O significado da comunhão com Deus

O que temos visto e ouvido anunciamos também a vós outros, para que vós igualmente mantenhais comunhão conosco. Ora, a nossa comunhão é com o Pai e com Seu Filho Jesus Cristo. 1 João 1:3.

Comunhão com Deus é a vida da alma. Não é algo que não possamos interpretar ou que possamos revestir com belas palavras, mas que não nos concede a genuína experiência que realmente valoriza nossas palavras. A comunhão com Deus concede-nos uma experiência diária que verdadeiramente torna nossa alegria plena.

Aqueles que têm esta união com Cristo, assim demonstrarão em espírito, palavras e atitude. A profissão nada é, a menos que bons frutos sejam demonstrados através de palavra e obra. Unidade, comunhão de uns com outros e com Cristo — este é o fruto produzido em todo o ramo da videira viva. A pessoa purificada, nascida de novo, tem um testemunho claro e distinto para dar.

Conhecer a Deus é, no sentido bíblico da expressão, ser um com Ele em coração e mente, tendo um conhecimento experimental dEle, mantendo reverente comunhão com Ele como Redentor. Essa comunhão só pode ser obtida mediante sincera obediência. Onde esta comunhão está faltando, o coração não é, de modo algum, o templo de Deus, mas é controlado pelo inimigo que está realizando seus próprios objetivos mediante o instrumento humano. Tal homem, seja qual for a profissão que alegue ter, não é um templo do Espírito Santo.

A experiência é aperfeiçoada pela produção de frutos. Aquele que não produz bons frutos em palavras e atos, na força de princípios elevados e enobrecedores, é uma árvore má. Os frutos que produz não agradam a Deus. Seu professo conhecimento de Cristo é uma falsidade, um engano.

À luz do amor de Cristo, o evangelho é um livro aberto. Esta é a verdadeira luz que Cristo veio trazer ao mundo. Os verdadeiros discípulos do Salvador têm recebido deste amor.

Pela luz que Deus me concedeu, eu sei que o grande perigo dos homens está em se iludirem a si mesmos. Satanás está aguardando uma oportunidade. Ele virá aos homens em forma humana e lhes falará as palavras mais sublimes. Ele os submeterá às mesmas tentações que usou contra Cristo. A menos que sua mente e coração estejam cheios do puro, desprendido e santificado amor que Cristo revelou, eles ficarão subjugados ao poder de Satanás, e hão de fazer, dizer e escrever coisas estranhas para enganar, se possível, os próprios escolhidos.

Seguindo o exemplo de serviço abnegado que Cristo deu, confiando como criancinhas em Seus méritos e obedecendo a Seus mandamentos, receberemos a aprovação de Deus.

Ellen G. White, Cuidado de Deus, pág. 306.

Anúncios

Sobre Blog Sétimo Dia

“SOLO CHRISTO”, “SOLA GRATIA”, “SOLA FIDE”, “SOLA SCRIPTURA” (salvação somente em Cristo, somente devido à graça de Deus, somente pela instrumentalidade da fé, somente com base na Escritura)
Esse post foi publicado em O Cuidado de Deus e marcado . Guardar link permanente.

Deixe seu comentário. Tudo o que pedimos é que se mantenha uma cultura de respeito. Isto significa não fazer ataques pessoais, não usar palavrões, e por favor manter o diálogo sobre o tema postado.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s