Mulheres caladas na igreja?

Qual a razão para a ordem de Paulo em 1 Coríntios 14:34, 35. Será que a mulher não pode  falar na igreja?

Os versos 34-36 de 1 Coríntios fazem parte da seção sobre a ordem no culto (14:26-40), e devem ser analisados à luz desse contexto. Ao olharmos essa seção, podemos ver o que estava perturbando a adoração pública na igreja de Corinto: (1) muitas partes e muitos oradores em um mesmo culto – 14:26; (2) diversas pessoas falando em línguas estrangeiras, ao mesmo tempo e sem intérprete - 14:27, 28; (3) vários profetas tentando transmitir sua mensagem, e todos ao mesmo tempo – 14:29-33; e (4) mulheres falando e perguntando durante o culto – 14:34, 35.

Reconhecemos que poucos versos bíblicos têm causado tanta discussão quanto esses, dirigidos à igreja de Corinto. Mas devemos estar certos de uma coisa: quando Paulo fala contra determinada prática na igreja é porque a mesma estava sendo prejudicial à comunidade cristã. E esse é o caso das mulheres falarem na igreja de Corinto.

Como se sabe, as mulheres no tempo de Paulo não falavam em público.

Então, o evangelho chegou à importante cidade de Corinto e muita gente se converteu, inclusive mulheres. Parece que elas interpretaram mal as palavras de Paulo de que “onde está o Espírito do Senhor, aí há liberdade” (2 Co 3:17), e acharam que essa liberdade cristã lhes dava o direito de romper com os costumes aceitos pela sociedade em que viviam.

Essa prática de mulheres falarem no culto, nos dias de Paulo, era considerada “indecorosa” ou “vergonhosa” (14:35) “porque os costumes dos gregos e judeus ordenavam que as mulheres se retirassem quando se discutiam assuntos públicos. A violação desse costume era considerada uma desonra e estava trazendo vergonha para a igreja” (F. D. Nichol, Comentário Bíblico Adventista del Séptimo Dia, v. 6, p. 788).

As mulheres eram tidas em baixa conta, não só entre os gregos, mas também entre os judeus. “Muitos rabinos duvidavam que as mulheres tivessem alma. Se um escravo do sexo masculino podia ler as escrituras na sinagoga, uma mulher judia não tinha permissão para tanto. Nenhuma mulher podia freqüentar as escolas de teologia. Na realidade, os rabinos afirmavam: “É preferível queimar a lei a ensiná-la a uma mulher!” (R. N. Champlin, O Novo Testamento Interpretado, v. 4, p. 230).

Quando Paulo diz que às mulheres “não lhes é permitido falar; mas estejam submissas como também a lei o determina” (14:34), ele tem em mente a lei mosaica como um todo, especialmente Gênesis 3:16 e Números 30:8-12, passagens que fazem a mulher depender totalmente do marido, por estar sujeita a ele.

1 Coríntios 14:35 diz que, se a mulher quisesse aprender alguma coisa, perguntasse em casa ao marido. O fato é que nas sinagogas os homens podiam disputar, dialogar e fazer perguntas, as mulheres não. Fazer isso seria considerado ousado demais para os costumes dos judeus e gregos da época de Paulo.

Palavras tão enfáticas quanto às de 1 Coríntios 14:34, 35 são as de 1 Timóteo 2:11, 12: “A mulher aprenda em silêncio, com toda a submissão. E não permito que a mulher ensine, nem exerça autoridade de homem; esteja, porém, em silêncio.” A sociedade daquele tempo esperava que o homem ensinasse e a mulher aprendesse. Pelo visto, se uma mulher pretendesse ensinar, isso seria considerado como desempenho de um papel masculino e uma usurpação em relação ao papel do homem (O Novo Testamento Interpretado, v. 4, op. cit, p. 231). É nesse contexto que as palavras do apóstolo Paulo devem ser entendidas, e não à luz dos costumes de hoje, especialmente nos países ocidentais, onde as mulheres atuam, praticamente, em todas as áreas, e isso não é considerado “vergonhoso”, nem “indecente”.

O problema em Corinto parece que tinha mais que ver com a fala das mulheres no culto público. Elas deviam ficar caladas “na igreja” (14:34), pois, pelo que podemos perceber ao longo das páginas do Novo Testamento, elas poderiam falar em reuniões particulares, até mesmo ensinando, como aconteceu com Priscila, que, juntamente com o marido Áquila, ensinou, com mais exatidão o “caminho de Deus” a Apolo (At 18:24-26). Também digno de menção é o nome de Febe, diaconisa de Cencréia, um porto de Corinto, provável portadora da epístola de Paulo aos Romanos (ver Rm 16:1). O fato de ela ser uma “diaconisa” (no grego diákonos) pode indicar sua participação ativa, usando a voz na pregação do evangelho, tal como os diáconos escolhidos pela igreja em Atos 6, dentre os quais se destacam Estêvão, que pregava o evangelho com palavras cheias de sabedoria e poder do Espírito Santo (At 6:10) e Filipe, o evangelista (At 8:4-8; 21:8), cujas quatro filhas eram profetisas (At 21:9).

E hoje, como aplicar as palavras de Paulo quanto ao silêncio das mulheres no culto público? Como os tempos mudaram e a situação das mulheres na sociedade também (ao menos nos países ocidentais), devemos atentar agora ao princípio que está contido nas palavras do apóstolo aos gentios, que é o de se buscar a decência e a ordem (I Co 14:40) em tudo quanto fizermos, especialmente no culto, “pois Deus não é Deus de confusão” (I Co 14:33). E isso vale tanto para as mulheres quanto para os homens.

E, por último, uma palavra de apreço às mulheres por sua inestimável atuação em todas as áreas, especialmente às professoras (de ensino religioso, na igreja, e de matérias seculares nas escolas) e outras que lideram departamentos da igreja.

por Ozeas Caldas Moura, doutor em Teologia Bíblica e editor na Casa Publicadora Brasileira. 

About these ads

Sobre Blog Sétimo Dia

“SOLO CHRISTO”, “SOLA GRATIA”, “SOLA FIDE”, “SOLA SCRIPTURA” (salvação somente em Cristo, somente devido à graça de Deus, somente pela instrumentalidade da fé, somente com base na Escritura)
Esse post foi publicado em Mulheres caladas na igreja, Perguntas e Respostas Bíblicas e marcado , , . Guardar link permanente.

6 respostas para Mulheres caladas na igreja?

  1. Ursula Franco disse:

    Otiimo,gostei da explicaçao,eu tinha duvidas quanto a isso,pois ainda hoje há religioes que fazem isso.

  2. RICARDO disse:

    olhe a Palavra e clara, a mulher nao deve exercer autoridade de homem, a mulher nao pode pregar e ensinar na igreja por que o homem foi criado primeiro e depois Deus criou a mulher por causa do homem, o homem nao foi engado mas a mulher foi enganada e depois enganou o homem, entao pelo fato de o homem ter sido criado primeiro e a mulher ter sido enganada, quem deve presidir o culto pregar e ensinar e o homem, como um sinal de respeito da mulher para com aquele que Deus criou primeiro, por isso A Palavra Ensina que o homem e o cabeça da mulher, entao a mulher dever ser submissa, veja bem isso nao e um racismo contra mulher como muitos que criticam essa doutrina afirmam por ai, pelo contrario essa doutrina demonstra o respeito e a submissao da mulher ao homem que e o cabeça da mulher por ter sido criado por Deus primeiro, na Obra De Deus existe um hierarquia espiritual, Deus,Cristo,homem, mulher, para isso ela usa o veu como sinal de submissao, o homem nao precisa cobrir por ser a gloria de Deus mas a mulher e a gloria do homem, pois ela foi criada dele como esta escrito na Palavra, A Palavra Ensina que a natureza do homem e ter cabelo curto e a da mulher crescido,um ter um porte que diferencie um do outro por isso tambem a mulher nao pode usar roupa de homem e homem de mulher por que cada um tem que ter um porte diferente do outro, o cabelo que foi dado a mulher no lugar do veu para que ela usasse pra ter porte diferente do homem, mas na hora de orar e profetizar e diferente, pois o veu que a mulher usa ao orar e profetizar aquilo que Deus da, e um sinal de submissao, primeiramente se falou do veu que ela usa como sinal de submissao ao orar ou profetizar e depois falou do que ela usa para ter porte diferente do homem que agora e o cabelo crescido que ela usa para diferenciar sua natureza com a do homem, espero ter ajudado

  3. nereu bonadeu disse:

    Aquele que diz que a mulher deve estar calada nas igrejas de Cristo,me respondam como sera possivel profetizar com a boca fechada,pois Paulo diz em I cor. 14 v. 5 que è desonra a mulher orar ou profetizar com a cabeca descoberta.

  4. RICARDO disse:

    nao precisa estar na igreja para mulher profetizar, lembre que profetizar e doutrinar pregando a Palavra nao sao as mesmas coisas, numa oraçao entre irmao Deus pode dar algo a ela para que fale, mas no CULTO DENTRO DA IGREJA ela deve permanecer calada como sinal de respeito aquele que Deus Criou primeiro, entenda bem e um respeito e nao um preconceito como muitos que nao aceita essa doutrina ficam falando pro ai, e so ler o texto que entendera que e um sinal de respeito o fato de so o homem ministrar o Culto. se o homem e o cabeça da mulher ela deve respeitar aquele que e o cabeça dela e ouvir ao inves de ensinar ele, lembre bem profetizar e doutrinar pregando a Palavra nao sao a mesma coisa

  5. RICARDO disse:

    mais uma observaçao, nao e so no livro de corintios que fala sobre a mulher ficar calada, e so ler 1 timoteo capitulo 2 do verso 11 ao 15:
    A mulher aprenda em silêncio, com toda a sujeição.
    Não permito, porém, que a mulher ensine, nem use de autoridade sobre o marido, mas que esteja em silêncio.
    Porque primeiro foi formado Adão, depois Eva.
    E Adão não foi enganado, mas a mulher, sendo enganada, caiu em transgressão.
    Salvar-se-á, porém, dando à luz filhos, se permanecer com modéstia na fé, no amor e na santificação.
    entao lendo a Palavra fica claro que a mulher nao deve usar da autoridade que Deus deu unicamente ao homem, nao precisa de cursos seminarios e teologia na Biblia consta tudo bem claro, lembre bem a Palavra e infalivel e e a Verdade Deus, esses estudos religiosos nao tem a mesma espiritualidade que esta so na Biblia, espero ter ajudado

  6. ricardo disse:

    vejo que alguem me deu ponto negativo, tudo bem todos tem liberdade de expressao certo, mas se a Biblia diz que a mulher deve estar calada, temos que obecer, a BIBLIA A Palavra De Deus e pra ser obedecida, nao adianta ficar atras desses estudos ai pois sempre gera interpretaçoes contrarias, por issos tantas denominaçoes de crenças diferentes pois a maioria tem seus estudos diferentes um dos outros que geram interpretçoes diferentes,pois se todos se contentassem apenas com a Palavra de Deus do jeito que ela e, nao teriam tantas denominaçoes cada uma com seus estudos diferentes sempre cada uma puxando pro seu lado, e muitas das vezes desvia se da Verdade, veja o que esta escrito em 1 timoteo capitulo 6 do verso 3 ao 10:

    3 Se alguém ensina alguma outra doutrina, e se não conforma com as sãs palavras de nosso Senhor Jesus Cristo, e com a doutrina que é segundo a piedade,
    4 É soberbo, e nada sabe, mas delira acerca de questões e contendas de palavras, das quais nascem invejas, porfias, blasfêmias, ruins suspeitas,
    5 Contendas de homens corruptos de entendimento, e privados da verdade, cuidando que a piedade seja causa de ganho; aparta-te dos tais.
    6 Mas é grande ganho a piedade com contentamento.
    7 Porque nada trouxemos para este mundo, e manifesto é que nada podemos levar dele.
    8 Tendo, porém, sustento, e com que nos cobrirmos, estejamos com isso contentes.
    9 Mas os que querem ser ricos caem em tentação, e em laço, e em muitas concupiscências loucas e nocivas, que submergem os homens na perdição e ruína.
    10 Porque o amor ao dinheiro é a raiz de toda a espécie de males; e nessa cobiça alguns se desviaram da fé, e se traspassaram a si mesmos com muitas dores.
    temos que nos contentar com as Sas Palavras deixadas por Jesus Cristo e doutrina apostolica, agora eu pergunto como regra de Fe e conduta e doutrina, Deus deixou um livro de teologia e a Biblia ou Deus deixou apenas a Biblia, muitos nao contentam com a Verdade escrita na Biblia, e vao atras de estudos para tentar desviar das Sas Doutrinas De Deus, e nao devemos usar da Palavra pra ganharmos dinheiro,como esta escrito acima sobre aqueles cuidam que a Piedade e causa de ganho, o Ganho do Cristao e A Coroa Da Vida Eterna se for firme e fiel, nao fiquei nervoso com aquele que me deu ponto negativo, apenas estas palavras que escrevi e minha defesa contra aquele que me deu negativo

Deixe seu comentário. Tudo o que pedimos é que se mantenha uma cultura de respeito. Isto significa não fazer ataques pessoais, não usar palavrões, e por favor manter o diálogo sobre o tema postado.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s