Seu amor absorve nossa dor

Nisto conhecemos o amor: que Cristo deu a Sua vida por nós; e devemos dar nossa vida pelos irmãos. I João 3:16.

Um rapaz chamado Don estava na melhor fase de sua vida. Pelo menos era o que parecia. Outros homens olhavam para ele com inveja. Mas, em seu interior, Don sentia-se um miserável. Ele estava desmoronando. Seus namoros tornaram-se uma compulsão. Ele viu-se usando uma mulher após outra só para sair da depressão. Quando sentia-se triste, ele precisava do conforto do sexo feminino.

Don sabia que não estava sendo correto com suas companheiras. Ele havia crescido em um lar bastante severo. Muitas vezes, se arrependia e prometia a Deus que mudaria o comportamento, mas aquele padrão continuava. Finalmente, Don foi ver um conselheiro cristão que utilizava princípios espirituais e bíblicos em seu trabalho. Don queria apenas mudar o círculo vicioso do seu comportamento. Ele queria uma fórmula para mudar seus hábitos destrutivos. Mas, lentamente, percebeu que havia uma razão para aqueles severos assaltos de depressão.

Por trás da depressão de Don estavam um vazio e uma incapacidade de absorver o amor de maneira saudável. Por isso, ele sentia-se cada vez mais compelido a buscar o amor de maneiras não saudáveis. Don não conseguiria lidar com seu comportamento destrutivo até que enfrentasse a ruptura que havia em seu interior, até que começasse a entender o significado do amor incondicional de Deus.

O apóstolo João compreendeu esse amor. Com sua pena mergulhada no amor de Deus, ele escreveu: “Vede que grande amor nos tem concedido o Pai, a ponto de sermos chamados filhos de Deus.” I João 3:1. É nEle que nosso coração sedento de amor encontra o amor. Nossa necessidade de sentir-nos amados é satisfeita nEle.

Alguns de nós temos a felicidade de haver crescido em famílias onde o amor era expressado abertamente. Outros, viemos de um ambiente sem amor ou de lares desestruturados, onde o amor não era muito expressado, ou era expressado de maneiras inapropriadas. Seja como for, Deus compensa esse déficit de amor. Ele o convida a aceitar o Seu amor incondicional e quer preencher o vazio da sua vida. Qual será sua resposta?

Pr. Mark Finley – Sobre a Rocha.

Sobre Blog Sétimo Dia

“SOLO CHRISTO”, “SOLA GRATIA”, “SOLA FIDE”, “SOLA SCRIPTURA” (salvação somente em Cristo, somente devido à graça de Deus, somente pela instrumentalidade da fé, somente com base na Escritura)
Esse post foi publicado em Sobre a Rocha e marcado . Guardar link permanente.

Uma resposta para Seu amor absorve nossa dor

  1. Ricardo Ferreira disse:

    O homem tem se isolado em uma ilha chamada satisfação pessoal. Isso se reflete em sua vida através da incapacidade de amar. Somente Deus pode nos fazer pessoas mais saudáveis mentalmente e nos capacitar a compartilhar um amor incondicional.

Deixe seu comentário. Tudo o que pedimos é que se mantenha uma cultura de respeito. Isto significa não fazer ataques pessoais, não usar palavrões, e por favor manter o diálogo sobre o tema postado.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s