Completa regra de viver

E abriu-se no Céu o templo de Deus, e a arca do Seu concerto foi vista no Seu templo. Apocalipse 11:19.

Nosso Redentor testifica: “Eis que diante de ti pus uma porta aberta, e ninguém a pode fechar.” Apocalipse 3:8. Mediante esta porta aberta para o templo de Deus, vemos a lei real, depositada dentro da arca do concerto. Por essa porta aberta, a luz resplandece daquela lei santa, justa e boa, apresentando ao homem a verdadeira norma da justiça, para que ele não cometa nenhum erro na formação de um caráter que satisfaça as reivindicações de Deus. O pecado é condenado por essa lei; precisamos afastá-lo. O orgulho e o egoísmo não podem encontrar lugar no caráter sem expulsar Aquele que era manso e humilde de coração.

A lei de Deus é a norma pela qual o caráter tem de ser provado; se erguermos uma norma que se adapte a nós mesmos, e tentarmos seguir um critério criado por nós mesmos, havemos de falhar completamente em obter por fim o Céu.

O espírito precisa render obediência à lei real da liberdade, a lei que o Espírito de Deus grava no coração, e torna clara ao entendimento. A expulsão do pecado deve ser um ato da própria alma, chamando ao exercício suas mais nobres faculdades. A única liberdade que uma vontade finita pode fruir, consiste em pôr-se em harmonia com a vontade de Deus, cumprindo as condições que tornam o homem participante da natureza divina.

A lei de Deus dada do Sinai é um transcrito da mente e da vontade do Infinito Deus. Ela é santamente reverenciada pelos anjos santos. A obediência a seus preceitos aperfeiçoará o caráter cristão, e restaurará o homem, por Cristo, a sua condição de antes da queda. Os pecados proibidos na lei nunca poderiam encontrar lugar no Céu.

Foi o amor de Deus pelo homem que O levou a exprimir Sua vontade nos dez preceitos do Decálogo. … Deus deu ao homem uma completa regra de vida em Sua lei. Obedecida, ele viverá por ela, pelo méritos de Cristo. Transgredida, tem poder para condenar. A lei dirige os homens a Cristo, e Cristo os encaminha de volta à lei.

Ellen G. White, Nossa Alta Vocação, pág. 133.

Sobre Blog Sétimo Dia

“SOLO CHRISTO”, “SOLA GRATIA”, “SOLA FIDE”, “SOLA SCRIPTURA” (salvação somente em Cristo, somente devido à graça de Deus, somente pela instrumentalidade da fé, somente com base na Escritura)
Esse post foi publicado em A Lei de Deus e Temas Relacionados, Nossa Alta Vocação e marcado , . Guardar link permanente.

Deixe seu comentário. Tudo o que pedimos é que se mantenha uma cultura de respeito. Isto significa não fazer ataques pessoais, não usar palavrões, e por favor manter o diálogo sobre o tema postado.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s