Vitória no poderoso nome de Jesus

Torre forte é o nome do Senhor; para ela correrá o justo e estará em alto retiro. Provérbios 18:10.

Foi na ocasião da maior fraqueza que Cristo foi assaltado pelas mais violentas tentações. Assim Satanás pensava sair vitorioso. Por essa política alcançara a vitória sobre o homem. Em faltando as forças, enfraquecido o poder da vontade, e deixando a fé de apoiar-se em Deus, então aqueles que por muito tempo haviam valorosamente se postado do lado do direito, foram vencidos. Moisés cansou-se com os quarenta anos das vagueações de Israel, quando por um momento sua fé afrouxou seu apego ao poder infinito. Baqueou justamente nas fronteiras da terra prometida. Assim com Elias, que se apresentara ousadamente ao rei Acabe; que enfrentara toda a nação de Israel, com seus quatrocentos e cinqüenta profetas de Baal à testa. Depois daquele terrível dia no Carmelo, destruídos os falsos profetas, e tendo o povo declarado sua fidelidade a Deus, Elias fugiu para salvar a vida ante as ameaças da idólatra Jezabel. Assim Satanás se prevalecera da fraqueza da humanidade. E ele atua ainda da mesma forma.

Toda vez que alguém esteja rodeado de nuvens, perplexo pelas circunstâncias ou aflito pela pobreza ou sofrimentos, Satanás se apresenta para tentar e molestar. Ele ataca nossos pontos fracos de caráter. Procura abalar nossa confiança em Deus, que tolera a existência desse estado de coisas. Somos tentados a desconfiar de Deus e pôr em dúvida Seu amor. Muitas vezes o tentador se achega a nós, como se aproximou de Cristo, fazendo desfilar em nossa presença nossas fraquezas e faltas. Espera assim desanimar a pessoa e destruir nosso apoio em Deus. Então está certo de apanhar sua presa. Se o enfrentássemos como o fez Jesus, escaparíamos de muita derrota. Discutindo com o inimigo damos-lhe vantagem.

Jesus alcançou a vitória pela submissão a Deus e fé nEle, e por intermédio do apóstolo, diz-nos Ele: “Sujeitai-vos, pois, a Deus; resisti ao diabo, e ele fugirá de vós.” Tiago 4:7. Não podemos salvar-nos a nós mesmos do poder do tentador; ele venceu a humanidade, e se tentarmos resistir em nossas próprias forças, tornar-nos-emos vítimas de suas armadilhas; mas “torre forte é o nome do Senhor, à qual o justo se acolhe e está seguro”. Provérbios 18:10. Satanás treme e foge ante a mais débil vida que busca refúgio naquele Nome poderoso.

Ellen G. White, Nos Lugares Celestiais, pág. 262.

Anúncios

Sobre Blog Sétimo Dia

“SOLO CHRISTO”, “SOLA GRATIA”, “SOLA FIDE”, “SOLA SCRIPTURA” (salvação somente em Cristo, somente devido à graça de Deus, somente pela instrumentalidade da fé, somente com base na Escritura)
Esse post foi publicado em Nos Lugares Celestiais e marcado . Guardar link permanente.

Deixe seu comentário. Tudo o que pedimos é que se mantenha uma cultura de respeito. Isto significa não fazer ataques pessoais, não usar palavrões, e por favor manter o diálogo sobre o tema postado.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s