Ainda de pé

Sede vigilantes, permanecei firmes na fé, portai-vos varonilmente, fortalecei-vos. I Cor. 16:13.

Nikita Khrushchev, primeiro-ministro da extinta União Soviética, fez um importante discurso na sessão dos assuntos soviéticos, ante o Supremo Soviético, em Moscou. O discurso explorou terrenos novos ao tocar no assunto dos excessos selvagens que aconteceram na era de Stalin. Enquanto Khrushchev falava, alguém, na platéia, enviou-lhe um bilhete embaraçoso. “Premier Khrushchev, o que o senhor estava fazendo quando Stalin cometeu todas essas atrocidades?”

Irado, Khrushchev falou: “Quem mandou este bilhete?” Ninguém se manifestou. “Darei um minuto para que esta pessoa se levante”, declarou Khrushchev.

Os segundos passavam, lentos. Mas ninguém se mexeu.

“Está bem, vou dizer-lhes o que eu estava fazendo”, disse Khrushchev. “Eu estava fazendo exatamente o que o autor deste bilhete estava fazendo – nada! Eu tinha medo de ficar marcado.”

Medo de ficar marcado. Medo de pôr-se de pé. Moisés pôs-se de pé contra os exércitos de Faraó. Elias pôs-se de pé contra os profetas de Baal. Paulo pôs-se de pé contra o rígido legalismo. João pôs-se de pé contra o culto ao imperador, e Jesus pôs-se de pé, e com mais coragem que todos os demais, ao tomar a cruz sangrenta.

O amor sempre exige compromisso. Seu custo é um coração totalmente rendido ao Mestre, a disposição de pôr-se de pé. Se você não está disposto a pôr-se de pé pelo que é certo, todos cairemos pelo que é errado. Se não tivermos coragem de, com convicção, colocar-nos de pé pelos princípios da consciência, nosso coração ficará empedernido pela condescendência. Como Pilatos, Judas e o rei Agripa, nossa alma ficará estéril.

Existe uma saída melhor. Pela graça de Cristo, coloque-se de pé pelas convicções de sua consciência. Você ficará feliz se assim fizer.

Pr. Mark Finley – Sobre a Rocha.

Sobre Blog Sétimo Dia

“SOLO CHRISTO”, “SOLA GRATIA”, “SOLA FIDE”, “SOLA SCRIPTURA” (salvação somente em Cristo, somente devido à graça de Deus, somente pela instrumentalidade da fé, somente com base na Escritura)
Esse post foi publicado em Sobre a Rocha e marcado . Guardar link permanente.

Deixe seu comentário. Tudo o que pedimos é que se mantenha uma cultura de respeito. Isto significa não fazer ataques pessoais, não usar palavrões, e por favor manter o diálogo sobre o tema postado.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s