Cultivando a ternura no lar

Acima de tudo, porém, tende amor intenso uns para com os outros, porque o amor cobre multidão de pecados. 1 Pedro 4:8.

O jovem que foi ter com Jesus perguntou o que ele deveria fazer para que pudesse herdar a vida eterna. Jesus disse-lhe que guardasse os mandamentos, e enumerou alguns dos preceitos da lei. O jovem replicou: “Tudo isso tenho guardado desde a minha mocidade; que me falta ainda?” Mateus 19:20. Os primeiros quatro mandamentos impõem ao homem o dever de amar a Deus supremamente e os últimos seis apresentam o requisito de amarmos nosso próximo como a nós mesmos. Quantos estão fazendo isso verdadeira e sinceramente, e de todo o coração?

O Senhor virá dentro em breve, e estamos cumprindo os deveres decorrentes da justiça? O amor é a base da piedade. Não importa qual seja a sua profissão, nenhum homem tem amor a Deus se não tiver amor altruísta por seu irmão. Ao amarmos a Deus porque Ele nos amou primeiro, amaremos a todos aqueles por quem Cristo morreu. Não nos sentiremos dispostos a permitir que a pessoa em maior perigo e maior necessidade fique sem ser advertida, auxiliada e cuidada. Não seremos propensos a manter os errantes a distância e a ser críticos e exigentes, nem a desampará-los para que se afundem em mais infelicidade e desalento, caindo no campo de batalha de Satanás, pois Deus lidará conosco da maneira como Ele lida com nossos irmãos ou com os membros mais novos da família do Senhor.

Cultivai a ternura de coração; cercai-vos em vossa vida familiar da atmosfera do amor. Mas o espírito que em grande parte tem impregnado a igreja é uma ofensa a Deus. Todos os que se têm sentido livres para condenar, para desanimar e para desalentar, deixando de manifestar terna bondade, simpatia e compaixão aos tentados e aos aflitos, serão em sua própria experiência conduzidos ao terreno pelo qual passaram os outros, suportando sua dureza de coração. Perceberão que outros sofreram por causa de sua falta de simpatia, até que aborreçam sua dureza de coração e abram a porta para Jesus entrar.

O poder convertedor da parte de Deus precisa sobrevir a toda pessoa que tenha alguma ligação com a Obra e a Causa de Deus, para que todos sejam cheios do amor e da compaixão de Cristo, pois do contrário muitos jamais verão o reino dos Céus.

Ellen G. White, Cuidado de Deus, pág. 266.

Anúncios

Sobre Blog Sétimo Dia

“SOLO CHRISTO”, “SOLA GRATIA”, “SOLA FIDE”, “SOLA SCRIPTURA” (salvação somente em Cristo, somente devido à graça de Deus, somente pela instrumentalidade da fé, somente com base na Escritura)
Esse post foi publicado em O Cuidado de Deus e marcado . Guardar link permanente.

Deixe seu comentário. Tudo o que pedimos é que se mantenha uma cultura de respeito. Isto significa não fazer ataques pessoais, não usar palavrões, e por favor manter o diálogo sobre o tema postado.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s