Saúde na Nova Terra

Se na Nova Terra “não haverá luto, nem pranto, nem dor” (Ap 21:4), por que então as folhas da árvore da vida serão “para a cura dos povos”? (Ap 22:2)

Apocalipse 21:1 a 22:5 fala da restauração de todas as coisas ao seu estado de perfeição original, quando a morte e a doença não mais existirão (Ap 21:4). Libertos do pecado e de suas conseqüências, os justos terão pleno acesso à árvore da vida, da qual nossos primeiros pais foram banidos em decorrência de sua transgressão (ver Gn 3:22-24).

Ao mencionar que as folhas dessa árvore serão “para a cura dos povos”, o texto não está falando da possibilidade de pessoas ainda ficarem doentes na Nova Terra e serem então curadas por essas folhas. A ênfase está no contraste entre a presente condição de alienação da árvore da vida, caracterizada por doença, sofrimento e morte, e o futuro estado de acesso a essa árvore, quando os remidos estarão completamente curados de todas as conseqüências do pecado. Portanto, as folhas da árvore da vida serão, de acordo com Jamieson, Fausset e Brown, “a preventiva fonte de saúde, que protegerá os remidos da doença, ao invés de curá-los dela”.

Texto de autoria do Dr. Alberto Timm, publicado na Revista Sinais dos Tempos, janeiro de 1998, p. 29.

Sobre Blog Sétimo Dia

“SOLO CHRISTO”, “SOLA GRATIA”, “SOLA FIDE”, “SOLA SCRIPTURA” (salvação somente em Cristo, somente devido à graça de Deus, somente pela instrumentalidade da fé, somente com base na Escritura)
Esse post foi publicado em Nova Terra, Perguntas e Respostas Bíblicas e marcado , , . Guardar link permanente.

2 respostas para Saúde na Nova Terra

  1. Gilvan disse:

    Restabelecidos à árvore da vida, no Éden há tanto tempo perdido, os remidos crescerão até à estatura completa da raça em sua glória primitiva. Os últimos traços da maldição do pecado serão removidos, e os fiéis de Cristo aparecerão “na beleza do Senhor nosso Deus”, refletindo no espírito, alma e corpo, a imagem perfeita de seu Senhor. (G.C, pág. 645)
    A obediência por meio de Jesus Cristo confere ao homem perfeição de caráter e o direito a essa árvore da vida. As condições para participar novamente do fruto da árvore são expostas claramente no testemunho de Jesus Cristo a João: “Bem-aventurados os que guardam os Seus mandamentos, para que tenham direito à árvore da vida, e possam entrar na cidade pelas portas”. SDA Bible Commentary, vol. 1, pág. 1.086.

  2. Ao serem os remidos transformados na volta do Senhor, ter-se-á cumprida a promessa expressa pelo profeta Miqueias (Mq. 4:8), de restauração do homem ao “primeiro domínio”, perdido por causa do pecado. E a clara afirmação das Escrituras é de que “não se levantará por duas vezes a angústia” (Na 1:9), ou seja, jamais o pecado voltará a existir, com toda a sua carga de infortúnios – entre estes as doenças – pelos intérminos séculos da eternidade. Nesse caso, em que pese a excelência do artigo, não me parece apropriada a mencionada declaração de Jamieson, Fausset e Brown, sobre o tema, de que sejam as folhas da árvore da vida “a preventiva fonte de saúde, que protegerá os remidos da doença, ao invés de curá-los dela”,
    como se servissem as folhas de alguma prevenção ou proteção às doenças. Parece-me mais adequado o entendimento de que o consumo das folhas da árvore da vida sejam mais comemorativa e memorial do que meramente protetora ou preventiva.

Deixe seu comentário. Tudo o que pedimos é que se mantenha uma cultura de respeito. Isto significa não fazer ataques pessoais, não usar palavrões, e por favor manter o diálogo sobre o tema postado.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s