Revestido de humanidade

Por isso mesmo, convinha que, em todas as coisas, Se tornasse semelhante aos irmãos, para ser misericordioso e fiel Sumo Sacerdote nas coisas referentes a Deus e para fazer propiciação pelos pecados do povo. Heb. 2:17.

James Irwin, um dos tripulantes da espaçonave Apollo, encontrou-se extasiado e humilhado ante Deus ao andar na superfície lunar. Quase um ano depois de sua missão, ele se aposentou da Força Aérea e fundou a Christian High Fligh Foundation [Fundação Cristã do Vôo Alto], uma organização dedicada a partilhar as boas-novas de que “é mais importante que Deus ande na Terra do que o homem ande na lua.”

O Capitão Irwin está certo. A melhor notícia da História é que Jesus tornou-se homem, morreu em nosso favor e ressuscitou dos mortos. Desde que Jesus tornou-se um de nós, Ele nos entende. “Ao tomar a nossa natureza, o Salvador ligou-Se à humanidade por um laço que jamais se partirá.” – O Desejado de Todas as Nações, pág. 25.

“Foi Ele tentado em todas as coisas, à nossa semelhança, mas sem pecado.” Heb. 4:15.

Fiquei pensando como isso pode ser verdade. Será que Jesus entende o sentimento de uma mulher que se descobre traída pelo esposo? Ele nunca foi casado. Como pode entender o divórcio? Será que Jesus realmente entende o desejo de um viciado? Será que Ele entende a dor de um jovem casal que perdeu seu bebê logo após o parto? Eu sempre meditei nessas coisas até que descobri este princípio: é possível experimentar as mesmas emoções sem passar exatamente pelas mesmas experiências.

Jesus entende a rejeição e a traição porque foi rejeitado e traído. Ele entende a dor física porque sofreu intensamente na cruz. Entende nossos desejos porque jejuou durante 40 dias no deserto. Não podemos ter desejos mais intensos do que Jesus experimentou ali. Não existe dor emocional que seja superior à que Jesus provou.

Satanás tentou Jesus nas mesmas áreas da vida em que somos tentados – física, mental, emocional e espiritual – e com ferocidade muito maior. O inimigo não usa todo seu poder contra nós, mas ele o usou contra Jesus. Por isso, Jesus nos compreende. Levemos a Ele todas as nossas dificuldades e lutas espirituais. Ele entende. E liberta. Pode ter certeza disso.

Pr. Mark Finley – Sobre a Rocha.

Anúncios

Sobre Blog Sétimo Dia

“SOLO CHRISTO”, “SOLA GRATIA”, “SOLA FIDE”, “SOLA SCRIPTURA” (salvação somente em Cristo, somente devido à graça de Deus, somente pela instrumentalidade da fé, somente com base na Escritura)
Esse post foi publicado em Sobre a Rocha e marcado . Guardar link permanente.

Uma resposta para Revestido de humanidade

  1. Gilvan disse:

    O Irmão mais velho de nossa família acha-Se ao lado do trono eterno. Olha para toda pessoa que volve o rosto para Ele como o Salvador. Conhece por experiência as fraquezas da humanidade, nossas necessidades e onde está a força de nossas tentações; pois “como nós, em tudo foi tentado, mas sem pecado”. Heb. 4:15. Está vigiando por ti, tremente filho de Deus. Estás tentado? Ele te livrará. Estás fraco? Ele te fortalecerá. És ignorante? Ele te esclarecerá. Estás ferido? Ele te há de curar. O Senhor “conta o número das estrelas”, todavia “sara os quebrantados de coração, e liga-lhes as feridas”. Sal. 147:4 e 3. Ciencia do Bom Viver pág. 71.
    O Filho de Deus colocou-Se em lugar do pecador, e passou pelo terreno em que Satanás caiu, e suportou a tentação no deserto, a qual era cem vezes mais forte do que aquilo que já incidiu ou virá a incidir sobre o ser humano. Jesus resistiu às tentações de Satanás do mesmo modo que toda alma tentada pode resistir: chamando-lhe a atenção para o relato inspirado e dizendo: “Está escrito.” Mensagens Escolhidas vol Pág. 136.
    Cristo somente teve experiência de todas as tristezas e tentações que recaem sobre os seres humanos. Jamais outro nascido de mulher foi tão terrivelmente assediado pela tentação; jamais outro suportou fardo tão pesado dos pecados e das dores do mundo. Nunca houve outro cujas simpatias fossem tão amplas e ternas. Como participante em todas as experiências da humanidade, Ele poderia não somente condoer-Se dos que se acham sobrecarregados, tentados e em lutas, mas partilhar-lhes os sofrimentos. Educação pág. 78.
    Muitas foram as provações e tentações de Jesus. Satanás vivia em Seu encalço, procurando vencê-Lo. Se Jesus praticasse um único ato errado, ou se dissesse uma palavra impaciente, não poderia ter sido nosso Salvador, e então o mundo inteiro se perderia. Satanás sabia disso, e era por esse motivo que tentava tão tenazmente levar Jesus a pecar. Vida de Jesus pág. 38.

Deixe seu comentário. Tudo o que pedimos é que se mantenha uma cultura de respeito. Isto significa não fazer ataques pessoais, não usar palavrões, e por favor manter o diálogo sobre o tema postado.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s