Como causar um impacto

o verem a intrepidez de Pedro e João, sabendo que eram homens iletrados e incultos, admiraram-se; e reconheceram que haviam eles estado com Jesus. Atos dos Apóstolos 4:13.

Quando Cristo esteve na Terra, Ele não ordenou que os pescadores deixassem suas redes e barcos, e se dirigissem aos mestres judeus a fim de obterem um preparo para o ministério evangélico. “Caminhando junto ao Mar da Galiléia, viu dois irmãos, Simão, chamado Pedro, e André, que lançavam rede ao mar, porque eram pescadores. E disse-lhes: Vinde após Mim, e Eu vos farei pescadores de homens. Então eles deixaram imediatamente as redes, e O seguiram. Passando adiante, viu outros dois irmãos, Tiago, filho de Zebedeu, e João, seu irmão, que estavam no barco em companhia de seu pai, consertando as redes; e chamou-os. Então eles, no mesmo instante, deixando o barco e seu pai, O seguiram.” Mateus 4:18-22.

Esta obediência imediata, sem qualquer pergunta, sem nenhuma promessa de salários, parece notável. Mas as palavras de Cristo eram um convite que denotava tudo o que Ele queria que denotasse. Havia uma influência impelente em Suas palavras. Não houve longas explicações, mas o que Ele disse teve um poder atrativo.

Cristo queria tornar esses humildes pescadores, em ligação com Sua própria Pessoa, o meio de tirar os homens do serviço de Satanás e fazer com que fossem crentes em Cristo, instruindo-os no tocante ao reino de Deus. Nessa obra eles se tornariam Seus ministros, pescadores de homens. Deveriam ser Seus primeiros-ministros.

Cristo escolheu as coisas loucas do mundo — os que o mundo considerava indoutos e ignorantes — para confundir os sábios do mundo. Os discípulos eram indoutos nas tradições dos rabis, mas com Cristo como seu Exemplo e Mestre, estavam obtendo uma educação da mais elevada espécie; pois tinham diante de si um Exemplo divino. Cristo apresentava-lhes as mais sublimes verdades.

Aqueles a quem Deus emprega para Lhe prestarem serviço, Ele quer habilitá-los segundo Sua vontade para esse serviço. Os que pregam a Cristo devem aprender diariamente de Cristo, a fim de compreenderem o mistério de salvar e servir as pessoas pelas quais Ele morreu. … Devem tomá-Lo como modelo em todas as coisas, partilhando Sua terna compaixão e Sua severidade para com todas as más ações.

Ellen G. White, Cuidado de Deus, pág 249.

Anúncios

Sobre Blog Sétimo Dia

“SOLO CHRISTO”, “SOLA GRATIA”, “SOLA FIDE”, “SOLA SCRIPTURA” (salvação somente em Cristo, somente devido à graça de Deus, somente pela instrumentalidade da fé, somente com base na Escritura)
Esse post foi publicado em O Cuidado de Deus e marcado . Guardar link permanente.

Deixe seu comentário. Tudo o que pedimos é que se mantenha uma cultura de respeito. Isto significa não fazer ataques pessoais, não usar palavrões, e por favor manter o diálogo sobre o tema postado.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s