Sobrevivendo à depressão – 2

Todos Lhe davam testemunho, e se maravilhavam das palavras de graça que Lhe saíam dos lábios. Luc. 4:22.

Durante um período de depressão, o escritor William Styron encontrou ajuda em um amigo que ligava todos os dias para lhe perguntar como se sentia. “Uma vez que ele passara por isso poucos meses antes”, diz Styron, “o apoio dele teve um imenso valor. Era um modo de me dizer: ‘Olha, tudo vai ficar bem. Você vai se recuperar. Todos se recuperam’.”

Styron acredita que esse incentivo foi mais importante para ele do que qualquer intervenção médica; mesmo quando não conseguia crer naquelas palavras de ânimo. Porém, elas tocaram seu coração. Ao estarem em depressão, as pessoas não precisam ouvir palavras eruditas; mas expressões de consideração e carinho. Nossa presença faz toda a diferença.

Jesus foi um exemplo disso. Quando a mulher samaritana se aproximou do poço de Jacó, ao meio-dia, o Salvador sentiu que havia algo errado. Aquela era a hora mais quente do dia. O sol escaldante da Palestina é quase insuportável. Muitos procuram encontrar alívio descansando à sombra de suas casas. A hora normal para buscar água é de manhã bem cedo. Essa pobre mulher foi sozinha, para evitar a zombaria das outras mulheres da vila, que sabiam de seus casos amorosos. Chegou sem esperança, mas Jesus lhe falou palavras de ânimo. Ofereceu-lhe “água viva” para saciar sua alma.

Jesus é um incentivador. Ao ser questionado por um escriba, Ele respondeu: “Não estás longe do reino de Deus.” Mar. 12:34. Pense na alegria que deve ter inundado a alma desse homem. Para uma autodepreciativa mulher cananéia, Jesus respondeu: “grande é a tua fé!” Mat. 15:28.

Levante a cabeça. Deixe que a alegria encha o seu coração. Jesus sempre tem “palavras de graça” para você.

Pr. Mark Finley – Sobre a Rocha.

Sobre Blog Sétimo Dia

“SOLO CHRISTO”, “SOLA GRATIA”, “SOLA FIDE”, “SOLA SCRIPTURA” (salvação somente em Cristo, somente devido à graça de Deus, somente pela instrumentalidade da fé, somente com base na Escritura)
Esse post foi publicado em Depressão, Sobre a Rocha e marcado , . Guardar link permanente.

Deixe seu comentário. Tudo o que pedimos é que se mantenha uma cultura de respeito. Isto significa não fazer ataques pessoais, não usar palavrões, e por favor manter o diálogo sobre o tema postado.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s