Viver por Jesus é Amar de Todo o Coração

“E um deles, que era mestre da Lei, querendo conseguir alguma prova contra Jesus, perguntou: – Mestre, qual é o mais importante de todos os mandamentos da Lei? Jesus respondeu: – Ame o Senhor, seu Deus, com todo o coração, com toda a alma e com toda a mente”. Mateus 22: 35 a 37.

Quando vejo o quanto algumas pessoas se dedicam às coisas do mundo e como nós cristãos damos tão pouco de nós mesmos às coisas de Deus, fico envergonhado. Parece que a maioria das pessoas está obedecendo a um mandamento distorcido que é amar o mundo de todo o coração, de toda alma e todo entendimento.

E depois, ficamos espantados quando constatamos que Deus não nos usa. O problema é que muitos cristãos estão esquecidos de um fato muito simples: Deus nos diz várias e várias vezes, que temos de segui-Lo de todo o coração. Nesse momento, você poderia afirmar que está servindo a Deus de todo o coração? Você está mesmo vivendo por Jesus cada dia de sua vida?

Buscando a Deus de coração.

“Vocês vão me procurar e me achar, pois vão me procurar com todo o coração” Jeremias 29:13.

Sabe, o que este texto está dizendo para mim?

“____________ (coloque seu nome), você nunca me buscou de todo o seu coração. E enquanto Eu não for tudo para você, nunca me conhecerá”.

Todos os mandamentos de Deus são muito simples, mas custam muito para nós. Observe que na resposta para o mestre da Lei, Jesus ordena que amemos a Deus de todo o coração. E depois acrescenta: de toda a alma, e de todo o entendimento.

Todos nós achamos que Deus realmente merece ser amado. Mas quando pensamos em amá-Lo “de todo o coração”, aí, então, as coisas ficam mais difíceis. Se tentar devotar a Deus 45% do seu coração, você não conseguirá conhecer 45% de Deus. Com menos da metade do coração não conheceremos nada de Deus. “Buscar-Me-eis, e Me achareis, quando Me buscardes de todo o coração”. Jeremias 29:13

Deus até me diz como fazer isso:

“O que vocês fizerem façam de todo o coração, como se estivessem servindo ao Senhor e não às pessoas” Colossenses 3:23.

Fazer uma coisa de todo o coração é fazer de toda vontade. Na Bíblia, a palavra coração tem o sentido de propósito, intenção, coragem, razão, emoção e vontade. Então, fazer uma coisa de todo o coração é tomar a resolução de aplicar-se totalmente naquilo, dando tudo que pudermos àquele empreendimento, sem vacilar.

Vejamos algumas coisas pelas quais as pessoas vivem (e até morrem):

Um jogador de futebol pega a bola e arranca para o gol com tudo o que tem, e se arrisca a levar trombadas e quebrar uma perna;

Um negociante vende sua bela casa e compra outra menor para investir aquele dinheiro em seus negócios;

Um astro de rock canta a plenos pulmões, forçando a garganta para emitir algumas notas, com suor escorrendo pelo rosto e pescoço.

Essas pessoas podem não estar buscando as melhores coisas, mas temos que admitir que elas estão fazendo isso de todo o coração.

Servindo a Deus pela metade.

O diabo não se preocupa muito com o fato de estarmos servindo a Deus, desde que não O sirvamos de todo o coração. Desobedecer não é apenas fazer o que é errado. Fazer o que é certo, mas da maneira errada, também é desobedecer.

Deus sempre abençoa as pessoas que são devotadas a Ele com inteireza de coração. As ordens de Deus são:

Buscar a Deus de todo o coração (Dt. 4:29; Jr. 29:13; I Cr. 22:19 ).

Obedecer a Ele de todo o coração (Dt. 26:16-19; I Reis 8:61)

Servi-Lo de todo o coração (Jos. 22:5; I Sam. 12:20; II Cr. 31:21).

Arrepender-se de todo o coração (I Sam. 7:3; Joel 2:12 ).

Regozijar-se de todo o coração (Sof. 3:14 )

Dar graças de todo o coração (Sl. 9:1; 86:12 )

Tudo o que fizermos devemos fazer de todo o coração para o Senhor.

Seria errado devotar-se de “quase todo o coração” a Deus? Vamos olhar os fatos dessa maneira: Imagine um casal assentado na varanda de sua casa. É fim de tarde. A primeira estrela começa a cintilar no horizonte. O marido toma a mão de sua esposa e diz com carinho: – Querida, eu amo você de quase todo o meu coração!

O que me diz? Penso que essa esposa não dormirá bem essa noite, pensando a quem pertence o restante dos sentimentos de seu marido. Pois ninguém aceita amor dividido.

Deus não está nos pedindo nada demais, quando nos pede que O amemos de todo o coração. Se Deus não merece todo o nosso coração, quem o merece? Se não vale a pena viver por Jesus de todo o coração, como é que vamos convencer outras pessoas a servi-Lo de todo o coração?

Se cremos que Jesus é o Senhor dos senhores, então temos de dedicar-Lhe todo o nosso coração, demonstrando que Ele é o que cremos ser: Deus. Mas se Ele é apenas um líder religioso que viveu em certa época da história, então, esqueçamos tudo isso. Nem precisamos nos preocupar se O servimos com metade do coração e de má vontade.

Quando Jesus veio à Terra e aqui viveu, Ele nos deu todo o Seu coração. Ele nunca Se queixou de nada, nem fez as coisas de má vontade, apesar de sempre sofrer desalento e desconforto; deixou que lhe cuspissem no rosto e O chicoteassem, e tudo isso por nós. Será que podemos dar-Lhe apenas a metade de nosso coração, e ainda conseguir olhá-Lo de frente, de consciência tranqüila?

Agora, não devemos colocar todo o nosso coração apenas nas coisas “espirituais”. Quem vive por Jesus, vive por Jesus em tudo o que faz. Temos que estar devotados a Ele de todo o coração também em nosso trabalho, no estudo da Bíblia, nas refeições, nas atividades recreativas. Tudo deve ser feito pelo cristão de todo o coração. E não somente estaremos agradando ao Senhor, como também estaremos fazendo tudo de uma forma melhor e passaremos a gostar mais do que estamos fazendo. Se não pudermos fazer determinada coisa de todo o coração, para o Senhor, então é melhor não fazê-la.

Correr com o coração.

“Vocês sabem que numa corrida, embora todos os corredores tomem parte, somente um ganha o prêmio. Portanto, corram de tal maneira que ganhem o prêmio” I Coríntios 9:24.

Todos nós temos que correr “de tal maneira” que possamos vencer a corrida. Que maneira é essa? De todo o coração.

Um aluno inteligente pode tirar notas altas mesmo sem estudar muito. Nesse caso, tirar notas altas não significa necessariamente que ele está agradando a Deus. Jesus afirmou que a viúva que deu de oferta apenas duas moedinhas, deu mais do que todos os outros, porque deu tudo que possuía (Marcos 12:41 a 44). Deus não está olhando para o nosso exterior; Ele olha diretamente para o nosso coração.

Corra de tal maneira que você possa vencer a corrida. Sirva a outros, trabalhe, ore, descanse, louve a Deus, fale dEle – de todo o coração. Aproveite bem todas as oportunidades, todos os recursos que Ele lhe concedeu.

AQUELE QUE PARTICIPA DA CORRIDA SEM COLOCAR NELA TODO O CORAÇÃO JÁ É UM PERDEDOR, seja qual for o lugar em que terminar a prova.

Deus está esperando que você entregue o resto de seu coração, aquela parte que você ainda conserva para si. Ou Ele é o Senhor de tudo que somos, ou não é nada.

Que Deus possa aplicar ao seu coração a mensagem de II Crônicas 16:9: “Deus está sempre vigiando tudo o que acontece no mundo a fim de dar forças a todos os que são fiéis a ele com todo o coração”.

Conclusão:

Um rapaz falou da entrega que fez de sua vida, nos seguintes termos:

Um dia Roberto estava andando pela vida e encontrou-se com alguém que lhe deu estudos bíblicos e o convenceu da doutrina. E, depois de estudos diligentes, decidiu que esta doutrina era certa e, decidiu entrar para a Igreja. E a maneira de entrar para a Igreja é através do batismo e, ele foi batizado. Quando foi batizado, foi como se Jesus chegasse para ele e dissesse: – Roberto, eu quero as chaves da sua vida.

Roberto olhou cada uma das chaves de sua vida. Ele apreciava cada uma delas. E ele queria entregar-se a Jesus. Mas havia uma chave que ele apreciava mais do que as outras. Assim, Roberto separou essa chave e entregou a Jesus o chaveiro de sua vida. A chave que apreciava, ele colocou no bolso da calça.

Roberto levava uma vida razoavelmente ativa na Igreja. Sua vida espiritual, contudo, era de vacilações. Freqüentemente Roberto lembrava-se da chave, quando esta lhe roçava a perna. Logo voltava à velha vida de dúvidas e derrotas. Suas fraquezas de antes do batismo ainda o afligiam e ele voltava a pecar. Pecados que o mundo talvez não considerasse pecados, mas que ele e Deus sabiam serem pecados.

Até que um dia Jesus veio ao encontro dele e olhando dentro de seus olhos, disse: – Filho, eu quero todas as chaves de sua vida. Ninguém dá nada a Deus, enquanto não dá tudo.

Só então, Roberto entregou-se ao Senhor de todo o coração, de toda a alma e de todo entendimento. E começou a descobrir como ter reais vitórias na vida cristã.

Hoje, você precisa entregar ao Senhor as chaves de sua vida. Você precisa orar: – Senhor, dou-Te minha casa. Dedico-Te meu carro. Apresento-Te minha carteira de dinheiro e minha conta bancária. Ponho em Tuas mãos a minha família, meus amigos, meu namorado(a). Dou-Te meu trabalho, cada coisa terrestre que possuo ou venha a possuir. Estou disposto a fazer o que Tu queres com elas. Unicamente orienta-me. E, Deus, dou-Te minhas faculdades minha mente, boca, ouvidos e olhos meu coração para ser inteiramente Teu. Amém.

Colocando em prática:

O seu amor por Deus é forte o suficiente para que você entregue a Ele tudo? Qual a chave da sua vida que ainda falta entregar?

Pr. José Raimundo Venefrides
Anúncios

Sobre Blog Sétimo Dia

“SOLO CHRISTO”, “SOLA GRATIA”, “SOLA FIDE”, “SOLA SCRIPTURA” (salvação somente em Cristo, somente devido à graça de Deus, somente pela instrumentalidade da fé, somente com base na Escritura)
Esse post foi publicado em Jesus Cristo, Pr. José Raimundo Venefrides, Sermões e marcado , , . Guardar link permanente.

Uma resposta para Viver por Jesus é Amar de Todo o Coração

  1. Carlos henrique disse:

    Otímo Sermão…
    Pude rever todos os meus conceitos e resolvi entregar-me realmente e por completo a esse Deus.

Deixe seu comentário. Tudo o que pedimos é que se mantenha uma cultura de respeito. Isto significa não fazer ataques pessoais, não usar palavrões, e por favor manter o diálogo sobre o tema postado.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s