Doçura da renúncia

Honra ao Senhor com os teus bens e com as primícias de toda a tua renda; e se encherão fartamente os teus celeiros, e transbordarão de vinho os teus lagares. Provérbios 3:9, 10.

Os direitos de Deus se acham à base de todos os outros direitos. Ele põe a mão sobre tudo quanto, de Sua plenitude e beneficência, confiou ao homem, e diz: “Sou o legítimo dono do Universo, e esses bens são Meus. Usa-os para promover Minha causa, edificar Meu reino, e Minha bênção repousará sobre ti.”

Alguns dão da abundância do que possuem, todavia não sentem falta. Não praticam abnegação pela causa de Cristo. Dão liberalmente e de coração, mas ainda têm tudo quanto o coração possa desejar. Deus o considera. A ação e os motivos são estritamente notados por Ele, e eles não perderão seu galardão. Os que possuem menos recursos, porém, não precisam desculpar-se por não poderem fazer tanto como alguns outros. Fazei o que estiver ao vosso alcance. Renunciai a algum artigo sem o qual podeis passar, e sacrificai para a causa de Deus. Como a pobre viúva, depositai vossas duas moedinhas. Dais realmente mais do que todos aqueles que dão de sua abundância; e sabereis quão doce é negar-se a si mesmo, para dar ao necessitado, sacrificar-se pela verdade, e ajuntar tesouro no Céu.

Os jovens… que professam a verdade, têm ainda uma lição de renúncia a aprender. Se fizessem mais sacrifícios pela verdade, estimá-la-iam mais alto. Ela lhes afetaria o coração, e purificaria a vida. Com demasiada freqüência a juventude não toma a si o fardo da causa de Deus, nem sente qualquer responsabilidade quanto a ela. É porque Deus os haja desculpado? Oh, não! eles se desculpam a si próprios. Não compreendem que não são deles mesmos. Sua força, seu tempo, não lhes pertencem. Foram comprados por preço; e a menos que possuam o espírito de abnegação e sacrifício, nunca poderão ganhar a herança imortal.

Dai o que vos for possível agora, e ao cooperardes com Cristo, vossa mão se abrirá para comunicar ainda mais. E Deus vos tornará a encher a mão, para que o tesouro da verdade possa ser levado a muitas pessoas. Ele vos dará para que possais dar a outros.

Ellen G. White, Nossa Alta Vocação, pág. 195.

Anúncios

Sobre Blog Sétimo Dia

“SOLO CHRISTO”, “SOLA GRATIA”, “SOLA FIDE”, “SOLA SCRIPTURA” (salvação somente em Cristo, somente devido à graça de Deus, somente pela instrumentalidade da fé, somente com base na Escritura)
Esse post foi publicado em Nossa Alta Vocação e marcado . Guardar link permanente.

Deixe seu comentário. Tudo o que pedimos é que se mantenha uma cultura de respeito. Isto significa não fazer ataques pessoais, não usar palavrões, e por favor manter o diálogo sobre o tema postado.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s