Reflexões sobre o Mal da Inveja

Inveja: Desejo de possuir o que outro tem (acompanhado de ódio pelo possuidor). Desgosto pelo bem alheio. Sentimento de cobiça à vista da felicidade, da superioridade de outrem. Desejo de possuir ou gozar algum bem que outrem possui ou desfruta.

A inveja não é meramente uma perversidade do temperamento, mas uma indisposição que perturba todas as faculdades. Começou com Satanás. Ele desejou ser o primeiro no Céu e, como não alcançasse todo o poder e glória que buscava, rebelou-se contra o governo de Deus. Invejou nossos primeiros pais, tentando-os ao pecado, e assim os arruinou, e a todo o gênero humano.

O invejoso fecha os olhos às boas qualidades e nobre ações dos outros. Está sempre pronto a desprezar e representar falsamente aquilo que é excelente. Os homens muitas vezes confessam e abandonam outras faltas; do homem invejoso, porém, pouco se pode esperar. Visto como invejar a alguém é admitir que ele é superior, o orgulho não tolerará nenhuma concessão. Se for feita uma tentativa de convencer de seu pecado a pessoa invejosa, ela se torna ainda mais amarga contra o objeto de sua paixão, e muitas vezes permanece incurável. (A Ciência do Bom Viver, pág 86)

Afugentem do coração a inveja e o ciúme, e deixem que a paz de Cristo aí penetre de modo a unir os membros da igreja em verdadeira fraternidade cristã. Cerrem-se as janelas da alma contra o venenoso miasma da Terra, abrindo-as em direção ao Céu, para receber os benéficos raios do Sol da justiça de Cristo. (A Ciência do Bom Viver pág. 188).

“E isto digo, conhecendo o tempo, que já é hora de despertarmos do sono; porque a nossa salvação está agora mais perto de nós do que quando aceitamos a fé. A noite é passada e o dia é chegado. Rejeitemos pois as obras das trevas; e vistamo-nos das armas da luz. Andemos honestamente, como de dia, não em glutonarias, nem em bebedeiras, nem em desonestidades, nem em dissoluções, nem em contendas e inveja; mas revesti-vos do Senhor Jesus Cristo, e não tenhais cuidado da carne com suas concupiscências.” Rom. 13:11-14.

Todos os que crêem na verdade para este tempo devem deixar de lado suas divergências; deixai de lado a inveja, a maledicência e as ruins suspeitas. Uni-vos! Uni-vos! “Tendo purificado a vossa alma, pela vossa obediência à verdade, tendo em vista o amor fraternal não fingido, amai-vos de coração, uns aos outros ardentemente.” I Ped. 1:22.

“O fruto do Espírito é: amor, alegria, paz, longanimidade, benignidade, bondade, fidelidade, mansidão, domínio próprio. Contra estas coisas não há lei.” Gál. 5:22 e 23. “É em paz que se semeia o fruto da justiça, para os que promovem a paz.” Tia. 3:18.

Ciúme, inveja, orgulho e sentimentos descaridosos, justiça própria, irritar-se com facilidade, pensar o mal, aspereza, ser frio e indiferente – são estes os atributos de Satanás.

Acautelem-se todos de transtornar a fé dos outros lançando sementes de inveja, ciúme, desunião; pois Deus ouve as palavras, e Ele julga, não por asserções que são sim e não, mas pelo resultado do procedimento da pessoa. (Maranata, pág. 61).

Hoje deveis entregar-vos a Deus para que sejais esvaziados do próprio eu, esvaziados de inveja, ciúmes, ruins suspeitas, pelejas, tudo quanto seja desonroso para Ele. Hoje deveis ter purificado vosso vaso a fim de estar prontos para o orvalho celeste, prontos para os aguaceiros da chuva serôdia; pois a chuva serôdia virá, e a bênção de Deus encherá toda alma que estiver purificada de toda contaminação. É nossa obra hoje entregar nossa alma a Cristo, para estarmos preparados para o tempo de refrigério pela presença do Senhor – preparados para o batismo do Espírito Santo. (Review and Herald, 22 de março de 1892.)

Bem se pode perguntar com coração sincero, ansioso: “É a inveja nutrida, é permitido ao ciúme ter lugar em meu coração?” Se assim é, Cristo não tem lugar aí. “Amo eu a lei de Deus, está o amor de Jesus Cristo em meu coração?” Caso nos amemos uns aos outros como Cristo nos amou, então estamos nos aprontando para o bendito Céu de paz e descanso. Ali não haverá nenhuma luta para ser o primeiro, para ter a supremacia; todos amarão ao próximo como a si mesmos. (Mensagens Escolhidas, Vol 2, pág 382).

Se não deixastes de lado vossa inveja, vossos ciúmes, vosso rancor uns contra os outros, não podereis entrar no reino de Deus. Só levaríeis convosco a mesma disposição; mas não haverá nada dessa índole no mundo por vir. Ali não existirá outra coisa senão amor, e alegria, e harmonia. Alguns terão coroas mais brilhantes do que os outros, mas não haverá pensamentos invejosos em algum coração, entre os remidos. Cada um estará completamente satisfeito, pois todos serão recompensados segundo as suas obras. (Signs of the Times, 10 de fevereiro de 1888).

A Inveja Desperta o Ódio. Que mal indescritível tem feito em nosso mundo este mau traço de caráter!

Não é a oposição do mundo que mais perigo nos faz correr; é o mal acariciado no coração dos professos crentes, que nos inflige o mais grave dano e mais retarda o progresso da causa de Deus. Não há meio mais seguro de enfraquecer nossa espiritualidade do que a inveja e a suspeita mútuas, cheias de censuras e desconfianças. “Essa não é a sabedoria que vem do alto, mas é terrena, animal e diabólica. Porque onde há inveja e espírito faccioso aí há perturbação e toda a obra perversa. Mas a sabedoria que do alto vem é, primeiramente, pura, depois pacífica, moderada, tratável, cheia de misericórdia e de bons frutos, sem parcialidade e sem hipocrisia.” Tia. 3:15-17. (Testemunhos Selets, Vol 3, Pág 246).

About these ads

Sobre Blog Sétimo Dia

“SOLO CHRISTO”, “SOLA GRATIA”, “SOLA FIDE”, “SOLA SCRIPTURA” (salvação somente em Cristo, somente devido à graça de Deus, somente pela instrumentalidade da fé, somente com base na Escritura)
Esse post foi publicado em Inveja e marcado . Guardar link permanente.

Uma resposta para Reflexões sobre o Mal da Inveja

  1. Kayo disse:

    Ótimo texto,parabéns

Deixe seu comentário. Tudo o que pedimos é que se mantenha uma cultura de respeito. Isto significa não fazer ataques pessoais, não usar palavrões, e por favor manter o diálogo sobre o tema postado.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s