Mágica versus a Palavra

A Tua palavra me vivifica. Sal. 119:50.

Karen Winterburn fez uma declaração bastante falha – tudo o que é sobrenatural deve ser bom. Enquanto adolescente, ela estudara a Bíblia diligentemente. Mas, depois, Karen começou a flertar com o oculto. As pessoas ao seu redor lhe diziam que isso era parte da sua jornada espiritual. Parecia bastante romântico. Ela estava explorando um mundo inteiramente novo.

Mais tarde, Karen se tornou uma astróloga. Ela aconselhava as pessoas e apresentava seminários. Praticava a adivinhação utilizando a numerologia, o I Ching e o Tarô. Desenvolveu uma especialidade de “médium em transe”. Parapsicólogos até chegaram a fazer experiências com Karen enquanto ela estava em transe. Sob hipnose, ela podia discutir física subatômica e problemas de biologia molecular em detalhes – matérias que ela conhecia muito pouco. Karen parecia haver alcançado um nível de consciência mais elevado. Ela havia se aproximado bastante do mundo da magia.

Mas Karen sentia-se vazia. Tudo isso devia levá-la a um estado de consciência da divindade, ou pelo menos a uma consciência de ter Deus dentro de si. Mas ela sentia-se ainda mais distante de uma relação significativa com Deus. Na verdade, Karen sentiu-se desprovida de qualquer vida espiritual genuína.

Depois de anos nessa situação, Karen finalmente confrontou-se com uma dura verdade. Ela escreveu: “Foi ficando cada vez mais claro para mim que o crescimento espiritual não era algo que eu vinha aumentando, mas evitando. Por três meses, forcei-me a enfrentar essa questão. Ao longo dos anos, eu tivera muitas experiências espirituais interessantes, mas não houvera crescimento espiritual. Percebi que havia caminhado em círculos.

Há uma fonte de crescimento espiritual que é sólida. Ela apresenta substância, não mistério. Ela pode não parecer tão espetacular, mas é muito mais duradoura. Não é sensacional, mas é muito mais desafiadora do ponto de vista espiritual. Há profundidade de experiência espiritual no estudo da Palavra de Deus. O mesmo Espírito Santo que inspirou a Bíblia nos inspira quando a estudamos. O Cristo que falou antes também fala agora. Estude Sua Palavra. Ela pode preencher o vazio da vida.

Pr. Mark Finley – Sobre a Rocha.

Sobre Blog Sétimo Dia

“SOLO CHRISTO”, “SOLA GRATIA”, “SOLA FIDE”, “SOLA SCRIPTURA” (salvação somente em Cristo, somente devido à graça de Deus, somente pela instrumentalidade da fé, somente com base na Escritura)
Esse post foi publicado em Sobre a Rocha e marcado . Guardar link permanente.

Deixe seu comentário. Tudo o que pedimos é que se mantenha uma cultura de respeito. Isto significa não fazer ataques pessoais, não usar palavrões, e por favor manter o diálogo sobre o tema postado.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s