Seja feita a Tua vontade

Meu Pai… não seja como Eu quero, e sim como Tu queres. Mat. 26:39.

Um verdade central faz-nos suportar qualquer coisa da qual tenhamos medo: Deus é nosso amoroso Pai celestial. Isto pode ser de difícil compreensão para aqueles cujos pais terrenais foram ásperos, abusivos ou ausentes. Mas, se corretamente entendida, é o âmago das Escrituras.

A mão de um pai amoroso nunca provoca dor ou lágrimas desnecessárias aos Seus filhos. Provações nos cercam, pesares nos afligem, mas o amor do Pai é constante.

Jesus aceitou a constância do amor do Pai em Sua noite de grande angústia. Em meio à tristeza do Getsêmani, ele clamou: “Pai… seja… como Tu queres.” Jesus aceitou que o Seu Pai sempre planejou o melhor. Ele podia desistir de Seus planos e aceitar os do Pai porque confiava no amor do coração divino. Isto não equivale a dizer que todas as tristezas, sofrimentos e enfermidades são coisas boas, mas que Deus é sempre bom.

A vida pode não ser justa, mas Deus é. Quando, tal como Jesus, não podemos compreender, podemos confiar. Em toda nossa vida, podemos dizer: “Seja feita a Tua vontade.” A maneira como dizemos estas palavras faz toda a diferença. Há quatro maneiras de dizê-la.

Primeiro, posso dizê-la em desesperada submissão, como alguém tão inferiorizado em relação ao adversário que parece ser inútil lutar. Por exemplo, em face a uma doença terminal.

Segundo, posso dizê-la como alguém que se submete por ter sido espancado. As pressões da vida tornam-se muito grandes. Esta é a atitude de quem é derrotado porque o inimigo é muito poderoso – como um general de um exército derrotado que diz: “Aqui está minha espada; faça o que quiser comigo.”

Terceiro, posso dizê-la como alguém extremamente frustrado, que vê seus sonhos despedaçados. As palavras podem ser de lamento ou de amargurada raiva.

Ou posso dizê-la com a segurança de quem tem perfeita confiança. Foi assim que Jesus o disse. Ele Se submeteu a um amor que nunca O abandonaria. Podemos submeter-nos ao mesmo amor, hoje. Deus não abandonou Jesus, e tampouco nos abandonará.

Pr. Mark Finley – Sobre a Rocha.

Anúncios

Sobre Blog Sétimo Dia

“SOLO CHRISTO”, “SOLA GRATIA”, “SOLA FIDE”, “SOLA SCRIPTURA” (salvação somente em Cristo, somente devido à graça de Deus, somente pela instrumentalidade da fé, somente com base na Escritura)
Esse post foi publicado em Sobre a Rocha e marcado . Guardar link permanente.

Uma resposta para Seja feita a Tua vontade

  1. wallas disse:

    muito intereçante, nós sabemos que Deus ele sempre estar, e sempre estará ao nosso lado por mais fortes que sejão o nosso pecado ou a desconfiança nele.

Deixe seu comentário. Tudo o que pedimos é que se mantenha uma cultura de respeito. Isto significa não fazer ataques pessoais, não usar palavrões, e por favor manter o diálogo sobre o tema postado.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s