Vantagens atuais, benefícios futuros

Olhando firmemente para o Autor e Consumador da fé, Jesus, O qual em troca da alegria que Lhe estava proposta, suportou a cruz, não fazendo caso da ignomínia, e está assentado à destra do trono de Deus. Hebreus 12:2.

Sempre devemos acalentar sentimentos de gratidão pelos que nos prestaram favores em tempos de necessidade. Mas esses sentimentos que são tão prontamente despertados pela bondade e desprendimento de nossos amigos devem ser sensíveis ao amor e compaixão de nosso bondoso Amigo celestial. … A amizade manifestada pelos parentes e amigos mais chegados e queridos é tão superada pela revelação de Jesus Cristo que a primeira é muda e inexpressiva em comparação com a última. É natural que o coração abrigue sentimentos da mais calorosa afeição para com aqueles que fizeram ou sofreram algo por nós.

Permiti-me conduzir-vos ao local da crucifixão e mostrar-vos o Filho de Deus morrendo em vosso lugar. O espetáculo da cruz de Cristo não despertará todo o sentimento de gratidão? Não arrebatará a frieza e indiferença que tornam os sentidos insensíveis ao grande sacrifício efetuado em nosso favor? Oh! por que a cruz de Cristo não desperta gratidão e não induz a prazerosa obediência?

Satanás, o adversário das pessoas, está constantemente em atividade com seus ardis e encantos, embotando os sentidos e amortecendo os sentimentos para o nosso interesse mais elevado. Para todas as pequenas coisas da vida as afeições têm liberdade de ação, mas no tocante ao interesse eterno as afeições são retidas, como se estivessem atadas com cordas mágicas.

Há tantos que suportam privações e, com considerável sacrifício, seguem uma carreira que promete vantagens no futuro. Abrem mão do conforto presente em troca de um incentivo futuro que lhe seja equivalente, mas Jesus apresenta a vida eterna como a recompensa da obediência, e se insignificantes coisas de proveito terreno são sacrificadas por algum bem futuro, quanto mais a comodidade, o prazer e atuais vantagens mundanas deveriam ser sacrificados em troca das incomparáveis riquezas e da glória da futura vida imortal! Não permitais que o engano dos encantamentos terrenos afaste as afeições de Deus e endureça o coração para o interesse eterno. Olhai para as coisas que são invisíveis. Abrigai a Jesus no coração. Amai-O de todo o vosso coração.

Ellen G. White, Cuidado de Deus, pág. 273.

Anúncios

Sobre Blog Sétimo Dia

“SOLO CHRISTO”, “SOLA GRATIA”, “SOLA FIDE”, “SOLA SCRIPTURA” (salvação somente em Cristo, somente devido à graça de Deus, somente pela instrumentalidade da fé, somente com base na Escritura)
Esse post foi publicado em O Cuidado de Deus e marcado . Guardar link permanente.

Deixe seu comentário. Tudo o que pedimos é que se mantenha uma cultura de respeito. Isto significa não fazer ataques pessoais, não usar palavrões, e por favor manter o diálogo sobre o tema postado.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s