22 de Março: Dia Mundial da Água

A Assembléia Geral das Nações Unidas adotou a resolução A/RES/47/193, de 22 de fevereiro de 1993, através da qual 22 de março de cada ano, a partir de 1993, seria declarado o “Dia Mundial das Águas” (DMA).

A comemoração do Dia Mundial da Água, cujo tema deste ano “a água e a segurança alimentar”, traz um alerta, pois, segundo dados da ONU, prevê-se que, em 2050, dois bilhões de pessoas sofrerão com a escassez de recursos hídricos. Apenas três porcento de toda a água terrestre é própria para consumo.

Sem a água, nenhuma espécie vegetal ou animal, incluindo o homem, sobreviveria. Cerca de 70 porcento da alimentação e do corpo humano são constituídos por água.

Mais da metade de todas as espécies de animais e plantas do mundo é aquática. Os oceanos, os mares, as geleiras, as neves, os lagos e os rios cobrem aproximadamente dois terços da superfície da Terra.

Os cientistas calculam o seu volume total em 1,42 biliões de quilómetros, cuja maior parte (95,1 porcento) está composta pelas águas salgadas dos mares e oceanos.

Os 4,9 porcento restantes constituem-se de água doce, distribuída entre as geleiras polares, que ocupam 97 desse precioso volume, e a água na forma líquida, disponível para o uso, cujo volume é estimado em pouco mais de dois milhões de quilómetros.

Assim, 99,9 das águas do planeta são águas salgadas ou permanentemente congeladas.

Em mensagem por ocasião da data, o Secretário-Geral da ONU, Ban Ki-moon considera que a agricultura é de longe a maior usuária de água potável.

“Se não formos capazes de usar a água com sabedoria na agricultura, falharemos em acabar com a fome e vamos abrir a porta para uma série de outros males, incluindo a seca, a fome e a instabilidade política”, alerta o Secretário-Geral da ONU.

Segundo Ban Ki-moon, com cerca de um bilião de pessoas com fome e cerca de 800 milhões com falta de fornecimento seguro de água potável, há muito que se fazer para fortalecer os alicerces da estabilidade local, nacional e global.

O acesso à água potável ainda é um desafio diário para grande parte das populações do mundo.

Apesar das inúmeras fontes naturais de água no mundo – rios e lagos, em geleiras e aquíferos, chuva e neve – a quantidade de água que diferentes países conseguem extrair para fornecer a seus cidadãos varia bastante.

Um estudo da Organização das Nações Unidas para a Agricultura e a Alimentação (FAO) identificou países em que a demanda por água excede a oferta natural do recurso. Segundo a organização, os países onde isso acontece fazem maior pressão sobre as fontes de água doce.

No topo da lista dos que mais utilizam o recurso está a península árabe, onde a demanda por água doce excede em 500% a disponibilidade na região.

Isso significa custos adicionais para que a água seja trazida de fora – por caminhões pipa ou aquedutos, ou através da dessalinização.

Países como o Paquistão, o Uzbequistão e o Tadjiquistão também estão muito próximos de utilizar 100% de sua oferta de água doce, assim como o Irã, que usa 70% de seus recursos hídricos.

De acordo com os dados da FAO, o norte da África é outra área sob pressão, em que a Líbia e o Egito particularmente são afetados. A região possui somente metade da água doce que os países consomem.

Mas, a maior pressão sobre as fontes de água doce não está necessariamente nos lugares mais secos, mas nas regiões com o maior percentual da população global.

O sul da Ásia, por exemplo, consome quase 57% de sua água doce, mas abriga quase um terço da população mundial.

Situação que alterem a distribuição de água nessa região – causadas por mudanças climáticas, pelo aumento do número de terras irrigadas ou pelo aumento do uso geral de água, ameaçam a vida de bilhões.

No leste da Ásia o consumo proporcional é menor – os países da região usam em média apenas 20% das suas reservas hídricas. No entanto, um terço da população do mundo vive ali.

O Brasil consome 0,72% da sua água doce renovável ou 331,48 metros cúbicos por habitante a cada ano, segundo a FAO. No entanto, 0,4% são exclusivos para a agricultura.

O que cada um pode fazer para economizar água?

A lista a seguir foi feita por um grupo de especialistas. Todas as ações e opções estão ao seu alcance. Imagine só: uma torneira que pinga desperdiça quase 1.900 litros de água por mês, o suficiente para uns 100 banhos. Com esse dado assustador… por onde começamos a economizar água?

No jardim ou no quintal, economize água nas tarefar do dia a dia

 Tente lavar o carro com apenas um balde de água, pois assim são economizados mais de 300 litros de água a cada lavagem.

• O horário da rega influi na economia de água. No jardim e nos vasos de planta da janela ou da varanda, é melhor regar à tarde ou à noite, para evitar que a água evapore depressa demais por causa do calor.

• Em épocas de seca, não é necessário regar o gramado que amarelou, porque ele não está morto, apenas inativo. Quando as chuvas voltarem, a cor verde retornará.

• Quando aparar a grama, não a corte muito rente. A altura indicada é entre 5 cm e 8 cm. Assim, as raízes se mantêm saudáveis e a umidade fica retida. Não varra a grama cortada nem recolha as folhas secas. Elas ajudarão a conservar a umidade.

• Você está cultivando um jardim? No horto, quando for comprar plantas, prefira espécies nativas, que se adaptam melhor ao clima e, portanto, precisam de menos água.

• Ao usar aspersores, só os instale em lugares onde a água é necessária. Tome cuidado para a torrente de gotas não cair sobre pedras, por exemplo.

• Lave a calçada, o quintal e a garagem com escova ou vassoura e um balde de água. Não use mangueira.

• Consuma produtos que não promovam a derrubada indiscriminada de árvores e florestas, pois são elas que retêm e conservam a água de que necessitamos. Na hora das compras, procure indicações de empresas ecológicas.

• Vai lavar roupa? Junte o máximo de peças que puder. Só use a máquina com carga total, para não desperdiçar água. Além disso, há modelos que permitem usar menos água.

• Outro dado: Não use apenas a força da água para lavar, porque assim gastará mais água. É melhor fazer um pouco de esforço com escovas, esfregões e panos para eliminar a sujeira e poupar o líquido vital.

• O bom encanador (profissional ou não) é um dos melhores amigos da economia de água. Conserte imediatamente os vazamentos da casa. Além disso, avise à autoridade responsável qualquer vazamento na rua.

• Fechou bem as torneiras da casa? Tem certeza de que nenhuma está pingando?

• Abriu a torneira e vai esperar a água sair quente? Tenha sempre um balde por perto. Use-o para recolher a água fria que sai primeiro e depois aproveite-a para regar as plantas, lavar ou limpar.

• Quando se hospedar num hotel, veja se há a opção de não trocar os lençóis toda noite, exatamente para poupar água. Caso você se hospede num lugar que ainda não segue essa regra, sugira-a.

• Em algumas academias, são oferecidas duas toalhas para se usar durante os exercícios. É provável que você só precise de uma; mas, ao aceitar as duas, ambas terão de ser lavadas. O gasto de água vai dobrar, multiplicado por todos os clientes do estabelecimento!

Não poluir também é poupar

• Nunca jogue no vaso sanitário nem no esgoto gasolina, ácidos ou solventes. Tudo isso envenena a água e as espécies que nela vivem. (Lembre-se de que todos os rios vão dar no mar.)

• O papel higiênico nunca deve ser jogado no vaso sanitário. Ponha uma cestinha de lixo no banheiro. Além do incômodo que é um vaso entupido, o excesso de celulose na água mata os peixes.

• Biodegradável significa que o produto consegue decompor-se por ação biológica. Isso quer dizer que o tempo e as reações químicas dessa substância são favoráveis ao meio ambiente. Quem utiliza produtos biodegradáveis usa menos água para enxaguar. Além disso, esses produtos não contêm fosfatos, que são muito poluentes. Leia os rótulos e veja se os produtos que você compra são biodegradáveis. Ou compre-os em lojas de produtos naturais.

• Não compre produtos que contenham formaldeído e metanol. Eles são extremamente perigosos para a saú­de e prejudicam toda a cadeia de seres vivos.

• Não use fertilizantes químicos no gramado, pois a grama precisará de mais água se crescer demasiadamente. Além disso, esses produtos envenenam a terra e a água, e matam a flora e a fauna do lugar.

Pense nisso…

Derrame um litro de água num recipiente.

Com um conta-gotas, colha uma gota, abra a mão, pingue nela a gota e coloque-a ao lado do recipiente que contém o litro de água.

Essa gota preciosa e frágil retirada do litro de água equivale, em proporção à água do mundo, à totalidade de água doce disponível para uso humano.

LO QUE SE DICE DEL AGUA” [O QUE SE DIZ DA ÁGUA]

• Na cozinha…

Sabe quanta água desperdiça quem deixa a torneira aberta enquanto lava a louça?

• É possível gastar 120 litros de cada vez. O melhor é deixar a louça de molho antes, num balde ou bacia, e depois ensaboar e enxaguar na pia cheia de água limpa, sem abrir a torneira.

• Quando lavar as verduras, encha uma bacia larga e lave de uma vez só tudo o que será consumido.

• No Brasil, a média do consumo diário de água por pessoa, em 2004, era de 132 litros, segundo levantamento do Sistema Nacional de Informação sobre Saneamento (SNIS), do Ministério das Cidades. É possível reduzir esse número verificando o estado das torneiras e consertando qualquer vazamento.

• Vai cozinhar hortaliças? Use o mínimo de água possível. Assim, além de economizar, o sabor e o valor nutritivo dos alimentos são mantidos.

No banheiro, o máximo cuidado para não desperdiçar água

• Em todos os lares do mundo, o maior desperdiçador de água quase sempre é o vaso sanitário. Toda vez que se dá descarga, perdem-se quase 10 litros de água. Como podemos poupar? Uma das possibilidades é trocá-lo por outro de baixo consumo. (A descarga normal tem uma vazão de 16 litros, mas existem as de baixo consumo com vazão de seis litros.) Se essa substituição não for possível, ponha duas garrafas cheias de água dentro da caixa de descarga. Isso vai reduzir a quantidade de água usada (o consumo cairá uns quatro litros) e a eficiência não será afetada.

• Fique sempre atento ao estado das instalações da descarga do banheiro para evitar que haja vazamento no vaso sanitário. Um truque infalível é pingar algumas gotas de corante vegetal na caixa de descarga. Se a água do vaso ficar colorida, é sinal inequívoco de que há perda de água.

• Você desafina horrivelmente no chuveiro? Está perdoado, desde que feche a torneira enquanto se ensaboa.

• Ao escovar os dentes, use um copo de água: com metade do líquido, enxágue a boca; com o que sobrar, lave a escova. Assim, é possível economizar mais de 60 litros por dia.

• Não faça a barba durante o banho. Está provado que assim se gasta muito mais água do que quando se faz a barba fora do chuveiro.

• Nunca deixe a água correndo enquanto lava as mãos ou o rosto. Tampe o ralo e encha a pia só com a quantidade que vai usar. Se quiser água morna, não a deixe correndo até esquentar: tampe o ralo, guarde a água fria que saiu e, quando a água quente chegar, amornará a outra.

Dados curiosos que suscitam ainda mais respeito pela água

• Sem água, ninguém poderia comer, porque não poderíamos molhar os alimentos com saliva. Também não poderíamos respirar sem umidade nos pulmões. E o sangue não levaria nutrientes para onde são necessários no corpo.

• Nos Estados Unidos, no Canadá, na Austrália, na Nova Zelândia, no Japão e na Europa Ocidental, a água da torneira é potável.

• São necessários cerca de 23 litros de água para cultivar um pé de alface. Para se obter uma porção de filé bovino, são necessários mais de 9 mil litros.

• Produzir a edição de domingo de um jornal diário mediano exige cerca de 568 litros de água.

• Parece não haver relação, mas o que a água tem a ver com as bicicletas? São necessários 1.817 litros de água para produzir o aço usado em sua fabricação.

• Uma lâmpada fluorescente só contém 0,01% de seu peso em mercúrio, mas pode contaminar 30 mil litros de água.

• Para se cultivar uma tonelada de trigo, são necessárias mil toneladas de água.

• Para se obter um litro de gasolina a partir do petróleo, podem ser necessários até 10 litros de água.

• Cultivar a alimentação diária de um adulto médio exige 24 mil litros de água.

• Para se fabricar um jogo de pneus são usados 7.853 litros de água.

• Quando estamos de 4% a 3% desidratados, nosso desempenho físico cai 22%.

• Uma bétula (árvore de clima temperado) emite para a atmosfera 256 litros de água por evaporação.

• Uma perda de 3% a 5% de água do organismo causa dor de cabeça, náusea e enjoo.

• A perda de 7% pode causar alucinações e inconsciência.

Quanta água seria poupada ao se:

• Consertar os vazamentos – 9%

• Aumentar as tarifas – 10%

• Instalar aparelhos economizadores – 10%

• Adotar a reutilização – 25%

• Adotar medidas em casa – 50%

Angola Press / BBC / Seleções

Sobre Blog Sétimo Dia

“SOLO CHRISTO”, “SOLA GRATIA”, “SOLA FIDE”, “SOLA SCRIPTURA” (salvação somente em Cristo, somente devido à graça de Deus, somente pela instrumentalidade da fé, somente com base na Escritura)
Esse post foi publicado em Uncategorized e marcado . Guardar link permanente.

2 respostas para 22 de Março: Dia Mundial da Água

  1. Vver Thomys disse:

    22. de MARC,O dia Mundial da AGUA.

  2. W. Frank disse:

    Vocês já pensaram na possibilidade do nosso país, em um futuro talvez não muito distante, ser invadido para pilharem nossa água??? Talvez seja por isso que forças estrangeiras estejam tão interessadas na lei do desarmamento. Vocês lembam, no caso do Iraque, que o exército desse país não ofereceu resistência ao exército americano e aliados, que invadiram aquele país só para tomarem seu petróleo. Deixo claro que não estou defendendo a forma de governo nem a política iraquianas. O confronto só dura tanto tempo porque a população, independentemente da crença que professa, não aceita a invasão nem a pilhagem, que a propósito ocorreu de forma descarada. Uma vez desarmados é muito mais fácil nos invadir e tomar o que é nosso. Apesar de ser uma possibilidade, espero que Jesus volte antes.

Deixe seu comentário. Tudo o que pedimos é que se mantenha uma cultura de respeito. Isto significa não fazer ataques pessoais, não usar palavrões, e por favor manter o diálogo sobre o tema postado.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s