Na oficina de Deus

Vós também, como pedras vivas, sois edificados casa espiritual e sacerdócio santo, para oferecerdes sacrifícios espirituais, agradáveis a Deus, por Jesus Cristo. 1 Pedro 2:5.

O templo judaico foi construído de pedras lavradas, tiradas das montanhas; e cada pedra foi adaptada para seu lugar no templo, talhada e polida, e provada antes de ser levada para Jerusalém. E quando tudo foi levado ao local, o edifício foi erguido sem som de machado ou martelo. Esse edifício representa o templo espiritual de Deus, formado de material colhido de toda nação, e língua, e povo, de todas as condições, altos e baixos, ricos e pobres, letrados e ignorantes. Não são substâncias mortas, estas, para serem ajustadas por meio de martelo ou cinzel. São pedras vivas, tiradas da pedreira do mundo pela verdade; e o grande Arquiteto-Mestre, o Senhor do templo, está agora a talhá-las, poli-las, e preparando-as para seus respectivos lugares no templo espiritual. Uma vez pronto, esse templo será perfeito em todas as partes, a admiração dos anjos e dos homens; pois seu Artífice e Construtor é Deus.

O cuidado manifestado na construção do templo é uma lição para nós quanto ao cuidado que nos cumpre mostrar na formação de nosso caráter. Nenhum material ordinário devia ser empregado. Nenhuma obra casual devia ser feita na junção das diferentes partes. Cada peça devia adaptar-se a outra peça perfeitamente. Tal como era o templo de Deus, importa que seja Sua igreja. Na formação do caráter Seu povo não deve introduzir nenhuma viga sem valor, nenhuma obra descuidosa, indiferente.

Achamo-nos agora na oficina de Deus e, durante estas horas de graça, está em andamento o processo de ajustar-nos para o glorioso templo. Não podemos agora ser indiferentes, e negligentes, e descuidosos, e recusar-nos a nos apartar do pecado, … e esperar tornar-nos puros e santos e afeiçoados no caráter segundo a semelhança de um palácio. … Agora é o dia de preparação; agora é o tempo em que podem ser removidos os nossos defeitos.

Uma pedra que não brilha é destituída de valor. O que constitui o valor de nossas igrejas não são pedras mortas, apagadas, mas pedras vivas, pedras que recebem os brilhantes raios da Pedra Principal de Esquina, o próprio Sol da Justiça.

Ellen G. White, Nossa Alta Vocação, pág. 160.

Sobre Blog Sétimo Dia

“SOLO CHRISTO”, “SOLA GRATIA”, “SOLA FIDE”, “SOLA SCRIPTURA” (salvação somente em Cristo, somente devido à graça de Deus, somente pela instrumentalidade da fé, somente com base na Escritura)
Esse post foi publicado em Nossa Alta Vocação e marcado . Guardar link permanente.

Deixe seu comentário. Tudo o que pedimos é que se mantenha uma cultura de respeito. Isto significa não fazer ataques pessoais, não usar palavrões, e por favor manter o diálogo sobre o tema postado.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s