Alegria no serviço humilde

Senhor, que queres que faça? Atos dos Apóstolos 9:6.

Não importa qual seja nossa posição nem quão limitadas sejam as nossas aptidões, temos uma obra a fazer para o Mestre. Nossas graças desenvolvem-se e amadurecem pelo exercício. Tendo a verdade de Deus a arder no coração, não podemos ficar ociosos. A felicidade que experimentaremos em fazer, compensará mesmo nesta vida cada esforço. Unicamente os que experimentaram a felicidade resultante do abnegado esforço no serviço de Cristo podem falar do assunto com a devida compreensão. É na verdade tão pura alegria, tão profunda, que a linguagem não a pode exprimir.

“… Através da vida transitória
Tendes a cargo uma obra especial;
Humilde pode ser, e ser inglória, E pode ser também de elevado ideal.
Ninguém, senão só tu, pode fazê-la.
‘Que queres Tu que eu faça?’ indagarás,
E olhando a glória de teu Redentor,
E recebendo luz só do Senhor,
Em cada ação honrá-Lo buscarás,
Sem o eu manchar dessa obra o resplendor.”

Podemos ter Cristo conosco enquanto empenhados em nossas ocupações diárias. Onde quer que estejamos, o que quer que façamos, podemos em verdade ser enobrecidos porque nos achamos unidos a Cristo. Podemos tornar nossos humildes deveres da vida enobrecidos e santificados mediante a certeza do amor de Deus. O trabalhar por princípio nas mais humildes vocações reveste-as de dignidade. A consciência de sermos realmente os servos de Cristo dará mais elevado teor de caráter a nossos deveres de cada dia sempre alegres, pacientes, longânimos e gentis. …

Se vos demonstrais firmes nos princípios, destemidos no dever, zelosos no buscar exemplificar a Cristo em vosso trabalho diário, todavia humildes, brandos e amáveis, pacientes e perdoadores, prontos a sofrer e perdoar injúrias, sereis uma carta viva, conhecida e lida por todos os homens.

Ellen G. White, Nossa Alta Vocação, pág. 181.

Sobre Blog Sétimo Dia

“SOLO CHRISTO”, “SOLA GRATIA”, “SOLA FIDE”, “SOLA SCRIPTURA” (salvação somente em Cristo, somente devido à graça de Deus, somente pela instrumentalidade da fé, somente com base na Escritura)
Esse post foi publicado em Nossa Alta Vocação e marcado . Guardar link permanente.

Deixe seu comentário. Tudo o que pedimos é que se mantenha uma cultura de respeito. Isto significa não fazer ataques pessoais, não usar palavrões, e por favor manter o diálogo sobre o tema postado.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s