Prossigo para o alvo

Irmãos, quanto a mim, não julgo que o haja alcançado; mas uma coisa faço, e é que, esquecendo-me das coisas que atrás ficam e avançando para as que estão diante de mim, prossigo para o alvo, pelo prêmio da soberana vocação de Deus em Cristo Jesus. Filipenses 3:13, 14.

Na carreira celestial todos podemos correr, e todos receber o prêmio. Não há incerteza, não há risco nessa questão. Temos de revestir-nos das graças celestes e, com os olhos dirigidos para o alto, para a coroa da imortalidade, ter sempre ante nós o Modelo. … A vida humilde e abnegada de nosso divino Senhor devemos ter constantemente em vista. E então, ao buscarmos imitá-Lo, mantendo os olhos no alvo do prêmio, podemos correr esta carreira com segurança, sabendo que se fizermos o melhor que pudermos, certamente alcançaremos o prêmio.

Tendo este grande incentivo diante de nós, não poderemos então correr “com paciência, a carreira que nos está proposta, olhando para Jesus, autor e consumador da fé”? Hebreus 12:1, 2. Ele nos indicou o caminho, assinalando-o em todo o percurso, por Suas pegadas.

Para travar com êxito o combate contra o pecado, tendes de ficar bem junto a Jesus. Não faleis em incredulidade; não tendes desculpa para isso fazer. Cristo fez por vós um sacrifício completo, a fim de que pudésseis subsistir perante Deus, completos nEle. Deus não Se agrada com a nossa falta de fé. A incredulidade sempre nos separa de Cristo.

Não é digno de louvor falar em nossas fraquezas e desalentos. Diga cada qual: “Sinto muito ter cedido à tentação, e serem minhas orações tão débeis, tão fraca a minha fé. Não tenho desculpa a apresentar, por ser um anão na vida religiosa. Procuro, porém, alcançar a perfeição de caráter em Cristo. Pequei, entretanto amo a Jesus. Tenho caído muitas vezes, e todavia Ele tem estendido a mão para salvar-me. Tenho-Lhe dito tudo acerca de meus erros. Com vergonha e tristeza tenho confessado tê-Lo desonrado. Tenho olhado à cruz, dizendo: Tudo isto sofreu Ele por mim. O Espírito Santo tem-me mostrado minha ingratidão, meu pecado de expor Cristo à desonra. Aquele que não conhece pecado me perdoou. Ele me chama para uma vida mais elevada, mais nobre, e eu avanço para as coisas que estão diante de mim.”

Ellen G. White, Nos Lugares Celestiais, pág. 283.

Anúncios

Sobre Blog Sétimo Dia

“SOLO CHRISTO”, “SOLA GRATIA”, “SOLA FIDE”, “SOLA SCRIPTURA” (salvação somente em Cristo, somente devido à graça de Deus, somente pela instrumentalidade da fé, somente com base na Escritura)
Esse post foi publicado em Nos Lugares Celestiais e marcado . Guardar link permanente.

Deixe seu comentário. Tudo o que pedimos é que se mantenha uma cultura de respeito. Isto significa não fazer ataques pessoais, não usar palavrões, e por favor manter o diálogo sobre o tema postado.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s