Amor: Feito para vencer – Humildade

Este capítulo, de início, pareceu-me fácil de escrever. Logo percebi que não era assim. Como explicar a humildade, seu significado, sem distorcer o seu verdadeiro conceito? Fala-se tanto em humildade, mas utiliza-se conceito errado, que acaba por enganar as pessoas.

No mundo, ser grande é valorizar o ‘eu’. No Céu, ser grande é valorizar o outro, o semelhante. Aqui na Terra, ser humilde é ser inferior, menos capaz, inapto a galgar as alturas do poder e das riquezas. É estar subjugado a outrem mais poderoso sem reclamar nem buscar saídas.

Na Terra, os humildes são explorados e ridicularizados, progridem menos e não são bem vistos. Em muitos casos, são vistos como verdadeiros ‘capachos’ em que pisam os de ‘maior inteligência’. Aqui, ser humilde é ter inteligência inferior, ser um tanto incapaz.

Isso é assim para confundir. E as pessoas que acreditam que isso é o normal, realmente, em sendo humildes, tornam-se inferiores. Acham que essa é a única condição, como um único destino. Na realidade, no contexto bíblico não é nada disso.

No Reino de DEUS, a humildade é um atributo de nobreza e de grandeza. A humildade é imprescindível para que a lei do amor funcione. Sem humildade, o amor torna-se impraticável.

O amor é verdadeiramente um dos princípios da Lei de DEUS, o principal princípio, como já vimos. Revendo um pouco, pelo amor as pessoas são atraídas umas às outras, desejando permanecer ligadas entre si. Esse é o espírito da oração sacerdotal de JESUS expressa em S. João capítulo 17. JESUS disse: “Não rogo somente por estes (os discípulos), mas também por aqueles que vierem a crer em Mim, por intermédio da sua palavra; a fim de que todos sejam um; e como és Tu, ó Pai, em Mim e Eu em Ti, também sejam eles em Nós; para que o mundo creia que Tu Me enviaste. Eu lhes tenho transmitido a glória que Me tens dado, para que sejam um, como Nós o somos; Eu neles e Tu em Mim, a fim de que sejam aperfeiçoados na unidade, para que o mundo conheça que Tu Me enviaste, e os amaste como também amaste a Mim” (S. João 17:20 a 23 – grifo nosso).

Esse trecho da Palavra de DEUS revela muito mais que podemos, por hora, aprender. Fala da unidade no amor. De fato, só através do amor é possível obter unidade. Esta unidade se completa da seguinte maneira: os seres humanos unidos entre si e unidos com seu SENHOR JESUS, da mesma forma como o SENHOR JESUS está unido com DEUS, Seu Pai celeste. É essa união que cabe cultivar na família criada por DEUS, justamente para esse fim.

Essa união é a expressão do amor. Quando na Bíblia lemos Amar a DEUS sobre todas a coisas e ao próximo como a ti mesmo: esse é o resumo de toda a Lei (Romanos 13:8 a 10). Colocar isso em prática leva a união entre as pessoas. Para colocar em prática, é preciso, primeiro, amar a DEUS, amá-lO acima de todas as coisas. Fazendo isto, viveremos em paz entre nós e com DEUS. Do contrário, haverá desentendimento e estranho distanciamento entre os seres humanos. E a guerra torna-se um negócio lucrativo.

Mas por que, se tal conduta é tão boa, a grande maioria dos seres humanos não a segue? Por que preferem as pessoas viver conflituosamente? Falta-lhes o principal ingrediente para que o amor seja praticado: a humildade.

JESUS é humilde. DEUS é humilde. JESUS revelou como DEUS é, e Ele mesmo disse a seu respeito: “Aprendei de Mim que sou manso e humilde de coração” (S. Mateus 11:29). Disse também: “Quem vê a Mim, vê o Pai” (S. João 14:9). JESUS disse também: “Eu não procuro a minha própria glória, (…) Se Eu Me glorifico a Mim mesmo, a Minha glória não nada é; Quem Me glorifica é Meu Pai, O qual vós dizeis que é vosso DEUS” (S. João 9:50 e 54). Essa é a estratégia de vida que dá certo. Assim como devemos amar uns aos outros e servir uns aos outros, também devemos honrar uns aos outros, mas jamais nutrir demasiado interesse para conosco mesmos. O princípio de Lei de DEUS ensina que a vida somente se torna viável quando os seres vivos voltam-se em favor dos outros. Isso JESUS veio ensinar, essa é a essência da Lei.

JESUS veio à terra salvar a raça humana da morte eterna, embora se pregue abertamente que o ser humano não morre, mas reencarna – nesse caso, JESUS veio sem saber por que, estaria equivocado. No entanto, JESUS disse: “O Filho do Homem veio salvar o que se havia perdido” (S. Mateus 18:11).

Além de salvar, Ele veio também revelar a verdadeira natureza do caráter de DEUS. O Seu caráter é puro amor. DEUS ama a todas as criaturas, despreza o pecado, mas tem em alta estima o pecador. Na intenção de ajudar, espera até que este chegue ao ponto em que não há mais retorno. Até que não atenda mais a voz do Espírito Santo. Nesse caso, a pessoa “anda em trevas e não sabe para onde deva ir; porque as trevas lhe cegaram os olhos” (I S. João 2:11). É o homem que se desvia de DEUS, não este do homem. Só então, a luz que em ti há se tornou em trevas. DEUS não abandona a ninguém, mas é abandonado por muitos. Estes vivem como se não existisse DEUS. Assim sendo, nada mais justo serem excluídos do reino de DEUS e sofrerem morte eterna. Poderiam ter infinitas oportunidade, não se arrependeriam jamais… (ver Apocalipse 15:9, 11 e 21).

O que JESUS revelou foi um DEUS “compassivo, clemente e longânimo, e grande em misericórdia e fidelidade” (Êxodo 34:6). Isso também foi o que Moisés viu quando pediu para ver a glória de DEUS. A Sua glória é o Seu amor. O amor é luz, irradia luz em todos os lugares onde se manifestar.

Assim, podemos ter certeza de que, tal como JESUS foi humilde quando esteve aqui na Terra, continua sendo humilde onde hoje está e assim também DEUS é humilde. E quem deseja seguir JESUS, deve igualmente ser humilde!

Ser humilde é ver as coisas do ponto de vista do outro, ponderar sem pensamentos egoístas, não querer ser mais nem maior que nosso próximo. É querer o bem do nosso próximo, tratá-lo bem sem esperar retribuição. O ato de humildade não tem por objetivo a obtenção de elogios, mas dar glória a DEUS fazendo o que Ele faz. Ser humilde é ter ‘sinceridade de desígnio’, isto é, as intenções honestas, sem busca de vantagens próprias. Então “teu Pai que vê em segredo te recompensará publicamente” (S. Mateus 6:6).

A humildade desenvolve traços de caráter opostos ao egoísmo, à arrogância e ao orgulho, permitindo um divino toque no desenvolvimento das sagradas harmonias da alma, que levam à paz interior e à paz com nossos semelhantes. A humildade permite que o Espírito Santo nos ensine como viver em obediência aos mandamentos de DEUS. Aprenderemos o que é verdadeiramente importante, que perdura para toda a eternidade e que não cai em desuso com o passar do tempo. Tornar-nos-emos cada vez mais inteligentes no conhecimento do amor e seremos cada vez mais felizes. Mas sem humildade isso tudo, no máximo, pode ser apenas um sonho irreal ou um comportamento fanático, originado do próprio eu, sem poder para influenciar ninguém, e se revela um engano, um impulso passageiro.

Professor Sikberto Renaldo Marks, Mega Advento, Capítulo 11.

Sobre Blog Sétimo Dia

“SOLO CHRISTO”, “SOLA GRATIA”, “SOLA FIDE”, “SOLA SCRIPTURA” (salvação somente em Cristo, somente devido à graça de Deus, somente pela instrumentalidade da fé, somente com base na Escritura)
Esse post foi publicado em Humildade, Prof. Sikberto Renaldo Marks, Sermões e marcado , , . Guardar link permanente.

Uma resposta para Amor: Feito para vencer – Humildade

  1. molinary disse:

    A humildade de Deus só pode ser comparada com seu poder. Devemos desenvolver a humildade que Jesus nos ensinou, a verdadeira, somente assim agradaremos ao Pai.
    Qua a paz de Jesus esteja com todos.

Deixe seu comentário. Tudo o que pedimos é que se mantenha uma cultura de respeito. Isto significa não fazer ataques pessoais, não usar palavrões, e por favor manter o diálogo sobre o tema postado.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s