Cartas de amor

Aquietai-vos e sabei que Eu sou Deus. Sal. 46:10.

Houve uma ocasião em que experimentei muita solidão. Foi no verão de 1965. Eu terminara meu primeiro ano de faculdade no Atlantic Union College, nas proximidades de de Boston, Estados Unidos, e fui escolhido pela administração do colégio para servir como estudante missionário no Brasil, naquele período. Eu nunca tinha saído dos Estados Unidos.

Tomei um avião para São Paulo e, de lá, outro para Belém, às margens do Rio Amazonas. Ali, uni-me a uma equipe médico-missionária na lancha Luzeiro VI. Percorrendo a Amazônia durante um mês, perdemos o contato com a civilização. Muitas vezes, durante aqueles longos dias e noites, desejei estar em casa.

Lembrava dos meus pais, mas pensava, especialmente, em uma jovem com quem estava namorando. Vivia contando os dias para voltar logo à sede da missão só para encontrar uma carta. Sem outros meios modernos de comunicação, as cartas eram o meu único laço com a minha terra. Elas me animavam, fazendo com que eu soubesse que havia alguém que me amava e que se importava comigo. O forte laço de amor entre Teenie e eu, alimentado através daquelas cartas, nos levou ao casamento, mais tarde.

Cartas podem fazer grande diferença. E cartas inspiradas por Deus fazem uma diferença maior ainda. Ele o ama muito, importa-se bastante, e pensa costantemente em você. Por isso, mandou uma série de cartas inspiradas por Seu Espírito. Cada página das Escrituras revela Seu amor. Para Ele, deve ser muito desapontador ver que, não raro, estamos ocupados demais para ler Suas cartas. O excesso de ocupação é inimigo da espiritualidade; um câncer espiritual que suga a energia vital da alma. Não podemos deixar que a pressa da vida moderna nos afaste da presença de Deus. Disse o salmista: “Aquietai-vos e sabei que Eu sou Deus.” Sal. 46:10.

Alguém que nos ama imensamente escreveu-nos uma preciosa coleção de cartas. Dediquemos hoje algum tempo à sua leitura.

Pr. Mark Finley – Sobre a Rocha.

Anúncios

Sobre Blog Sétimo Dia

“SOLO CHRISTO”, “SOLA GRATIA”, “SOLA FIDE”, “SOLA SCRIPTURA” (salvação somente em Cristo, somente devido à graça de Deus, somente pela instrumentalidade da fé, somente com base na Escritura)
Esse post foi publicado em Sobre a Rocha e marcado . Guardar link permanente.

Deixe seu comentário. Tudo o que pedimos é que se mantenha uma cultura de respeito. Isto significa não fazer ataques pessoais, não usar palavrões, e por favor manter o diálogo sobre o tema postado.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s