pessoal do blog ou alguém mais quiser acrescentar alguma coisa…. Aproveito e te faço um convite, procure uma Igreja Adventista do Sétimo Dia perto da tua casa e dá uma passada por lá, vai uns dois ou 3 sábados sem compromisso só pra ver como é o culto. Eu acho que você vai gostar.
    Irmão, que Deus te abençõe, que te ilumine, que te guarde, e que faça você encontrar o caminho. Forte Abraço

  19. GILBERTO disse:

    sabe não sei porque as pessoas ficam discutindo sobre o SÁBADO,ta na Bíblia tanto no novo como no velho testamento portanto não é de discussão e sim de aceitação ,Pedro diz que a palavra não pode ser interpretada (2 ped 1:20 ),Salmo 89:34 ( não violarei a minha aliança,nem modificarei o que meus lábios proferiram ) isso é DEUS FALANDO VOU DISCUTIR PORQUE?
    O PROBLEMA HG É QUE INTERPRETES DA LEI EXISTEM AOS MONTES POR DAREM MAIS VALOR AS SUAS PLACAS DO QUE PARA A BÍBLIA,COLOCAM TEXTOS DA LEI DE CERIMONIAS NO LUGAR DA LEI MORAL E AI FAZEM UMA CONFUSÃO DE DA DÓ. O INTERESSANTE DESSE ASSUNTO É QUE DIZEM QUE A LEI É MOSAICA ENTÃO Deus e mosaico porque quando lúcifer cai la no céu em iniquidade (Ezequiel 28:15) a palavra mostra que iniquidade É maldade, pecado ou melhor dizendo 1 joão 3:4 pecado é transgressão da lei, e no monte quando Deus escreveu (ex 31:18 ele disse: lembra-te do SÁBADO ,PORQUE LEMBRA-TE SE FOI CRIADO ALI COMO ALGUNS JULGAM?

  20. W. Frank disse:

    Resumindo…o ônus da prova cabe à quem alega. Se alegam que o sábado foi abolido ou pregado na cruz…que provem!!! Aqueles que alegam que o sábado acabou ou mudou podem prová-lo, mas o prazo termina na VOLTA DO SENHOR JESUS. Fiquem com Deus!!!

  21. Ismael disse:

    E digo isto, para que ninguém vos engane com palavras persuasivas.
    Colossenses 2:4

    Havendo riscado a cédula que era contra nós nas suas ordenanças, a qual de alguma maneira nos era contrária, e a tirou do meio de nós, cravando-a na cruz.
    Colossenses 2:14

    Portanto, ninguém vos julgue pelo comer, ou pelo beber, ou por causa dos dias de festa, ou da lua nova, ou dos sábados,

    Que são sombras das coisas futuras, mas o corpo é de Cristo.
    Colossenses 2:16-17

    Hipocrita é quem se diz observador da lei, pois só um foi capaz de consumar toda a lei, Jesus Cristo. Pois o fim da lei é Cristo para justificação de todos os que crêem que assim foi consumado.

    Jesus não é um lider religioso sabatista que veio ao mundo fazer do sábado o único mandamento a ser lembrado, pois o Evangelho de Jesus Cristo não é para ser resumido em um sermões ditatorial dos que se dizem Judeus mas não são.

    Vocês pregam, adventistas pregam o sábado como um código da religião de vocês e não como Graça de Cristo que justifica o pecador.

    O sábado é pros judeus, vocês elegeu ele como o carro chefe da religião vazia de voc~es, pois tudo aqui um dia irá passar e no céu não espaço para o tempo, muito menos para dias, meses e ano.

    Vocês se identificam com os Testemunhas d Jeova que crêem que o mundo é o céu de vocês, pois ao contrário, voc~es estão todos no inferno, pois na eternidade voc~es não terão como guardar supostamente o mandamento do tempo espaço.

    Parem de prega um “evangelho” que se auto justifica o ser de vpoc~es, pois se assim continuarem, voc~es estarão pisando no Sangue de Jesus, na nova aliança que não é feita de pedra.

  22. Ismael disse:

    Esse Pr. Ivan Saraiva fala como se fosse um ditador, fala de modo impositivo, ameaçador e que me da nojo. É muita ladainha, só os desonhecedores das escrituras cairão na teiam fanatica de voc~es.

    Eu fico onservando a hipocrisias de vocês ao supostamente observarem o sábado, um mandamentinho dos dez, mas se esquecem o livro de Levitico que são mandamentos para serem lembrados e só ficam no sábado, sábado, sábado… Chega desta estupidez!

    Voc~es guardam todos os mandamentos da lei, já que voc~es guiam sua religião netste pilar? Se não, e com certeza não, voc~es são culpados em todos, sabem disto?

    Falem, mas não se enganem! Leiam Levitico nos cátitulos 18, 18 20…

    Me sejam sinceros, voc~es guardama tudo aquilo ali?

    Estando, pois, os filhos de Israel no deserto, acharam um homem apanhando lenha no dia de sábado.

    E os que o acharam apanhando lenha o trouxeram a Moisés e a Arão, e a toda a congregação.

    E o puseram em guarda; porquanto ainda não estava declarado o que se lhe devia fazer.

    Disse, pois, o SENHOR a Moisés: Certamente morrerá aquele homem; toda a congregação o apedrejará fora do arraial.
    Números 15:32-35

    Veja como Jesus reagiou ao religiosos que o acusaram de transgredir o sábado:

    Mateus 12, 1-2: Colher o trigo em dia de sábado e a crítica dos fariseus. Em dia de sábado, os discípulos passavam pelos campos de trigo e abriam o caminho arrancando algumas espigas para comer. Tinham fome. Os fariseus chegam e citam a Bíblia para afirmar que os discípulos estão infringindo a lei do Sábado (cfr. Ex 20,8-11). Também Jesus usa a Bíblia e responde citando três exemplos tirados da Escritura: (a) de Davi; (b) da legislação sobre o trabalho dos sacerdotes no templo e (c) da ação do profeta Oséias, ou seja, cita um livro histórico, um livro legislativo e um livro profético.

    • Mateus 12, 3-4: O exemplo de Davi. Jesus lembra que o próprio Davi fez algo proibido pela lei, porque tirou o pão sagrado do tempo e o deu a seus soldados para comerem, porque estavam com fome (1 Sam 21,2-7). Nenhum fariseu teve a coragem de criticar o rei Davi!

    • Mateus 12, 5-6: O exemplo dos sacerdotes. Acusado pelas autoridades religiosas, Jesus argumenta apontando que elas mesmas, as autoridades religiosas, fazem no dia de sábado. No templo de Jerusalém, em dia de sábado, os sacerdotes trabalhavam muito mais que os outros dias as semana, porque deviam sacrificar os animais para os sacrifícios, deviam limpar, varrer, carregar pesos, matar os animais, etc., e ninguém alegava que era contra a lei, pensavam que fosse normal! A própria lei os obrigava a fazer isto (Nm 28,9-10).

  23. Ismael disse:

    Quer o conselho?

    Deixem de pregar sua religião, pois ninguém serão salvos por meio dela, e passem a pregar o Evangelho de Jesus Cristo.

    “…A saber, que Deus estava em Cristo, reconciliando consigo o mundo, não imputando aos homens as suas transgressões, e nos confiou a palavra da reconciliação.” (2 Coríntios 5.19)

    Cuidado, vocês estão colocando o sábado como o pilar, a pedra de esquina.

    Rasguem o novo testamento e preguem que o homem está fadado ao inferno.

    Jesus demonstrou que o mundo está condenado, conforme se lê: “Quem nele crê não é condenado, mas quem não crê já está condenado, porque não crê no nome do unigênito Filho de Deus” Jo 3: 18.

    Como o julgamento da obras será no futuro, aquele que está condenado, não será justificado quando do julgamento de suas obras (condenável) Rm 3: 19- 20. Porém, quanto ao juízo em Adão, os cristãos, por intermédio da fé em Cristo, já estão justificados (são declarados justos e livres da condenação), conforme Jesus disse: “Quem nele crê não é condenado…” Jo 3: 18.

  24. Ismael disse:

    Em Romanos é dito: visto que ninguém será justificado diante dele por obras da lei… (3:20), Concluímos, pois, que o homem é justificado pela fé, independentemente das obras da lei (3:28), Pois que diz a Escritura? Abraão creu em Deus, e isso lhe foi imputado para justiça (4:3), e Justificados, pois, mediante a fé (5:1). Mas, ao que não trabalha, porém crê naquele que justifica o ímpio, a sua fé lhe é atribuída como justiça (4:5).

  25. W. Frank disse:

    Ismael, use um pouco só a sua lógica, a inteligência que Deus lhe deu. A cédula(ou documento como mostra algumas traduções) de ordenança que vc fala nada mais é que a lei cerimonial pois as leis, as quais chamamos morais, não estão escritas numa cédula mas sim em pedra, sendo que o sábado, quer vc queira ou não, ali está presente. Qual o simbolismo que Deus quis nos mostrar ao escrever esses mandamentos em pedra e ainda por cima com o seu próprio dedo e como se não fosse suficiente, duas vezes???
    Com toda honestidade. Sobre Colossenses 2:16, você acha que o cristão pode comer de tudo ou beber de tudo??? ´Pode o cristão louvar a Cristo, tomando uma doses de vodca??? Não, é claro que não. Quanto aos sábados dessa passagem, são os sábados cerimoniais que funcionavam como feriados e nada mais. Se o apóstolo fala no verso 14 de um documento, seria inteligente de nossa parte pensar que os sábados ali citados estão nesse documento. No vs. 17 Paulo nos afirma que essas coisas são sombras das coisas vindouras. O sistema que Deus usou através dos tempos para ilustrar a morte de Cristo na cruz, foi o sistema de sombras, símbolos ou tipos. Esse sistema começou a vigorar logo após o pecado. Sempre que a pessoa pecasse, contra a lei moral deveria sacrificar um cordeiro. Em si, o sacrifício do cordeiro não salvava o pecador do salário do pecado, que é a morte. O cordeiro era uma sombra, um símbolo do sacrifício que Cristo faria na cruz, pois Cristo foi morto desde a fundação do mundo(Ap13:8). O sistema de sombras e símbolos começou depois do pecado, logo…os sábados que Paulo faz referência no capítulo em questão são os cerimoniais pois o sábado do sétimo dia existia antes do pecado. É natural que o pessoal de outras denominações se atrapalhem um pouco com a cronologia dos acontecimentos por não estudar a bíblia como um todo, mas apenas procurar versos difíceis que lhes dêem “permissão” para fazerem aquilo que o Senhor não autoriza, quando tais versos difíceis(aqueles que parecem ser ambíguos) deveriam ser interpretados à luz doz mais fáceis.
    Quando a bíblia diz que Cristo é o fim da lei, a palavra fim “tellos” do grego, significa finalidade assim como em ITm1:5 : “Ora, o fim do mandamento é o amor de um coração puro, e de uma boa consciência, e de uma fé não fingida”. IPe 1:9 :” Alcançando o fim da vossa fé, a salvação das vossas almas”. E como armonizar tal verso com o que Paulo diz no mesmo livro : “E assim a lei é santa, e o mandamento santo, justo e bom” (Rm7:12)
    Nós adventistas pregamos o sábado por ser este o mandamento desprezado por outras igrejas. Defendemos integralmente os mandamentos da lei moral, os 10. E o fato de não conseguirmos guardar os mandamentos com perfeição não significa que os desprezemos.
    Se vc acha que a lei de Deus foi abolida, nunca gostaria de encontrá-lo estando eu em companhia de minha esposa, pois vc poderia, de repente cantá-la, uma vez que o adultério encontra-se nessa mesma lei que vc diz ter sido abolida.
    Já cansou o argumento de que o sábado é dos judeus. De uma vez por todas o sábado é do Senhor e o guarda todo aquele que se ajunta ao seu povo. Argumentação primária essa heim??? Sem silogismo algum. Desculpe-me mas agora tenho que sair. Volto mais tarde.

  26. Enoque A. O. Junior disse:

    Irmão Ismael,

    Primeiramente leia Gálatas 5 todo, e veja o que são frutos do Espírito, depois leia esse texto:

    “Ora, é necessário que o servo do Senhor não viva a contender, e sim deve ser brando para com todos, apto para instruir, paciente, disciplinando com mansidão os que se opõem, na expectativa de que Deus lhes conceda não só o arrependimento para conhecerem plenamente a verdade, mas também o retorno à sensatez, livrando-se eles dos laços do diabo, tendo sido feitos cativos por ele para cumprirem a sua vontade.”( 2Tm. 2:24-26)

    E faça uma análise da forma como o Sr. colocou as suas objeções, eu evitarei refutar opiniões próprias pois são palavras ao vento, me preocuparei em refutar apenas textos mal-interpretados. Quero dizer que nós os ASD não dizemos que somos salvos pela lei, mas com todo o amor do mundo peço que leia o seguinte texto:

    “Porque o pecado não terá domínio sobre vós; pois não estais debaixo da lei, e sim da graça. E daí? Havemos de pecar porque não estamos debaixo da lei, e sim da graça? De modo nenhum! (Romanos 6:14,15)

    Não devemos pecar estando debaixo da graça, e o que é pecado? “Todo aquele que pratica o pecado também transgride a lei, porque o pecado é a transgressão da lei.” ( 1 João 3:4).

    Nenhum mandamento é tão atacado quanto o sábado por isso o “defendemos” com tanta veemência. Os outros textos mal interpretados que o irmão citou já foram refutados com maestria pelos meus companheiros, W.Frank e Luis Chacon. E gostaria de propor um desafio, 1 texto, apenas 1 em que diga que o dia de guarda agora é o domingo.

    Fique com Deus

  27. Luis Chacon disse:

    Pois é, se eu não preciso guardar o Sábado, eu também posso matar, adulterar, adorar imagens, olha que interessante eu posso ter outros deuses (seja lá o que isso signifique). O começo dos 10 mandamentos diz: “Eu sou o SENHOR teu Deus, que te tirei da terra do Egito, da casa da servidão.”, não preciso crer nisso também. Que legal, agora ficou fácil, o caminho que era estreito agora “tá bacana” essa religião é boa, parece aquelas que você paga e pode fazer o que quiser. Bom, não precisa guardar o Sábado, e o Domingo precisa? abraço

  28. W. Frank disse:

    Olá, estou de volta. Olha só a coisa sem nexo que vc disse : “voc~es estão todos no inferno, pois na eternidade voc~es não terão como guardar supostamente o mandamento do tempo espaço”. Leia Is 66:23 e me diga : tem fundamento bíblico sua afirmação??? Seja honesto c/vc mesmo, meu irmão. O sábado :
    EXISTIA ANTES DO PECADO(Gn 2:1 e 2);
    PERMANECEU DURANTE DA EXISTÊNCIA DO PECADO(Ex 16:4, 5, 22-30, Ex 20:8 -11, Is 56 e 58- capítulos inteiros, Ez 20:12 e 20, Lc 4:16, Lc 23:56 – Lucas era gentio e escreveu o livro que leva seu nome 30 a 40 anos depois de Cristo morrer -, At 13:14, 42, 44, At 1613 – aqui guardam o sábado fora da sinagoga e não eram judeus pois Lucas ,que escreveu Atos era gentio o guardou o sábado com Paulo que era judeu e com mulheres gentias -, At 17:2, At 18:3 e 4.
    SERÁ O DIA DE ADORAÇÃO NA NOVA TERRA (Is 66:23 combinado com Ap 22:2).
    Não me venha com esse papo surrado, desgastado do apedrejamento por apanhar lenha violando o sábado. Israel tinha sua lei penal da mesma forma que temos a nossa. Havia um tempo que adultério era considerado crime em nosso país. Só porque não é mais crime a denominação que vc segue ou até vc mesmo acha correto??? Ou vc acha errado porque está na lei moral???. Mesmo não achando correto se algum irmão de sua igreja adulterar vc não vai apedrejá-lo – sei lá né??? Se vc diz que a lei foi abolida pode até ser que o faça. – O mesmo se dava com o sábado, o preceito penal secundário – a pena – não estava escrito em pedra.
    Quando vc cita Mt 12:1 e 2 e afirma que os fariseus citaram a bíblia vc fala uma inverdade pois eles não citaram a bíblia de forma alguma. Onde está escrito na bíblia que eles não podiam fazer aquilo. Vc há de concordar que se eles fizeram errado e Cristo os apóia, então Cristo pecou pois a lei moral violada por Ele ainda não havia sido pregada na cruz, e , segundo Pedro Cristo não poders ser nosso cordeiro pois havia pecado (I Pe1:19). Agora olha a embrulhada que vc se meteu. Primeiro vc afirma que Cristo cumpriu toda a lei e depois afirma que Cristo violou-a. Como Cristo iria afirmar uma coisa pela boca de seus profetas e depois iria contra tudo o que Ele ensinou??? Veja, o Espírito de Cristo estava nos profetas (Pe1:11).
    Vc acha que existe o judeu e o gentio mas segundo Paulo Deus fez dos dois povos um só povo. Quando vc cita Rm 3:20 e 28 vc encerra a leitura por aí pois vc achou um verso que lhe serve de argumento e tira o Apóstolo Paulo de louco. Porque vc não continuou sua leitura até o vs 31 onde Paulo diz que não devemos abolir a lei mas sim estabelecê-la. Seja honesto, por Deus, se Paulo em uma passagem afirma que a lei foi cravada na cruz e em outra noz afirma que não devemos abolí-la mas sim estabelecê-la, vc acha que Paulo estava se referindo ao mesmo tipo de lei??? Uma era a cerimonial e outra a moral. A propósito as leis de saúde e de higiene tambPém não foram abolidas como alegam os comedores de torresmo.
    Vc cita Abraão em Rm 4:3 e acha que quem declarou isso foi Paulo, não é mesmo??? Errado quem escreveu isso foi Moisés : “E creu ele no SENHOR, e imputou-lhe isto por justiça”.(Gn 15:6). E o que acontece depois disso??? Abraão guarda os mandamentos de Deus. “Porquanto Abraão obedeceu à minha voz, e guardou o meu mandado, os meus preceitos, os meus estatutos, e as minhas leis”.(Gn 26:5). É uma consequência, obedecemos Aquele que nos resgatou e nos declarou justos com Seu próprio sangue. Vc sim que pisa no sangue de Cristo quando Ele te salva do pecado e vc continua cometendo pecado, por que pecado é a transgressão da lei (I Jo3:4).
    Por amor que vc tem à sua vida eterna…leia II Pe 3:15 e 16 : ” E tende por salvação a longanimidade de nosso Senhor; como também o nosso amado irmão Paulo vos escreveu, segundo a sabedoria que lhe foi dada; Falando disto, como em todas as suas epístolas, entre as quais há pontos difíceis de entender, que os indoutos e inconstantes torcem, e igualmente as outras Escrituras, para sua própria perdição”. Então não seja um indouto ou um inconstante. Abraço e que o Espírito Santo lhe ilimine na procura de TODA A VERDADE, pois uma meia verdade nada mais é que uma meia mentira.

  29. ismael disse:

    Guardar o sábado… guarda o sábado….
    Jesus Cristo saiu pregado o sábado….Jesus Cristo saiu pregado o sábado….
    Ora, vocês não fazem outra coisa!
    Guardar…guardar….

    Quanto a mim, morri com Cristo e com Ele estou assentado nos lugares celestiais, sendo que Nele, também morreu a Lei que me matava; e de tal modo que fiquei livre para contrair núpcias com a Graça, conforme Romanos 7. Em Cristo fiquei viúvo da Lei para sempre!

    A divisão, infelizmente, começou. E todos terão que decidir se se gloriarão apenas na Cruz de Cristo ou se tentarão continuar a fazer “barganhas com a Lei e com a Moral” como caminhos de “validação” da salvação acerca da qual o próprio Jesus declarou: “Está Consumado!”

    Para vocês, Jesus é quase tudo, a Graça é quase tudo… mas, sem a Lei, ninguém pode, de fato, para vocês, agradar a Deus! Eu é que digo— e o faço com toda ousadia e intrepidez, e disposto que estou a enfrentar, em campo aberto, qualquer desses “quase-crentes”, em qualquer que seja a arena de debates que eles desejem— que vocês me são Anátema!

    Ah! Vocês que coloca Jesus na categoria de criatura, afirmando que é Miguel? Imaginem o resto.

  30. ismael disse:

    O mandamento é o amor!

    “O fim da lei é Cristo, para a justiça de todo aquele que crê”.

    “A Lei foi dada como ‘aio’ para nos trazer até Cristo”.

    “Os dons que recebestes, os recebestes pela Lei ou pela pregação da fé?”

    “Pela Graça sois salvos, mediante a fé, e isto não vem de vós, não vem de obras, para que ninguém se glorie”.

  31. W. Frank disse:

    Irmão Ismael, quando vc disse:” Esse Pr. Ivan Saraiva fala como se fosse um ditador, fala de modo impositivo, ameaçador e que me da nojo” vejo, e os demais irmãos que acompanham o blog com certeza concordarão comigo, que o Espírito Santo está fazendo com que vc procure a VERDADE, pois quando não gostamos de uma programação e essa até nos dá nojo, simplesmente não a assistimos, e, se vc assiste, das duas uma : ou vc é masoquista ou o Espírito Santo está lhe comvencendo do pecado, que é a transgressao da lei(I Jo3:4), cujo salário é a morte(Rm 6:23). Peço a Deus de todo o meu coração que vc, Ismael, continue debatendo conosco pois chegará um dia que vc aceitará que a lei de Deus é imutável pois se ela pudesse ser mudade Cristo não precisava morrer. Ele só morreu por nós por conta de ser ela, a lei, imutavel, tal qual Quem a fez. Não vamos cansar de anunciar a vc ou a quem quer que seja pois sei que se só existisse vc aqui no planeta, mesmo assim Cristo viria morrer só por vc. Reflita nesses versos. “Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna” (Jo3:16). “Anulamos, pois, a lei pela fé? De maneira nenhuma, antes estabelecemos a lei”(Romanos 3:31). Fique com Deus!!!

  32. ismael disse:

    Não meu querido!
    Para eu falar, eu tenho que saber o que estou falando. Eu não sou nenhum tolo!

    Se é Lei, não é Graça; e se é Graça, não é Lei. Como então existe algo a que se possa chamar de Lei da Graça?

    Ora, tudo o que é, é. Portanto, aquilo que é em-si-mesmo (como a Graça), pela sua própria existência, é Lei. Tudo o que é em-si-mesmo é Lei. Deus é Graça, pois Deus é amor!

    A Graça de Deus e o Deus da Graça não são separáveis. Aliás, um Deus que não fosse Graça não seria Deus, e nem criaria coisa alguma, posto que o ato de chamar à existência aquilo que não existe é um ato de Graça.

    Se o Universo foi criado, então, nele tudo é Graça, visto que nada havia nele a partir do que criar, pois, caso houvesse, essa coisa pré-existente seria a razão essencial de si mesma, sendo, portanto, algo a existir fora da Graça.

    O Universo, porém, é um derrame cósmico de Graça, pois, nada há nele que não tenha sido chamado à existência do nada. Se nada havia, então, tudo o que há é Graça. Pois se o que não é passa a ser por um ato de vontade de Quem é, então, tudo o que daí decorre é Graça, posto que somente a Graça fornece o material que a inexistência necessita para existir, que é amor.

    Amor é vontade essencial de ser e criar. Amor é o motor de qualquer existência. Amor é o mantenedor da vida. Amor é Graça e Graça é amor!

    A Lei da Graça, portanto, é o Amor.

    O Amor está no Principio de todas as coisas, pois, o Deus que é Amor, é também Aquele que se fez Cordeiro Imolado antes da Fundação do Mundo. Nenhuma energia vibrou no Cosmos antes do Amor.

    É o Amor que emula a vida em seu destino na direção da Vida. Assim, eis a Lei da Graça para os Humanos:

    1o Ama a Deus com a plenitude de teu ser.

    2o Ama o teu próximo como a ti mesmo.

    3o Ama teu próximo fazendo a ele tudo aquilo que tu mesmo queres que os outros façam a ti.

    4o Jamais faças ao teu próximo aquilo que tu mesmo não queres que seja feito a ti.

    5o Sê justo com a Justiça que faz o bem e que é capaz de perdoar o erro.

    6o Sê misericordioso conforme a misericórdia que tu queres receber de Deus e dos homens.

    7o Sê grato em todas as coisas de acordo com a consciência que tens de que nada te é devido, posto que tudo que és e tens te foi dado.

    8o Sê cheio da fé que opera pelo amor e que realiza o fruto da justiça, que é paz e alegria no Espírito Santo.

    9o Perdoa sempre, e sempre serás perdoado, posto que assim confirmas com atos a fé que tens de fato acerca de que tudo Está Consumado, pois quem perdoa, também está confessando que crê na Cruz.

    10o Segue o verdadeiro amor e não te preocupes com o pecado.

    Esta é a Lei da Graça conforme o ensino do Evangelho.

    Ora, tal Lei não vem de fora, mas nasce dentro, e não é algo que se alcance por esforçado-esforço, mas sim com o supremo esforço-da-entrega que se traduz em Confiança Total na Graça de Deus.

    Na Lei da Graça a obediência é gerada pelo descanso, e não o descanso pela obediência.

    Na Lei da Graça as obras sucedem a fé, embora a fé que não produza obras de amor esteja morta.

    Na Lei da Graça o trabalho é confiar e descansar no que Está Feito, pois é daí que o ser capta sua energia para realizar eficazmente aquilo que é Lei do Amor.

    Assim é o Caminho-Lei-da-Graça.

    Bem-aventurado aquele que o segue em confiança.

    Caio

    2004

    Copacabana

  33. ismael disse:

    Agora, se vocês ainda crêem que guradam a lei? Ora, Cristo cumpriu a lei e só ele foi capaz.
    Por isso que Ele disse que nenhum til se omitiria da lei antes que tudo se comprisse, Nele, Jesus. Por isso tendo Ele cumprido a Lei, Ele, Jesus, encravou na Cruz e disse: ESTÁ PAGO!

    eU ESTOU LIVRE A LEI!

  34. Luis Chacon disse:

    Cara, você citou Caio Fábio? Por que não citou a Bíblia? Tá vendo a diferença? Seguimos o que está na Bíblia, não o que o homem nos diz. Esqueçamos o Sábado, a lei diz para não adulterar, mas como você está livre da lei…, vai e adultera, certo (só exemplo)? Ai você vai e me diz, não, eu nã oadultero porque eu amo a Deus, hum entendo, ama a Deus não adultera (adultério está na lei moral), mas não guarda o Sábado. A lei é um teto, dali não podemos passar, isso em toda sociedade, ou você está acima da lei no Brasil? Mas diz que está acima da lei moral de Deus, porque diz que está livre dela, e se você está livre pode fazer tudo, veja nãoestamos falando de Sábado. Abraço

  35. Galhardo disse:

    Caro amigo Ferraz, temos por crença e ser essencial guardar todos os mandamentos, “Teme a Deus, e guarda os seus mandamentos; porque isto é todo o dever do homem.” (Eclesiastes 12.13). Ora, a Bíblia nos diz q é “o dever do homem, guardar os mandamentos” se é dever então devemos fazê-lo. Se nós cremos na Bíblia como regra de fé e de conduta, tenhamos como uma luz q nos guie. “Lâmpada para os meus pés é a tua palavra e luz para os meus caminhos.” (Salmo 119.105). O sábado faz parte deste mandamento escrito na luz dos escritos proféticos (Bíblia Sagrada), não temos hoje as duas pedras escritas com o próprio dedo de Deus, porém, temos sua Escritura Sagrada, onde encontramos mandados q nos permite viver de forma agradável e decente perante a sociedade, conhecida e estabelecida como lei moral (dez mandamentos). Jesus afirmou: “Não penseis que vim destruir a lei ou os profetas; não vim destruir, mas cumprir.” (Mateus 5. 17). Se nós amamos Jesus e obedecemos a seus mandados e Ele mesmo diz para “NEM PENSAR” em deixar de cumprir, como posso eu agora com os dons espirituais não fazer a vontade daquele q disse: “Todavia, digo-vos a verdade, convém-vos que eu vá; pois se eu não for, o Ajudador não virá a vós; mas, se eu for, vo-lo enviarei.” (João 16. 7), o Espírito Santo q Jesus havia de enviar, não nos deixaria sem a verdade. “E quando ele vier, convencerá o mundo do pecado, da justiça e do juízo.” (verso 8) Observe q, Ele (Espírito Santo) traria ao mundo o conhecimento do q é pecado, do q é justo, e do julgamento. Acredito q vc sabe quando está pecando, aliás, todos nós sabemos quando estamos em erros. Muitas vezes não admitimos, muitas vezes não queremos dá ouvidos a nossa mente. O Espírito Santo nos diz: Galhardo o sábado é sagrado, Jesus veio morrer de graça, para resgatar o preço da transgressão da lei, porém se não houvesse a lei não precisaria da graça (Jesus). Pois o pecado é a transgressão da lei, “Porque a lei opera a ira; mas onde não há lei também não há transgressão.” (Romanos 4.15). O Espírito Santo nos traz o conhecimento da lei; ela nos torna escravo, porém sem ela não saberíamos onde estaríamos errando. “Que diremos pois? É a lei pecado? De modo nenhum. Contudo, eu não conheci o pecado senão pela lei; porque eu não conheceria a concupiscência, se a lei não dissesse: Não cobiçarás.” (Romanos 7.7). Percebeu?
    Eu não conheceria os prazeres da carne se ela a lei não me mostrasse. A lei nos diz: Não faça isso, não faça aquilo, não é justo, não é certo. Note q sem a lei, não teríamos como saber o q devíamos fazer, pois acharíamos q tudo estaria certo; por não ter algo para direcionar nossas vidas. No direito existem regras dadas: (direito tributário, direito canônico, direito cível, direito penal e etc.) todos os advogados, juízes, promotores, defensores e etc., seguem os códigos de leis, cada especialidade as suas leis. Vc já parou para pensar – se o mundo não tivesse regra morais (leis) o q seria deste lugar (terra)? Acho q seria um caos! Deus na sua onisciência e amor nos preparou, antes do CAOS uma lei de amor (dez mandamentos), para q pudéssemos viver felizes com nossos amigos. Cumprindo assim o q seu Filho nos disse: “Amarás ao teu próximo como a ti mesmo.” (Mateus 22.39). E como é q se ama nosso próximo? Não adulterando com sua mulher, não cobiçado seus bens, não roubando suas coisas, não e não. Percebeu? Deus nos ama, q providenciou suas normas para o homem e em prol do homem. “Pois toda a lei se cumpre numa só palavra, a saber: Amarás ao teu próximo como a ti mesmo.”
    (Gálatas 5:14). Em função de tantas coisas q o homem passaria pela semana, em seis dias, Ele (Deus) se preocupou em dar um descanso e um dia onde o homem pudesse revigorar suas forças, ajudar pessoas, conversar com os filhos, abraçar sua mulher, olhar a natureza e glorificar (Deus) aquele q concedeu tudo para ele (homem), O sábado veio para trazer esse descanso semanal, essa observação visual, esse tocar, esse prazer nas coisas q não são percebidas durante os dias anteriores. Por tudo isso Deus nos traz o “LEMBRAR” no começo do mandamento. “Lembra-te do dia do sábado, para santificá-lo.” (Êxodo 20.8). Quanto a esse dia sábado será lembrado e é eterno leia Isaías 66.22-23. E esteja entre o q querem ser santos. “Aqui está a perseverança dos santos, daqueles que guardam os mandamentos de Deus e a fé em Jesus.” (Apocalipse 14.12). Percebeu? A paciência desses santos é ter a fé em Jesus e guarda seus mandamentos. Abraço.

  36. W. Frank disse:

    Ismael, me desculpe mas vc me parece mais um daqueles “robozinhos” programados por certos líderes religiosos para combater a crença adventista. Vc não reflete nos versos que eu e os demais irmãos lhe enviamos que mostra todo o silogismo do pensamento adventista. Vc vem com uma citação desse Caio Fábio que tem “pinta e papo” de maconheiro zem. Ele nunca fala nada da bíblia mas sim dele mesmo. A propósito, faz alguns anos ele caiu em adultério; foi um escândalo e tudo mais. Mas para que usar a palavra “caiu” se a lei não existe mais??? E por que os irmãos que o seguiam e concordavam com a sua filosofia de que a lei findou na cruz ficaram escandalizados???

  37. Ismael disse:

    Vocês citam Moises. Vocês seguem os seus ensinamentos.

    Agora vem dizer que cito Caio Fábio, e cito mesmo! Ora, o que Caio Fábio prega é o Evangelho da Graça que vocês desconhecem. E desconhece de tal forma que chega consciente ou inconsciente chamar Jesus de mentiroso, pois quem vive tentando colocar alguém sob opressão, por ter pecado, culpando por ter Caio pecado, se esquece de que, se alguém disser que não peca, é mentiroso e a Palavra de Deus não habita nesse alguém.

    Vocês vivem recordando o pecado do passado de alguém, pois psicologicamente, dá para entender, que vocês, não conhece o perdão, pois tentam culpar os outros como fuga para os seus prórprios pecados, pois quem não tiver cometido pecado, que atire a primeira pedra!

    E como vocês atiram…

    Essa velha aliança, que não foi criada para nós e sim para os Judeus, Ele, Jesus tornou ultrapassada e fora de uso . E o que se torna velha, ultrapassada e fora de uso, perto está de desaparecer. Por isso que Jesus aboliu e cravou na Cruz esse escrito de divida que vocês insistem em querer pagar, seus hipócritas!

    Agora ,sabe que é o Advogado de Caio Fábio, meu e de todos aqueles que não têm Moises como seu guia espiritual e redentor segundo a Lei? É Jesus Cristo o Justo! Ele é a propiciação pelos meus pecados, pelos Caio de do mundo inteiro.

    Só Ele, Jesus, pode me acusar de pecado. E mesmo assim, Ele não me condenou e nem condenou o pecado de Caio. – nem Eu também te condeno!

    Que pena, pois vocês estão todos com sede de atirar a pedra, não é? Vocês confessaram isto trazendo a memória do pecado dele, não foi? Hipócritas!

    Vocês são os acusadores dos servos do Senhor! Cuidado! Se enxerguem!

    Agora, se vocês ainda crêem que guradam a lei?

    Ora, Cristo cumpriu a lei e só ele foi capaz. Por isso que Ele disse que nenhum til se omitiria da lei antes que tudo se comprisse, Nele, Jesus. Por isso tendo Ele cumprido a Lei, Ele, Jesus, encravou na Cruz e disse: ESTÁ PAGO!

    EU ESTOU LIVRE A LEI!

    Tende cuidado, para que ninguém vos faça presa sua, por meio de filosofias e vãs sutilezas, segundo a tradição dos homens, segundo os rudimentos do mundo, e não segundo Cristo;
    Colossenses 2:8

    Havendo riscado a cédula que era contra nós nas suas ordenanças, a qual de alguma maneira nos era contrária, e a tirou do meio de nós, cravando-a na cruz.
    Colossenses 2:14

  38. Ismael disse:

    Miguel é uma criatura. É um anjo. É servo de Deus.

    Migueul não é Deus. Não é Jesus. Não é Senhor e Salvador.

    Vocês pregam reduzindo Jesus a categoria de anjo? De criatura?

    “Examinais as ESCRITURAS, porque vós cuidais ter nelas A VIDA ETERNA, e são elas que de mim testificam.

    MAS…
    E NÃO QUEREIS vir a mim para terdes VIDA.

    Fiquem na caducidade da Lei e espere que Cristo venha novamente cumprir o que Ele cumpiru, e só Ele foi capaz de cumprir.

    O FIM DA LEI É CRISTO!

  39. Ismael disse:

    Jesus trabalha, trabalou no sábado. Não só Ele, mas o Pai também. Ele dissie e afirmou que trabalha, e disse isto no dia de sábado, não só Ele trabalha, mas o seu Pai e meu pai.

    Amém!

    Meu descanso é na Graça e não num diazinho, código religioso.

    Vocês, exemplo dos Maias que profetizaram o fim do mundo, acham que conhecem tanto que surtam se achando conhecedores da mente de Deus.

    Vocês e os Maias erram feito!

  40. Ismael disse:

    Assim, meus irmãos, também vós estais mortos para a lei pelo corpo de Cristo, para que sejais de outro, daquele que ressuscitou dentre os mortos, a fim de que demos fruto para Deus.

    Porque, quando estávamos na carne, as paixões dos pecados, que são pela lei, operavam em nossos membros para darem fruto para a morte.

    Mas agora temos sido libertados da lei, tendo morrido para aquilo em que estávamos retidos; para que sirvamos em novidade de espírito, e não na velhice da letra.
    Romanos 7:4-6

  41. Ismael disse:

    Testemunha de Jeová que pregam que o reino de Deus é aqui na terra, eles, é que deveria pregar a guarda do sábado, pois eles creem que um mundo será eterno no tempo-espaço, e por isso, o sábado é eterno para ser lembrado.

    Na eternidade, não haverá dias, meses e anos.

    Paulo nos ensinou que não devemos julgar ninguém por essas coisas, pois o firme fundamento é Jesus Cristo.

    Querem saber quem verão a Deus?

    Bem-aventurados os limpos de coração, porque eles verão a Deus;

    Bem-aventurados os pacificadores, porque eles serão chamados filhos de Deus;
    Mateus 5:8-9

    Chega de hipocrisia! Vocês matariam Jesus para defender um dogma religioso!

    HIPOCRITAS!

  42. Ismael disse:

    W Frank , VOCÊ AFIRMA!:

    Mas para que usar a palavra “caiu” se a lei não existe mais??? E por que os irmãos que o seguiam e concordavam com a sua filosofia de que a lei findou na cruz ficaram escandalizados???

    Ele se fez pecado por nós para nos libertar da maldição da Lei!

    Ele é a propiciação pelos pecados de Caio, pelos meus e pelos do mundo, do mundo todo!!!!

    Ora, vocês que são da Lei é que vivem acusando de pecado pessoas com a mesma essencia de vocês. Vocês não pecam? Ou se enganam com os espíritos enganadores para fazer prevalecer e ressuscitar aquilo que Jesus na Cruz levou sobre si e cancelou?

    Ora, se vocês usam a Lei para acusar de pecado -como se vocês não pecassem- os outros seres humanos como vocês, onde está a Graça de Deus, pois a Graça abundou mais que o pecado, vocês não creem nisto, não é?

    Vocês não conhecem o Evanhelho! Não conhecem o amor de Deus manifestado em Jesus!

    Vocês, a exemplo dos farizeus, seguem seus ancestrais e seus ensinamentos!

    Paulo aponta um juízo futuro, que vocês, por terem um código, pela lei serão julgados, e como pecaram, também perecerão por não aceitar que a salvação é de Graça e que Cristo pagou o preço em nosso lugar. Ao apresentarem as suas obras diante do tribunal, descobrirão que elas não servem para justificá-los, pois são trapos de imundícia Rm 2: 5; 3: 20.

    SOU USTIFICADO POR DEUS.

    Justificados, pois, mediante a fé, temos paz com Deus por meio de nosso Senhor Jesus Cristo (Romanos 5:1).

    Porque, como, pela desobediência de um só homem, muitos se tornaram pecadores, assim também, por meio da obediência de um só, muitos se tornarão justos” (Rm 5: 18-18).

    Porque o salário do pecado é a morte, mas o dom gratuito de Deus é a vida eterna em Cristo Jesus, nosso Senhor (Rm 6: 23).

    Vocês ficam o tempo todo querendo fazer as pessoas acreditarem que o salário são elas que terão que pagar. O Sangue de Jesus não é suficiente para vocês?

  43. W. Frank disse:

    Já entendi tudo. Vc quer apenas Jesus Cristo como seu Salvador mas não como seu Senhor. Esse é o pensamento da maioria dos que se dizem cristãos como vc. Na bíblia, do começo ao fim vemos a lei e a graça de mãos dadas “A misericórdia e a verdade se encontraram; a justiça e a paz se beijaram”(Salmos 85:10). A graça nunca existiria sem a quebra da lei, por isso Pedro afirma que os anjos desejam entender o que é a graça, pois eles não precisam : “Foi-lhes revelado que propunham não para si mesmos, senão para vós, estas revelações que agora vos têm sido anunciadas por aqueles que vos pregaram o Evangelho da parte do Espírito Santo enviado do céu. Revelações estas, que os próprios anjos desejam contemplar”. (1 Pedro 1:12)
    Termino por aqui, não vou debater mais. Fiquem com Deus.

  44. Aos foristas antinomistas,

    Aqui no blog existe abundante material a respeito da Lei de Deus e da guarda do sábado para todo cristão sincero ler e com a Bíblia na mão se tiver coragem verificar se as coisas são como temos exposto.
    Cabe a cada um decidir se seguirá doutrinas de homens ou seguirá aquilo que Deus requer de nós. Cabe a cada um decidir se obedece a Deus naquilo que Ele pede ou faz as coisas do seu próprio jeito. A eternidade é que está em jogo.

  45. Ismael Carneiro disse:

    Mas Jesus lhes respondeu: Meu Pai trabalha até agora, e eu trabalho também. E isto foi dito num dia de sábado.

    Ora, Ele sendo o Senhor do sábado, logo, ele tem autoridade para subjugar qualquer lei ou dogma a sua vontade. Quando Ele diz que é o Senhor do sábado, Ele afirma que não está sujeito a lei nehuma, mas pelo contrário, ele é que a sujeita a sua vontade.

    Se os antigos matavam alguém, seguindo o olho por olho, Ele, Jesus, diz que não será mas assim. ” Eu porém vos digo”

    Jesus não está sujeito a lei nehuma. Como o pr. fernando Iglesias falou certa vez, que Deus está sujeito a sua própropia lei?

    A Bíblia tem a Deus como autor, mas o seu julgamento deve ser a partir de Jesus Cristo a Palavra encarnada. Jesus Cristo é a Palavra feita carne. A Palavra feita carne é a herdeira de todas as coisas e critério para a Palavra feita livro.

    “Nele toda a plenitude da divindade é residente em forma corpórea”. Colossenses 2:9

  46. Fidelis disse:

    Caro irmão Ismael venho lendo seus comentários atenciosamente, porém penso que você deveria examinar atentamente os pontos que os amados irmão Adventistas tem lhe mostrado. Quero lhe propor alguns versos e peço que você leia atentamente. A Bíblia afirma: Porque eu,o Senhor não mudo; por isso vós, ó filhos de Jacó não sois consumidos. Malaquias 3;6 A unica parte da Bíblia que Deus fez questão de escrever foram “Os Dez Mandamentos”. Em Êxodo 31:18 e 32:16,17 afirmam que as Duas Tabuas de pedra foram escritas pelo próprio dedo de Deus.Meu amado irmão me acompanhe nesse raciocínio; Se Deus escreveu os Dez Mandamentos com o próprio Dedo e esse mesmo Deus afirmar ser imutável, devo concluir que não posso deixar de observar nada em sua palavra, principalmente se tratando da unica parte em que ele fez questão de escrever com seu próprio dedo. Mais um ponto; se eu como Cristão creio que Deus é perfeito, estaria eu admitindo então a imperfeição de Deus se dissesse que Deus muda. Se eu digo que Deus muda, então eu digo que Deus não é Onisciente; e se Deus na sua onisciência criou uma Lei e em seguida manda seu filho vir abolir devo concluir que Deus é um mentiroso e não tem nada de onisciente. Agora se por outro lado eu creio que Deus Mandou seu filho amado pera morrer pelos nossos pecados que a Bíblia afirma claramente ser a transgressão da Lei de Deus em I João 3: 4 e em Tiago 2:10 e que Jesus o Salvado veio cumprir Mateus 5:17 admito também a perfeição de Deus. Não posso crer que o Deus que criou toda a complexidade do perfeito universo com todas as formas de vida existente em nossos planetas e noutros e as matem em perfeita ordem fosse se atrapalhar na escrita de sua palavra e de Seus Mandamentos. Irmão Jesus Guardou os Dez Mandamentos João 14:15. Examine com mais critério os texto que os irmãos adventistas estão lhe expondo. Depois de examinar atentamente e que cuidadosamente foi escrito, faça uso pleno da sua consciência. Isso pode custar sua Salvação. Sobretudo creia que Deus é Perfeito. Deus te abençoe e ilumine seu entendimento. Fica na paz de nosso senhor Jesus.

  47. Ismael disse:

    Fidelis disse:
    “Isso pode custar sua Salvação”.

    ///////////////////////////////

    Meu amigo, você pensa que pode comprar a Salvação pela observância do sábado? Pois eu afirmo em Nome de Jesus que, a salvação não é conquistada pelos meus e nem pelos seus meritos, mas pelo que o VERBO DE DEUS, JESUS CRISTO, realizou em meu e em seu lugar: Efésios 2.8-9: Porque pela graça sois salvos, mediante a fé; e isto não vem de vós; é dom de Deus; não de obras, para que ninguém se glorie.

    Você diz que, a não observância do sábado, pode resultar na perda da minha salvação?

    Quem assim vive, além de pisa no Sangue do Cordeiro, cai da Graça.

    Sabe o que de fato costou a minha salvação? Foi o que Cristo realizou na Sua Cruz!

    Se alguém, um surtado, vier me dizer que guarda a Lei, eu o digo que mentira, pois o único que teve está prerrogativa foi o Cordeiro de Deus.

    Jesus foi acusado, preseguido, não só porque transgredia o sábado, mas também por se considerar igual a Deus.

    Eu trabalho no sábado e meu Pai também. Disse Jesus!

    Para quem é bom entendedor, isso só basta!

Deixe seu comentário. Tudo o que pedimos é que se mantenha uma cultura de respeito. Isto significa não fazer ataques pessoais, não usar palavrões, e por favor manter o diálogo sobre o tema postado.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s