Eu sou um filho de Deus

Ora, se somos filhos, somos também herdeiros, herdeiros de Deus e co-herdeiros com Cristo; se com Ele sofremos, também com Ele seremos glorificados. Romanos 8:17.

A influência da graça é abrandar o coração, refinar e purificar os sentimentos, conceder uma delicadeza nascida no Céu e um senso de propriedade. Um cristão não pode se exaltar a si mesmo porque isto não é imitar a Cristo. O Redentor do mundo, o substituto e segurança do pecador, declara: “Vinde a Mim, todos os que estais cansados e oprimidos, e Eu vos aliviarei.” Mateus 11:28.

Tenhamos, porém, continuamente em lembrança que o manso e humilde Jesus tem o espírito e a ambição de um conquistador. Os vastos domínios sobre os quais os potentados terrenos mantêm controle formam um inadequado cenário para o exercício de Sua graça, a expressão de Seu amor, e a manifestação de Sua glória. Aquele que ama o Senhor Jesus Cristo, em verdade e sinceridade, amará aqueles por quem Cristo morreu e ansiosamente aproveitará cada oportunidade de ministrar para Cristo na pessoa de Seus discípulos.

Devemos encarar nossa vida como filhos e filhas de Deus, como colaboradores de Jesus Cristo, vivendo para um nobre propósito. Somos representantes de Jesus Cristo em caráter, e devemos servi-Lo com afeições não divididas. Não só revelaremos o fato de que amamos a Deus, mas, segundo Seu caráter santo, viveremos uma vida pura, perfeita.

A vida que agora vivemos deve ser pela fé em Jesus Cristo. Se somos seguidores de Cristo nossa vida não será subdividida por pequenos, repentinos atos de acordo com as circunstâncias e ambiente — ações grosseiras revelando que os sentimentos são o nosso mestre, indulgência em pequenas irritações, invejosa maledicência, ciúmes e vaidade egoísta. Isso tudo nos põe em desarmonia com a harmoniosa vida de Jesus Cristo, e não podemos ser vencedores se conservarmos tais defeitos.

Quando expostos às variadas situações na vida, e palavras são proferidas e calculadas a atravessar e ferir a alma, dizei para vós próprios: “Sou um filho de Deus, um herdeiro com Jesus Cristo, um colaborador com Deus. Não devo portanto, ter uma mente vulgar, ofender-me facilmente, sempre pensando em mim mesmo, porque isto naturalmente produzirá um caráter desarmonioso. É indigno de meu nobre chamado. O Pai celestial deu-me um trabalho a cumprir; que eu seja digno de confiança.”

Ellen G. White, Cuidado de Deus, pág. 280.

Sobre Blog Sétimo Dia

“SOLO CHRISTO”, “SOLA GRATIA”, “SOLA FIDE”, “SOLA SCRIPTURA” (salvação somente em Cristo, somente devido à graça de Deus, somente pela instrumentalidade da fé, somente com base na Escritura)
Esse post foi publicado em O Cuidado de Deus e marcado . Guardar link permanente.

Deixe seu comentário. Tudo o que pedimos é que se mantenha uma cultura de respeito. Isto significa não fazer ataques pessoais, não usar palavrões, e por favor manter o diálogo sobre o tema postado.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s