Pão que satisfaz

Eu sou o pão vivo que desceu do céu; se alguém comer desse pão, viverá para sempre; e o pão que eu der é a minha carne. … Porque a minha carne verdadeiramente é comida, e o meu sangue verdadeiramente é bebida. João 6:51, 55.

As palavras: “O pão nosso de cada dia dá-nos hoje” (Mateus 6:11), não se referem apenas ao alimento temporal, mas ao sustento espiritual que traz vida eterna ao recebedor. Quando cremos e recebemos a Palavra de Cristo, comemos Sua carne e bebemos Seu sangue.

Como por comer o alimento temporal se fortalece o organismo físico, assim, por tomarmos a carne e o sangue do Filho de Deus, a natureza espiritual é fortalecida. A Palavra de Deus é espírito e vida a todos quantos dela se apoderam. Aquele que partilha da carne e do sangue de Cristo é participante da natureza divina. … Uma corrente vital, vivificante, flui de seu Salvador para ele.

Ninguém pode comer esta carne e beber este sangue por outro. Cada um precisa ir a Cristo com a fome de sua própria alma, cada um precisa ter as próprias convicções, sentir as necessidades da própria alma, e aprender de Cristo por si mesmo.

Satisfeito com o Pão da Vida, não podemos ter fome de atrações mundanas, mundanas excitações e grandezas. Nossa experiência religiosa será da mesma ordem que a do alimento de que nos nutrimos.

A comida que ingerimos numa refeição não nos satisfaz para sempre. Precisamos participar cada dia do alimento. Assim devemos comer diariamente a Palavra de Deus, para que a vida da alma seja renovada. Nos que se nutrem constantemente da Palavra, Cristo é formado, a esperança da glória. A negligência de ler e estudar a Bíblia traz carência espiritual.

Cristo é nossa vida. A pessoa em quem Ele habita satisfará as reivindicações de Seus princípios, em inteira devoção e consagração a Deus. O contato pessoal de Cristo com a alma edifica, suprindo-lhe as freqüentes necessidades. Ele é feito para nós sabedoria e justiça e santificação e redenção. É nossa suficiência.

Ele é o sangue vital da alma. Se habita conosco, podemos dizer: “Vivo, não mais eu, mas Cristo vive em mim”. Gálatas 2:20.

Ellen G. White, Nossa Alta Vocação, pág. 205.

Sobre Blog Sétimo Dia

“SOLO CHRISTO”, “SOLA GRATIA”, “SOLA FIDE”, “SOLA SCRIPTURA” (salvação somente em Cristo, somente devido à graça de Deus, somente pela instrumentalidade da fé, somente com base na Escritura)
Esse post foi publicado em Nossa Alta Vocação e marcado . Guardar link permanente.

Deixe seu comentário. Tudo o que pedimos é que se mantenha uma cultura de respeito. Isto significa não fazer ataques pessoais, não usar palavrões, e por favor manter o diálogo sobre o tema postado.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s