A batalha final

Eis que venho como vem o ladrão. Bem-aventurado aquele que vigia e guarda as suas vestes, para que não ande nu, e não se veja a sua vergonha. Apocalipse 16:15.

Acha-se diante de nós uma terrível contenda. Aproximamo-nos da batalha do grande dia do Deus Todo-poderoso. Aquilo que vem sendo mantido sob controle haverá de desprender-se. O anjo da misericórdia está dobrando as asas, preparando-se para descer do trono de ouro e deixar o mundo sob o domínio de Satanás, o rei escolhido por aquele, um homicida e destruidor desde o princípio.

Os principados e poderes sobre a Terra estão em cruel revolta contra o Deus do Céu. Eles estão cheios de ódio contra todos os que O servem, e breve, muito em breve, será travada a última grande batalha entre o bem e o mal. A Terra será o campo de batalha — o cenário da última luta e da vitória final. Aqui, onde por tanto tempo Satanás tem instigado os homens contra Deus, a rebelião será vencida para sempre.

Cristo veio à Terra em forma humana para que pudesse tornar-Se o Capitão de nossa salvação, de modo que não fôssemos vencidos pelo poder de Satanás. E quando o inimigo parecia estar obtendo notável vitória sobre a justiça, Deus atuou com misericórdia e poder para frustrar seus desígnios.

Decidido a obstruir a imagem de Deus no homem, Satanás empenha o máximo esforço para manter a Deus fora de vista. Ele não age abertamente, mas em segredo, misturando o humano e o divino, o suposto e o genuíno, procurando assim causar confusão e angústia. Mas a misericórdia divina é revelada com poder proporcional para frustrar essa atuação perversa e trazer à luz os propósitos ocultos do inimigo.

O povo de Deus deve dar audaz e decidido testemunho em favor da verdade, desdobrando os propósitos de Deus pelo depoimento da pena e da voz. Num lugar após o outro devem eles proclamar a mensagem da Palavra de Deus, despertando homens e mulheres para compreenderem a verdade.

Há uma realidade na sólida doutrina. Ela não é como um vapor que se dissipa. A luz deve resplandecer da Palavra de Deus. Deus convida Seu povo a aproximar-se dEle. Que ninguém se interponha entre Ele e Seu povo. Cristo está batendo à porta do coração, buscando entrada. Deixá-Lo-eis entrar?

Ellen G. White, Cuidado de Deus, pág. 271.

Sobre Blog Sétimo Dia

“SOLO CHRISTO”, “SOLA GRATIA”, “SOLA FIDE”, “SOLA SCRIPTURA” (salvação somente em Cristo, somente devido à graça de Deus, somente pela instrumentalidade da fé, somente com base na Escritura)
Esse post foi publicado em O Cuidado de Deus e marcado . Guardar link permanente.

Deixe seu comentário. Tudo o que pedimos é que se mantenha uma cultura de respeito. Isto significa não fazer ataques pessoais, não usar palavrões, e por favor manter o diálogo sobre o tema postado.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s