Amor incomparável!

Eu lhes tenho transmitido a glória que Me tens dado, para que sejam um, como Nós o somos; Eu neles e Tu em Mim, a fim de que sejam aperfeiçoados na unidade, para que o mundo conheça que Tu Me enviaste e os amaste, como também amaste a Mim. João 17:22, 23.

Oh! que amor, que amor incomparável! Seres humanos caídos podem tornar-se tão intimamente unidos com Cristo que sejam glorificados com Ele. Na Terra, eles têm andado em Suas pegadas, labutando como Ele labutou pelas pessoas pelas quais morreu, e quando Ele vier reivindicar os que Lhe pertencem, eles entrarão na Sua honra, sentando-se com Ele à Sua mesa, no Seu reino. “Onde Eu estou” — diz Ele, — “ali estará também o Meu servo.” João 12:26.

Quão maravilhoso é o pensamento de que nós, pobres pecadores caídos, podemos tornar-nos um com Cristo, participantes de Sua natureza divina, refinados, purificados e glorificados por meio de Sua graça! Podemos vencer e sentar-nos com Cristo. Devemos amoldar-nos à Sua imagem. Ele nos ama e nos ajudará. Devemos ser submissos em Suas mãos.

Temos Sua promessa. Temos o direito de posse à propriedade real no reino da glória. Nunca foi elaborado um título de propriedade mais estritamente de acordo com a lei, nem assinado de modo mais legível, do que o que dá ao povo de Deus o direito às mansões celestiais. “Não se turbe o vosso coração” — diz Cristo; — “credes em Deus, crede também em Mim. Na casa de Meu Pai há muitas moradas. Se assim não fora, Eu vo-lo teria dito. Pois vou preparar-vos lugar. E, quando Eu for e vos preparar lugar, voltarei e vos receberei para Mim mesmo, para que, onde Eu estou, estejais vós também.” João 14:1-3.

Todos os que quiserem podem ser incluídos na promessa do concerto. Precioso é o preço pago pela nossa redenção — o sangue do Filho unigênito de Deus. Cristo passou pela terrível prova da aflição. Sua natureza humana foi provada ao máximo. Ele sofreu a pena de morte da transgressão do homem. Tornou-Se o substituto e penhor do pecador. É poderoso para mostrar o fruto de Seus sofrimentos e morte, em Sua ressurreição dentre os mortos. Do fendido túmulo de José repercute a proclamação: “‘Eu sou a ressurreição e a vida.’ João 11:25. Os que crêem em Mim e fazem as obras de justiça que Eu faço, são justificados, santificados, embranquecidos e provados. Obtiveram piedade e vida eterna.”

Ellen G. White, Cuidado de Deus, pág. 263.

Sobre Blog Sétimo Dia

“SOLO CHRISTO”, “SOLA GRATIA”, “SOLA FIDE”, “SOLA SCRIPTURA” (salvação somente em Cristo, somente devido à graça de Deus, somente pela instrumentalidade da fé, somente com base na Escritura)
Esse post foi publicado em O Cuidado de Deus e marcado . Guardar link permanente.

Deixe seu comentário. Tudo o que pedimos é que se mantenha uma cultura de respeito. Isto significa não fazer ataques pessoais, não usar palavrões, e por favor manter o diálogo sobre o tema postado.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s