Obediência – Teste da religião verdadeira

Cada árvore se conhece pelo seu próprio fruto; pois não se colhem figos dos espinheiros, nem se vindimam uvas dos abrolhos. Lucas 6:44.

“Examinai-vos a vós mesmos se permaneceis na fé.” 2 Coríntios 13:5. Algumas pessoas conscienciosas, ao lerem isto, começam imediatamente a censurar cada um dos seus sentimentos e emoções. Mas não é este o correto exame de consciência. Não são os sentimentos e emoções triviais que devem ser examinados. A vida, o caráter, deve ser medido pelo único padrão de caráter, a santa lei de Deus. O fruto testifica da espécie da árvore. Nossas obras, e não nossos sentimentos, dão testemunho de nós.

Os sentimentos, quer animadores, quer desanimadores, não devem ser considerados teste da condição espiritual. Pela Palavra de Deus é que devemos determinar nossa verdadeira situação perante Ele. Muitos se acham confundidos neste ponto. Quando se sentem alegres e felizes, pensam que são aceitos por Deus. Quando sobrevém uma mudança, e se sentem deprimidos, pensam que Deus Se esqueceu deles. … Deus não deseja que passemos pela vida com desconfiança dEle. … Quando éramos ainda pecadores, Deus deu Seu Filho para morrer por nós. Podemos duvidar de Sua bondade?

Mas o fiel cumprimento do dever vai de mãos dadas com a devida estimativa do caráter de Deus. Há trabalho sério a fazer pelo Mestre. Cristo veio para pregar o evangelho aos pobres, e enviou Seus discípulos para fazer a mesma obra que Ele veio fazer. Assim envia Ele os Seus obreiros hoje. Molhos devem ser para Ele colhidos, dos caminhos e valados.

As tremendas decorrências da eternidade demandam de nós algo além de uma religião imaginária, religião de palavras e formas, onde a verdade é mantida no pátio externo, para ser admirada como admiramos uma linda, flor; demandam alguma coisa mais do que uma religião de sentimentos, que desconfia de Deus quando vêm provas e dificuldades. A santidade não consiste em profissão, mas em tomar a cruz e fazer a vontade de Deus. … “Aquele que diz: Eu conheço-O e não guarda os Seus mandamentos é mentiroso, e nEle não está a verdade. Mas qualquer que guarda a Sua palavra, o amor de Deus está nEle verdadeiramente aperfeiçoado.” 1 João 2:4, 5.

Ellen G. White, Nos Lugares Celestiais, pág. 132.

Sobre Blog Sétimo Dia

“SOLO CHRISTO”, “SOLA GRATIA”, “SOLA FIDE”, “SOLA SCRIPTURA” (salvação somente em Cristo, somente devido à graça de Deus, somente pela instrumentalidade da fé, somente com base na Escritura)
Esse post foi publicado em Nos Lugares Celestiais, Obediência e marcado , . Guardar link permanente.

Deixe seu comentário. Tudo o que pedimos é que se mantenha uma cultura de respeito. Isto significa não fazer ataques pessoais, não usar palavrões, e por favor manter o diálogo sobre o tema postado.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s