Mais de 1.200 pessoas esperam por um doador de medula óssea compatível. Seja esse doador.

Pedrinho é uma das crianças que espera por um doador compatível. Imagem: Blog Casa do Pedro

O Registro Brasileiro de Doadores Voluntários de Medula Óssea (REDOME) é o terceiro maior registro mundial de doadores do mundo, contando com mais de 2,7 milhões de cadastrados, segundo o Ministério da Saúde. Mesmo assim, se comparado com a população total do Brasil, que gira em torno de 190 milhões de habitantes, o número é pequeno e precisa crescer a fim de oferecer mais chances aos doentes. Recente medida tomada pelo Ministério da Saúde estabelece um número máximo de doadores a serem registrados por ano, apenas 267 mil. De acordo com o ministro Padilha, a medida foi tomada para ter mais qualidade de material e menos quantidade, o que reduzirá os custos pagos pelos procedimentos.

Em 2011, foram realizados um total de 1.732 transplantes – crescimento de 7,2% em relação a 2010. Hoje, há 1.205 pessoas aguardando pela identificação de um doador de medula óssea no país, onde as chances de encontrá-lo é de 1 em 100 mil.

Entre elas, um menino de um ano e dez meses chamado Pedrinho que foi diagnosticado com leucemia. A doença fez com que ele passasse por várias sessões de quimioterapia, uma situação que exige muito de uma criança. Os pais de Pedrinho, Júlia e Vando Ribeiro, realizam campanhas na internet que buscam sensibilizar as pessoas sobre a importância de serem doadores e ajudarem na cura de crianças e adultos com doenças hematológicas. Você pode conferir o trabalho desses pais no blog Casa do Pedro e também conhecer mais a fundo a história de Pedrinho e sua luta. Na descrição do blog, é possível entender a importância de ser um doador:

“Para o doador, a doação será apenas um incômodo passageiro. Para o doente, será a diferença entre a vida e a morte. A doação de medula óssea é um gesto de solidariedade e de amor ao próximo”.

Todos os doadores são cadastrados no REDOME. Para ser um doador, basta se registrar em qualquer hemocentro de sua cidade. Será necessário preencher uma ficha de identificação e fazer uma coleta de sangue simples para o teste de compatibilidade. Seus dados e sua tipagem sanguínea serão cadastrados no REDOME e quando aparecer um paciente com a medula compatível com a sua, você será consultado para decidir a doação. É importante manter os dados atualizados, como endereço, para facilitar a localização do voluntário na hora da doação. A saúde também precisa estar em dia para não comprometer o procedimento.

 Se você não sabe onde encontrar um hemocentro, o Disque Saúde pode te ajudar a encontrar o mais próximo, ligue 0800-611997. Não perca a oportunidade de salvar uma vida.

ENTENDENDO A MEDULA ÓSSEA

A medula óssea é um tecido gelatinoso que ocupa o interior dos ossos. Nela são produzidos os componentes do sangue: as hemácias (glóbulos vermelhos), os leucócitos (glóbulos brancos) e as plaquetas. Estes são responsáveis pela oxigenação das células, pelo sistema de defesa do corpo e parte do sistema de coagulação do sangue. Os transplantes de medula óssea ajudam a curar doenças que interferem na produção de qualquer um desses tipos de células, como leucemia, doença de Hodgkin e outros linfomas.

Tratamentos tradicionais, como quimioterapia e radioterapia, destroem não somente as células anormais, mas também as normais, dificultando as possibilidades de cura.

O transplante de medula óssea permite ao médico tratar pacientes com dose elevada de terapia, matando efetivamente todas as células na medula óssea, e então substituir a medula óssea danificada por uma sadia.

Confira a campanha do Ministério da Saúde que incentiva a doação de medula óssea. É esse tipo de diferença que você estará fazendo:

Anúncios

Sobre Blog Sétimo Dia

“SOLO CHRISTO”, “SOLA GRATIA”, “SOLA FIDE”, “SOLA SCRIPTURA” (salvação somente em Cristo, somente devido à graça de Deus, somente pela instrumentalidade da fé, somente com base na Escritura)
Esse post foi publicado em Ajuda Humanitária e marcado , , . Guardar link permanente.

Deixe seu comentário. Tudo o que pedimos é que se mantenha uma cultura de respeito. Isto significa não fazer ataques pessoais, não usar palavrões, e por favor manter o diálogo sobre o tema postado.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s