À maneira de Deus

Se teu irmão pecar [contra ti], vai argüi-lo entre ti e ele só. Se ele te ouvir, ganhaste a teu irmão. Mat. 18:15.

Queixas intermináveis invadiam o escritório do preceptor Morgan. Parecia que todos os alunos problemáticos foram parar naquele dormitório. Ninguém se entendia, e o preceptor não tinha como resolver todos os problemas. Mas, um dia, ele captou o conselho de Jesus: “Se teu irmão pecar [contra ti], vai argüi-lo entre ti e ele só. Se ele te ouvir, ganhaste a teu irmão.” Mat. 18:15. E decidiu ver o que aconteceria se os alunos agissem de acordo com aquelas palavras. Convocou a todos e estabeleceu que, dali em diante, qualquer um fosse a ele com alguma queixa, deveria primeiro ir falar com o colega acusado.

Morgan ficou pensando no que aconteceria. Inicialmente, ele temeu que a idéia de “procurar o irmão” pudesse resultar em confrontos. Porém, começou a notar que o dormitório estava mais calmo. Ninguém mais aparecia com reclamações. Descobriu que os estudantes estavam colocando em prática o ensinamento de Cristo, com resultados maravilhosos. No final do ano, o dormitório tornara-se um modelo para o resto da escola. O pior lugar do campus transformara-se no melhor.

Tenho visto esse princípio funcionar durante os 35 anos do meu ministério. Quando ele é seguido, corações são curados, barreiras são quebradas e conflitos, resolvidos.

Nunca discuta o suposto comportamento negativo de uma pessoa sem, primeiro, abordá-la. Faça isso com amor cristão e humildade, deixando que Deus opere. Problemas aparentemente insolúveis podem evaporar-se, quando uma pessoa acusada tem a chance de se explicar. Resolva os problemas de relacionamento à maneira de Deus, e veja o que acontece.

Pr. Mark Finley – Sobre a Rocha.

Sobre Blog Sétimo Dia

“SOLO CHRISTO”, “SOLA GRATIA”, “SOLA FIDE”, “SOLA SCRIPTURA” (salvação somente em Cristo, somente devido à graça de Deus, somente pela instrumentalidade da fé, somente com base na Escritura)
Esse post foi publicado em Sobre a Rocha e marcado . Guardar link permanente.

Deixe seu comentário. Tudo o que pedimos é que se mantenha uma cultura de respeito. Isto significa não fazer ataques pessoais, não usar palavrões, e por favor manter o diálogo sobre o tema postado.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s