Muito mais amor

O amor jamais acaba. I Cor. 13:8.

No ano de 1985, minha esposa, eu, e nossos três filhos, Debbie, Rebecca e Mark Jr., nos mudamos de Chicago, Illinois, para St. Albans, Inglaterra. Ali, trabalhei como secretário ministerial da Divisão Transeuropéia da Igreja Adventista do Sétimo Dia.

Quando nos mudamos para a Inglaterra, minha esposa e eu achamos difícil dirigir pelo lado esquerdo da estrada. Nas primeiras vezes em que saímos pelas ruas, com freqüência nos assustávamos muito ao passar pelos cruzamentos ingleses.

Um dia, reunindo coragem, minha esposa foi sozinha, de carro, até Watford, uma pequena cidade não muito distante de casa. Faltavam poucos dias para o Natal, e as ruas estavam repletas de gente. Nosso filho, Mark, de 7 anos, na época, perdeu-se. Minha esposa entrou em pânico. Rapidamente, ela organizou grupos de pessoas para formar uma equipe de busca.

Quem estava se esforçando mais naquela busca, minha esposa ou o meu filho? Será que ela disse casualmente: “Olha aqui, filho, você largou minha mão. Você se afastou de mim. Você está perdido, e eu vou esperar que você encontre o caminho de volta. Se você encontrar, tudo bem; se não, o problema é seu.” Absolutamente! Nada mais importava, a não ser encontrar nosso filho.

Estou convencido de que Deus quer encontrar-nos muito mais do que nós queremos encontrá-Lo.

Com júbilo, Romanos 8:30 proclama as boas-novas: “E aos que predestinou, a esses também chamou.” Deus não somente pré-designou um plano para salvar você, Ele ativamente convida-o para aceitar este plano. Deus é o bom samaritano que nos acode quando estamos machucados e sangrando na estrada da vida (ver Luc. 10). Sim, Deus é um Deus que nos acode. Em Cristo, Ele tomou a iniciativa.

Existe apenas uma coisa que nosso maravilhoso Senhor não tem, a menos que a demos para Ele – nosso amor. Ele deseja ter você perto, muito mais do que você imagina. Houve uma feliz reunião naquele dia, quando minha esposa achou nosso filho, e haverá uma feliz reunião um dia, quando formos envolvidos pelos braços dAquele que tem procurado por nós todo esse tempo.

Pr. Mark Finley – Sobre a Rocha.

Sobre Blog Sétimo Dia

“SOLO CHRISTO”, “SOLA GRATIA”, “SOLA FIDE”, “SOLA SCRIPTURA” (salvação somente em Cristo, somente devido à graça de Deus, somente pela instrumentalidade da fé, somente com base na Escritura)
Esse post foi publicado em Sobre a Rocha e marcado . Guardar link permanente.

Uma resposta para Muito mais amor

  1. Carol Braga disse:

    É maravilhoso quando lemos textos sobre esse tema, o amor, nos leva a pensar o quanto somos fracos e tolos, quando nos afastamos do Único Ser que realmente nos ama, Jesus Cristo.
    Quero estar Contigo no céu, meu Deus, venha nos buscar!
    Paz de Deus à todos nós.

Deixe seu comentário. Tudo o que pedimos é que se mantenha uma cultura de respeito. Isto significa não fazer ataques pessoais, não usar palavrões, e por favor manter o diálogo sobre o tema postado.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s