Maldição ou bênção?

Não ajunteis tesouros na terra, onde a traça e a ferrugem tudo consomem, e onde os ladrões minam e roubam. Mateus 6:19.

Tesouros são as coisas que dominam a mente e absorvem a atenção, excluindo a Deus e a verdade. O amor do dinheiro, … era a paixão dominante na época dos judeus. … Nosso Salvador fez decidida advertência contra acumular os tesouros da Terra.

Todos os ramos de negócios, todos os modos de emprego, estão sob as vistas de Deus; e a todo cristão se tem dado a capacidade de fazer algo na causa do Mestre. Quer estejam empenhados em trabalho no campo, no comércio, ou no escritório, serão os homens considerados responsáveis diante de Deus pelo emprego sábio e honesto de seus talentos. São justamente tão responsáveis diante de Deus por seu trabalho como o ministro que labuta na Palavra e na doutrina o é pelo dele. …

As propriedades que são entesouradas na Terra demonstrar-se-ão apenas uma maldição; mas se forem consagradas à edificação da causa da verdade, para que Deus seja honrado, e pessoas sejam salvas, não se demonstrarão maldição, antes bênçãos. É necessário dinheiro para promover toda boa causa; e como certos homens foram dotados de mais capacidade para adquirir fortuna que outros, devem pôr seus talentos com os banqueiros, para que o Senhor receba o Seu com os juros em Sua vinda. …

Os que são prontos e dispostos a empregar seus recursos na causa de Deus, serão abençoados em seus esforços para adquirir dinheiro. Deus criou a fonte das riquezas. Ele deu a luz solar e o orvalho, e a chuva, e fez com que florescesse a vegetação. Beneficiou os homens com capacidades mentais e físicas, e habilitou-os a adquirir bens, de modo que Sua causa fosse e mantida por Seus professos filhos. Os necessitados estão ao redor de nós, e Deus é glorificado quando o pobre e o aflito são ajudados e confortados. Não é pecado adquirir e controlar bens como mordomos de Deus, conservando-os apenas até que Ele os reivindica para as necessidades de Sua obra.

Cumpre-nos ter sempre em mente que estamos em sociedade com Deus. Sua obra e Sua causa demandam a primeira consideração.

Ellen G. White, Nossa Alta Vocação, pág. 190.

Sobre Blog Sétimo Dia

“SOLO CHRISTO”, “SOLA GRATIA”, “SOLA FIDE”, “SOLA SCRIPTURA” (salvação somente em Cristo, somente devido à graça de Deus, somente pela instrumentalidade da fé, somente com base na Escritura)
Esse post foi publicado em Nossa Alta Vocação e marcado . Guardar link permanente.

Deixe seu comentário. Tudo o que pedimos é que se mantenha uma cultura de respeito. Isto significa não fazer ataques pessoais, não usar palavrões, e por favor manter o diálogo sobre o tema postado.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s