Bênçãos difusas como a luz do sol

Para que sejais filhos do Pai que está nos céus; porque faz que o Seu sol se levante sobre maus e bons e a chuva desça sobre justos e injustos. Mateus 5:45.

Vejo providência em todas as obras de Deus. … As nuvens e a chuva, da mesma maneira que a brilhante luz solar, têm sua missão em beneficiar o homem. O Deus da natureza sabe justamente de que necessitamos, e avança em linha reta, enviando bênçãos aos justos e aos injustos. Sinto-me tão grata por não terem os seres finitos o controle das coisas! Que desígnios contrários se haviam de manifestar!

Há na compreensão humana uma estreiteza que desonra a Deus. Não entretenha aquele que pretende possuir a Cristo como seu Salvador o pensamento de que as misericórdias de Deus se limitem a ele e aos poucos em quem ele se interessa. O amor e a misericórdia de Deus são para todos. Reunamos os divinos sinais de Seu favor, devolvamos louvor e ação de graças a Ele por Sua bondade, a nós concedida, não para ser acumulada, mas para ser passada adiante a outros. … Deus espera que todo aquele que frui Sua graça propague-a tão generosamente como Cristo concede Suas misericórdias. Como o Sol brilha sobre os justos e os injustos, assim o Sol da Justiça reflete luz sobre o mundo inteiro.

As bênçãos de Deus — luz solar e chuva, frio e calor, e toda bênção natural — são dadas ao mundo. Não deve ser mantida com exclusividade por ninguém. “Eu sou a luz do mundo!” (João 8:12), disse Cristo. A luz é uma bênção, bênção universal que esparge seus tesouros sobre um mundo ingrato, profano, desmoralizado. O Senhor Jesus veio para derrubar todo muro de exclusão, abrir todos os muros no templo presidido por Deus, para que todo ouvido escute, para que todos os olhos vejam, para que toda alma sedenta beba de graça da água da vida.

Deus espalha bênçãos por todo o caminho. … Podemos chorar e gemer, e lamentar e tropeçar a cada passo se assim preferirmos, ou podemos apanhar as preciosas e perfumadas flores, e regozijar-nos no Senhor, pois Sua bondade nos está tornando tão aprazível a estrada para o Céu!

Ellen G. White, Nossa Alta Vocação, pág. 242.

Anúncios

Sobre Blog Sétimo Dia

“SOLO CHRISTO”, “SOLA GRATIA”, “SOLA FIDE”, “SOLA SCRIPTURA” (salvação somente em Cristo, somente devido à graça de Deus, somente pela instrumentalidade da fé, somente com base na Escritura)
Esse post foi publicado em Nossa Alta Vocação e marcado . Guardar link permanente.

Deixe seu comentário. Tudo o que pedimos é que se mantenha uma cultura de respeito. Isto significa não fazer ataques pessoais, não usar palavrões, e por favor manter o diálogo sobre o tema postado.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s