Em harmonia com a mente divina

Chegai-vos a Deus, e Ele Se chegará a vós. Limpai as mãos, pecadores; e, vós de duplo ânimo, purificai o coração. Tiago 4:8.

Os anjos de Deus sentem-se atraídos para todos os que, em seus pensamentos e devotado serviço, se chegam a Deus. … É grande infelicidade ser de ânimo duplo. “O homem de coração dobre é inconstante em todos os seus caminhos.” Tiago 1:8.

Usemos com propósito a mente que o Senhor nos deu. A ambição, a cobiça, a mania de seguir as modas, os costumes e práticas do mundo, para não ser considerado esquisito, logo apagarão todas as linhas de distinção entre a maneira de conduta do cristão e as práticas do mundo. O amor dos prazeres não deve ser nutrido e satisfeito. Quando o ser humano, formado para prestar serviço a Deus, percebe que seu tempo se absorve com planos com os quais nada tem que ver o Senhor, bem pode ele então indagar: Que finalidade tenho eu em vista? O serviço de quem aprecio eu de fato? Afinal de contas, que adiantará esta ansiosa contenda pela distinção? A quem estou servindo?

Como mordomos sobre a propriedade do Senhor, devemos conservar o templo da alma limpo de todo o lixo e mancha do mundo. … Todos os nossos talentos devem ser usados, todo pensamento combinado, toda faculdade exercida, no sentido de nos pôr em harmonia com a mente de Deus. Devemos adornar-nos com todas as graças do Espírito, imitando tudo que é reto, e puro, e edificante e enobrecedor, copiando as excelências e encarnando as perfeições da família celestial, obtendo uma educação que nos habilite a unir-nos com a família real nas cortes do Céu.

Temos o privilégio de ser educados sob a inspiração do Espírito Santo. Todos os atributos excelentes devem fortalecer nossas faculdades morais, para que estas não acusem falha ou mancha. Estamos tecendo nossos fios no tear da humanidade; nenhum fio de vanglória deve ser usado no tecido. Todo o Céu está comunicando seu auxílio a fim de que possamos transpor todos os obstáculos. … Devemos formar o caráter com textura boa, espiritual, celeste, perfeita. Deus nos ordena trabalhar para o tempo e a eternidade, para que cresçamos segundo a semelhança divina.

Ellen G. White, Nos Lugares Celestiais, pág. 167.

Anúncios

Sobre Blog Sétimo Dia

“SOLO CHRISTO”, “SOLA GRATIA”, “SOLA FIDE”, “SOLA SCRIPTURA” (salvação somente em Cristo, somente devido à graça de Deus, somente pela instrumentalidade da fé, somente com base na Escritura)
Esse post foi publicado em Nos Lugares Celestiais e marcado . Guardar link permanente.

Uma resposta para Em harmonia com a mente divina

  1. Gilvan disse:

    Ellen G. White, Nos Lugares Celestiais, pág. 165.

Deixe seu comentário. Tudo o que pedimos é que se mantenha uma cultura de respeito. Isto significa não fazer ataques pessoais, não usar palavrões, e por favor manter o diálogo sobre o tema postado.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s