Influência irresistível

Revesti-vos, pois, como eleitos de Deus, santos e amados, de entranhas de misericórdia, de benignidade, humildade, mansidão, longanimidade. Colossences 3:12.

Palavras bondosas, olhares agradáveis, uma fisionomia alegre, lançam em torno do cristão um encanto que torna sua influência quase irresistível. Esta é uma maneira de conquistar respeito, e ampliar a atmosfera de utilidade, que custa bem pouco. É a religião de Cristo no coração que faz com que as palavras daí brotadas sejam amáveis e condescendente a conduta, mesmo para com os que estejam nas posições mais humildes. Um homem violento, crítico, ultrajante, não é cristão; pois ser cristão é ser semelhante a Cristo.

O que sorve o espírito de Cristo fá-lo-á fluir em palavras bondosas, e exprimir-se numa conduta cortês. O plano da salvação deve abrandar tudo quanto é áspero e rude no temperamento, e suavizar tudo quanto é grosseiro e pontiagudo nas maneiras. A mudança externa testificará de uma transformação interior. A verdade é o santificador, o refinador. Recebida no coração, atua com poder oculto, transformando o recebedor. Mas os que professam a verdade e ao mesmo tempo são rudes, azedos e cruéis na palavra e na conduta, não aprenderam de Jesus; todas estas manifestações mostram que eles ainda são servos do maligno. Homem algum pode ser cristão sem ter o espírito de Cristo, manifestando mansidão, benignidade e refinamento de maneiras.

Cristãos aprazíveis, bondosos, bem educados, terão influência em favor de Deus e de Sua verdade; não pode ser de outro modo. A luz tomada emprestada do Céu derramará seus brilhantes raios por intermédio deles no caminho dos outros. … As palavras que proferimos, nossa conduta diária são os frutos oriundos da árvore. Caso os frutos sejam azedos e desagradáveis, os galhos daquela árvore não estão se nutrindo de uma fonte pura. Caso nossas afeições sejam postas em harmonia com nosso Salvador, se nosso caráter é manso e humilde, evidenciamos que nossa vida está escondida com Cristo em Deus; e deixaremos atrás de nós um rastro luminoso, … Os observadores reconhecerão que estivemos com Jesus e dEle aprendemos.

Ellen G. White, Nossa Alta Vocação, pág. 234.

Anúncios

Sobre Blog Sétimo Dia

“SOLO CHRISTO”, “SOLA GRATIA”, “SOLA FIDE”, “SOLA SCRIPTURA” (salvação somente em Cristo, somente devido à graça de Deus, somente pela instrumentalidade da fé, somente com base na Escritura)
Esse post foi publicado em Nossa Alta Vocação e marcado . Guardar link permanente.

Deixe seu comentário. Tudo o que pedimos é que se mantenha uma cultura de respeito. Isto significa não fazer ataques pessoais, não usar palavrões, e por favor manter o diálogo sobre o tema postado.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s