Obra do coração

Eis que amas a verdade no íntimo, e no oculto me fazes conhecer a sabedoria. Salmos 51:6.

A verdade tem de tornar-se de fato verdade para o recebedor, para todos os efeitos. Tem de ser impressa no coração.

“Com o coração se crê para a justiça, e com a boca se faz confissão para a salvação.” Romanos 10:10. “Amarás ao Senhor, teu Deus, de todo o teu coração, e de toda a tua alma, e de todas as tuas forças, e de todo o teu entendimento.” Lucas 10:27. Esse é o serviço que Deus aceita. Coisa alguma menos do que isso é por Ele considerada como religião pura e incontaminada. O coração é a cidadela do ser, e até que esteja completamente do lado do Senhor, o inimigo alcançará constantes vitórias sobre nós, por suas tentações sutis.

Plena e abundante é a providência que foi tomada para que recebamos misericórdia, graça e paz. Por que, então, procedem os seres humanos como se entretivessem a idéia de ser a verdade um jugo de servidão? É porque o coração nunca provou e viu que o Senhor é bom.

O mundo está repleto de ensinos falsos, e se não examinarmos resolutamente as Escrituras por nós mesmos, aceitaremos os erros do mundo como se fossem verdade, adotaremos os seus costumes e enganaremos nosso coração. Suas doutrinas e costumes divergem da verdade de Deus.

É questão da mais alta importância e interesse para nós, que entendamos o que é a verdade, e devemos com intenso fervor suplicar que sejamos guiados em toda a verdade.

A verdade é sagrada, divina. É mais forte e mais poderosa do que qualquer outra coisa, para a formação do caráter segundo a semelhança de Cristo. Nela há plenitude de alegria. Quando é acariciada no coração, o amor de Cristo é preferido ao amor de qualquer ser humano. Isso é cristianismo. Isso é o amor de Deus na vida. Assim a pura, inadulterada verdade ocupa a cidadela do ser.

Quando a verdade, como é em Jesus, molda nosso caráter, ela será vista como sendo de fato verdade. À medida que é contemplada pelo crente, ela se irá tornando mais e mais brilhante, resplandecendo em sua formosura original. Aumentará seu valor, estimulando e vivificando a mente e subjugando a rudeza de caráter, egoísta e anti-cristã. Enobrecerá nossas aspirações, habilitando-nos a alcançar a perfeita norma de santidade.

Ellen G. White, Nos Lugares Celestiais, pág. 141.

Sobre Blog Sétimo Dia

“SOLO CHRISTO”, “SOLA GRATIA”, “SOLA FIDE”, “SOLA SCRIPTURA” (salvação somente em Cristo, somente devido à graça de Deus, somente pela instrumentalidade da fé, somente com base na Escritura)
Esse post foi publicado em Nos Lugares Celestiais e marcado . Guardar link permanente.

Deixe seu comentário. Tudo o que pedimos é que se mantenha uma cultura de respeito. Isto significa não fazer ataques pessoais, não usar palavrões, e por favor manter o diálogo sobre o tema postado.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s