Ramos frutíferos

Eu sou a videira verdadeira, e Meu Pai é o Lavrador. Toda vara em Mim que não dá fruto, a tira; e limpa toda aquela que dá fruto, para que dê mais fruto. João 15:1, 2.

O Salvador indica o sinal do discipulado: “Nisto é glorificado Meu Pai: que deis muito fruto; e assim sereis Meus discípulos.” João 15:8. Temos de, pela fé, apegar-nos a um Deus vivo, e manter uma vida que respire amor, ternura, bondade, compaixão e afeto. Esses traços de caráter são o fruto que o Senhor Jesus deseja que produzamos, e apresentemos perante o mundo, como testemunho de que temos um Salvador capaz de elevar e de satisfazer. Não temos como Salvador alguém que nos lance de contínuo uma sombra no caminho. Não precisamos estar em posição de perda, pois Ele é em tudo nossa suficiência.

O que necessitamos é da presença de Jesus Cristo. Carecemos de Sua verdade a brilhar-nos no coração, permeando todos os atos de nossa vida. Isso determina se somos ou não varas da videira verdadeira. Se somos varas frutíferas, podemos esperar que o Grande Lavrador nos pode, a fim de que demos mais fruto. Tudo quanto é inútil, tudo quanto nos prejudicaria o crescimento na vida cristã, precisa ser removido.

Ao chegar a expurgação, sentimos freqüentemente que o Senhor está contra nós. Em lugar disso, devemos olhar a nós mesmos e ver se não há alguma coisa que deixamos por fazer, ou que necessitemos extirpar de nossa vida, antes que nos seja possível estar para com Deus nas devidas relações.

Precisamos ser varas vivas da Videira verdadeira, apegando-nos diariamente a nosso Redentor, para que demos os frutos de um caráter cristão. … Quando estivermos dispostos a exercer abnegação e sacrifício, como Cristo praticou em Sua vida, produziremos fruto para glória de Deus.

É o deleite do Salvador ver Seus seguidores como colaboradores de Deus, recebendo abundantemente todos os meios para a produção de frutos, e dando fartamente, como obreiros sob Sua orientação. Cristo glorificou Seu Pai pelos frutos que produziu, e a vida de Seus verdadeiros seguidores dará os mesmos resultados. Recebendo e comunicando, Seus obreiros produzirão muito fruto.

Ellen G. White, Nossa Alta Vocação, pág. 139.

Anúncios

Sobre Blog Sétimo Dia

“SOLO CHRISTO”, “SOLA GRATIA”, “SOLA FIDE”, “SOLA SCRIPTURA” (salvação somente em Cristo, somente devido à graça de Deus, somente pela instrumentalidade da fé, somente com base na Escritura)
Esse post foi publicado em Nossa Alta Vocação e marcado . Guardar link permanente.

Deixe seu comentário. Tudo o que pedimos é que se mantenha uma cultura de respeito. Isto significa não fazer ataques pessoais, não usar palavrões, e por favor manter o diálogo sobre o tema postado.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s