Sobrevivendo à depressão – 3

Não andeis ansiosos de coisa alguma; em tudo, porém, sejam conhecidas, diante de Deus, as vossas petições. Filip. 4:6.

Certo dia, Sandra foi ao escritório do pastor e contou uma história longa e dolorosa. Nada do que fazia agradava o esposo, Joe. Ela temia o momento em que ele voltava do trabalho. Era uma mulher atraente, brilhante, mas o sentimento de rejeição a transformara em uma esposa deprimida.

O pastor visitou o Joe, e ele ficou muito surpreso ao saber que estava contribuindo para a depressão da esposa. Não percebia que ela era capaz de ler sua atitude. Então, o pastor lhe sugeriu: “Joe, gostaria que você escolhesse dez virtudes de Sandra e agradecesse a Deus por elas. Faça isso duas vezes por dia: uma pela manhã, e outra à tarde, ao voltar do trabalho.”

Aquilo não parecia ser muito difícil, e sendo que seu casamento estava se deteriorando, Joe concordou. Começou a agradecer a Deus pelas virtudes da esposa, concentrando-se naquilo que o atraía. Em pouco tempo, Sandra começou a mudar, tornando-se mais alegre e afetiva. Joe continuava sendo agradecido, e Sandra desenvolvia auto-estima, saindo da depressão.

Nossas palavras têm um poder incrível. Note estas passagens do livro de Provérbios:

“A ansiedade no coração do homem o abate, mas a boa palavra o alegra.” Prov. 12:25. “O homem se alegra em dar resposta adequada, e a palavra dita a seu tempo quão boa é!” Prov. 15:23. “Como maçãs de ouro em salvas de prata, assim é a palavra dita a seu tempo.” Prov. 25:11.

O que dizemos pode erguer pessoas que se acham abatidas. Dê-lhes esperança. Diga-lhes o quanto significam para você. As palavras podem mudar o ambiente. Experimente e comprove.

Pr. Mark Finley – Sobre a Rocha.

Sobre Blog Sétimo Dia

“SOLO CHRISTO”, “SOLA GRATIA”, “SOLA FIDE”, “SOLA SCRIPTURA” (salvação somente em Cristo, somente devido à graça de Deus, somente pela instrumentalidade da fé, somente com base na Escritura)
Esse post foi publicado em Depressão, Sobre a Rocha e marcado , . Guardar link permanente.

Deixe seu comentário. Tudo o que pedimos é que se mantenha uma cultura de respeito. Isto significa não fazer ataques pessoais, não usar palavrões, e por favor manter o diálogo sobre o tema postado.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s