Poder santificador da verdade

Santifica-os na verdade; a tua palavra é a verdade. João 17:17.

Que é santificação? É entregar-se inteiramente e sem reservas — alma, corpo e espírito — a Deus; lidar com justiça; amar a misericórdia e andar humildemente com Deus; saber e cumprir a vontade de Deus sem consideração para com o próprio eu e o seu interesse; ter mente espiritual, pura, abnegada, santa, e sem mancha nem mácula.

É mediante a verdade, pelo poder do Espírito Santo, que devemos ser santificados — transformados à semelhança com Cristo. E para que esta mudança possa ocorrer em nós, importa que haja incondicional e sincera aceitação da verdade, uma plena entrega da vida a seu poder transformador.

Nosso caráter é por natureza torcido e pervertido. Por falta do devido desenvolvimento, carece de simetria. Juntamente com qualidades excelentes, há traços objetáveis e, devido à longa condescendência as tendências errôneas se tornam segunda natureza, e muitas pessoas se apegam tenazmente a suas peculiaridades. Mesmo depois de professarem aceitar a verdade, entregar-se a Cristo, condescendem com os mesmos velhos hábitos, manifestam o mesmo amor-próprio, entretêm as mesmas falsas idéias. Se bem que essas pessoas pretendam estar convertidas, é evidente que não se submeteram ao poder transformador da verdade.

Se aquele que assim representa mal a Cristo pudesse saber que dano tem sido ocasionado pelas faltas de caráter que ele tem desculpado e nutrido, encher-se-ia de horror.

Ninguém julgue que seus caminhos não precisem mudar-se. … Ninguém pode andar em segurança a menos que desconfie de si mesmo, e esteja constantemente olhando à Palavra de Deus, estudando-a com coração voluntário para ver os próprios erros, e aprender a vontade de Cristo, orando para que ela se cumpra nele, por ele e por seu intermédio. Mostram que sua confiança não está neles mesmos, mas em Cristo. Consideram a verdade sagrado tesouro, capaz de santificar e refinar, e estão de contínuo procurando pôr suas palavras e seus caminhos em harmonia com os princípios dela.

Ellen G. White, Nossa Alta Vocação, pág. 208.

Anúncios

Sobre Blog Sétimo Dia

“SOLO CHRISTO”, “SOLA GRATIA”, “SOLA FIDE”, “SOLA SCRIPTURA” (salvação somente em Cristo, somente devido à graça de Deus, somente pela instrumentalidade da fé, somente com base na Escritura)
Esse post foi publicado em Nossa Alta Vocação e marcado . Guardar link permanente.

Deixe seu comentário. Tudo o que pedimos é que se mantenha uma cultura de respeito. Isto significa não fazer ataques pessoais, não usar palavrões, e por favor manter o diálogo sobre o tema postado.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s