Meios para aliviar a necessidade

E, respondendo o Rei, lhes dirá: Em verdade vos digo que, quando o fizestes a um destes meus pequeninos irmãos, a mim o fizestes. Mateus 25:40.

Que seria, se os professos seguidores de Jesus olhassem a suas vestes custosas e vissem aí, escritas pelo dedo de Deus, as palavras: “Vesti os nus”. Que seria se vissem inscritas em suas dispendiosas decorações do lar, pinturas e mobílias: “Recolhas em casa os pobres desterrados”! Na sala de jantar, onde a mesa se acha repleta de abundantes alimentos, o dedo de Deus traçasse: “Repartas o teu pão com o faminto”? Isaías 58:7. Considerem todos, adultos e jovens, que não é coisa leve ser mordomo do Senhor. … São deixados à míngua os necessitados, os opressos, enquanto o dinheiro do Senhor é egoistamente desperdiçado em luxos e extravagâncias. Oh, se todos se lembrassem de que Deus não faz acepção de pessoas! Grande coisa é ser um mordomo, fiel e verdadeiro, diante de um Deus justo e imparcial. …

A lei de Deus considera todo homem responsável pelo emprego que faz de cada quantia que lhe vem às mãos; pois o Senhor fez os homens instrumentos Seus no aliviar a miséria do mundo. Se o homem amontoa ou gasta egoistamente os bens de seu Senhor que lhe foram confiados, será para ruína de sua vida; pois Ele honra, exalta e glorifica o eu. … Há em nosso mundo pessoas que, embora professem ser escolhidas de Deus, podem sempre passar de largo pelo necessitado. Jesus o vê; Jesus marca; não o passará por alto. Jesus declarou que veio pregar o evangelho aos pobres. Ele tem concedido Seus bens para que subsistam o amor e a beneficência, tornando-se sempre mais vigorosos no coração de Seu povo. …

O quinhão das recompensas no último dia gira em torno da questão de nossa beneficência prática: “Quando o fizestes a um destes Meus pequeninos irmãos, a Mim o fizestes”. Mateus 25:40. Cristo Se coloca no lugar do pobre, identificando com os Seus, os interesses deles. … Roga a cada discípulo que dispense com reconhecida liberalidade os dons a eles confiados, como se estivesse dando a Seu Redentor.

Ellen G. White, Nossa Alta Vocação, pág. 185.

Anúncios

Sobre Blog Sétimo Dia

“SOLO CHRISTO”, “SOLA GRATIA”, “SOLA FIDE”, “SOLA SCRIPTURA” (salvação somente em Cristo, somente devido à graça de Deus, somente pela instrumentalidade da fé, somente com base na Escritura)
Esse post foi publicado em Nossa Alta Vocação e marcado . Guardar link permanente.

Deixe seu comentário. Tudo o que pedimos é que se mantenha uma cultura de respeito. Isto significa não fazer ataques pessoais, não usar palavrões, e por favor manter o diálogo sobre o tema postado.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s