Legado de paz, de Cristo

Deixo-vos a paz, a Minha paz vos dou; não vo-la dou como o mundo a dá. Não se turbe o vosso coração, nem se atemorize. João 14:27.

Antes que nosso Senhor Se entregasse à agonia da cruz, fez Ele o Seu testamento. Não possuía prata nem ouro ou casas para legar aos discípulos. Era homem pobre, no que respeita a posses terrestres. Poucos, em Jerusalém, eram tão pobres como Ele. Deixou, porém, aos discípulos uma dádiva mais rica do que qualquer rei terrestre pudesse conceder a seus súditos. “Deixo-vos a paz, a Minha paz vos dou”, disse Ele. … Deixou-lhes a paz que Lhe tinha pertencido durante a Sua vida na Terra — a paz que O havia acompanhado através da pobreza, dos açoites e da perseguição, e que com Ele havia de estar quando da agonia no Getsêmani e sobre a cruel cruz.

A vida do Salvador na Terra, conquanto vivida em meio de conflitos, era uma vida de paz. … Nenhuma tempestade de ira satânica podia perturbar a calma daquela perfeita comunhão com Deus. E diz-nos Ele, a nós: “Minha paz vos dou.”

Os que tomam a Cristo por Sua palavra, e entregam o coração a Sua guarda e a vida às Suas ordens, esses encontrarão paz e quietude. Coisa alguma do mundo os pode entristecer, se Jesus os alegra com a Sua presença. Na perfeita conformidade há descanso perfeito. Diz o Senhor: “Tu conservarás em paz aquele cuja mente está firme em Ti; porque ele confia em Ti.” Isaías 26:3.

É o amor ao próprio eu que destrói nossa paz. Enquanto estiver vivo o eu, estamos sempre prontos a guardá-lo da mortificação e insulto; mas se está morto e nossa vida se acha escondida com Cristo em Deus, não aceitaremos as desatenções e desprezos.

Quando recebemos a Cristo na vida como Hóspede permanente, a paz de Deus, que ultrapassa a todo entendimento, guardará nosso coração e espírito. Não há outra base de paz senão essa. A graça de Cristo, recebida no coração, subjuga a inimizade; pacifica as lutas, e enche a vida de amor. Aquele que está em paz com Deus e seus semelhantes, não pode tornar-se infeliz. … O coração que está em harmonia com Deus é participante da paz do Céu, e difundirá a todos os circunstantes sua bendita influência.

Ellen G. White, Nos Lugares Celestiais, pág. 254.

Anúncios

Sobre Blog Sétimo Dia

“SOLO CHRISTO”, “SOLA GRATIA”, “SOLA FIDE”, “SOLA SCRIPTURA” (salvação somente em Cristo, somente devido à graça de Deus, somente pela instrumentalidade da fé, somente com base na Escritura)
Esse post foi publicado em Nos Lugares Celestiais e marcado . Guardar link permanente.

Deixe seu comentário. Tudo o que pedimos é que se mantenha uma cultura de respeito. Isto significa não fazer ataques pessoais, não usar palavrões, e por favor manter o diálogo sobre o tema postado.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s