Um Visitante celestial

Não temas; Eu sou o primeiro e o último. Apoc. 1:17.

Em maio de 2001, nossa equipe de produção do programa Está Escrito visitou a Ilha de Patmos para gravar uma série nova de programas, “Cartas de Uma Ilha Solitária”. Chegamos em uma sexta-feira à tarde. Enquanto o sol se escondia pintando o horizonte de um flamejante escarlate, como se o pincel do próprio Artista Mestre estivesse em ação, eu lia o livro de Apocalipse, sentado às margens do Mar Egeu. Minha mente voltou-se ao passado.

Ao final do primeiro século, oficiais romanos condenaram o apóstolo João ao exílio naquele estéril rincão de aproximadamente 16 quilômetros de extensão que aflorava do mar. João já era um homem de idade avançada, que dificilmente representaria uma ameaça à estabilidade de Roma. Mas os oficiais romanos temiam o que João tinha visto e ouvido. Os seus olhos ainda brilhavam com uma visão da figura mais revolucionária da história. Ele estava enamorado de Jesus.

João tornou-se uma ameaça ao Império Romano, não por causa de exércitos que ele comandava, mas por causa do Cristo que ele proclamava.

Assim, já em idade avançada, João foi preso e enviado para aquela ilha rochosa. Isolado e solitário, ele encontrava-se afastado de seus companheiros crentes. Ao sentar-me ali, olhando o mar diante de mim, naquela noite, meditando sobre as Escrituras, senti Jesus muito próximo. Senti Sua presença, e como João deve ter-se sentido quando, exilado naquela mesma ilha, ele recebeu um Visitante.

Não era alguém a quem os seus guardas romanos permitiram que ele visse – era o próprio Jesus. Todos os exércitos romanos do mundo não poderiam contê-Lo. Foi o Cristo glorificado em visão. O rosto de Cristo resplandecia como o Sol.

Cristo está perto de Seus filhos nos momentos mais profundos de solidão. As palavras de Jesus para João: “Eu sou o primeiro e o último” (Apoc. 1:17), ecoam através dos séculos. Ele é o Cristo eterno. Ele está presente para sempre. Ele está sempre conosco.

Você pode estar se sentindo tão isolado quanto João, em Patmos. Jesus Cristo está com você da mesma maneira que estava com João. Peça para o Espírito abrir os seus olhos da fé para que você possa vê-Lo em sua vida hoje.

Pr. Mark Finley – Sobre a Rocha.

Anúncios

Sobre Blog Sétimo Dia

“SOLO CHRISTO”, “SOLA GRATIA”, “SOLA FIDE”, “SOLA SCRIPTURA” (salvação somente em Cristo, somente devido à graça de Deus, somente pela instrumentalidade da fé, somente com base na Escritura)
Esse post foi publicado em Sobre a Rocha e marcado . Guardar link permanente.

2 respostas para Um Visitante celestial

  1. Márcio disse:

    Não consigo acreditar em Deus… Estou buscando Ele todos os dias de madrugada, leio um capítulo diário da bíblia e livros da Ellen White, mas não consigo e isso está me desgastando. Durante um dia eu desacredito e acredito várias vezes. Não sei mais o que fazer… Se eu peço fé pq Ele não me dá? A ciência ao menos em dá fatos, mas Deus só me dá o silêncio.

    O q eu faço? Por favor me ajudem!!!

  2. margarida Garcia disse:

    Mto bom estas reportagens…nos ajudam a ficar mais perto de um passado q nos levam a um futuro de vitorias ao lado de Cristo,gracias

    Em 22 de setembro de 2012 08:48, “STIMO DIA”

Deixe seu comentário. Tudo o que pedimos é que se mantenha uma cultura de respeito. Isto significa não fazer ataques pessoais, não usar palavrões, e por favor manter o diálogo sobre o tema postado.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s