Falsificações Mediúnicas

Dinheiro não dá em árvore, mas dá em certas máquinas impressoras. Porém, existe outra coisa a ser evitada e muito mais perigosa do que falsificar dinheiro. É falsificar pessoas, profetas, falsificar anjos e deuses. Falsificar a verdade é o mesmo que mentir.

Nuvens negras pairavam sobre Lhasa, a misteriosa cidade proibida do Tibete. O ano era 1855. O Dalai-Lama estava morto. Acreditava-se que um heremita mongol havia colocado veneno na taça de chá do líder, mas o heremita fugiu e alguém devia ser punido.

Tarde da noite no salão do templo em Potala, o palácio de mil cômodos do Dalai-Lama, realizou-se uma sessão mediúnica. O oráculo, o profeta do governo do Tibete, ia invocar os deuses para saber quem havia matado o seu supremo Lama. Tempu-Gergan, o abastado e respeitado ministro das finanças, estava nervoso ao lado do grupo. Ele tinha sido avisado naquela tarde que poderia ser apontado como o culpado. Ele sabia que não era improvável, pois ainda recentemente havia acusado o oráculo de não ser confiável. O oráculo iria perder essa oportunidade de vingança?

Estava tudo pronto. O oráculo sentou-se em seu trono usando as roupas cerimoniais. Em sua cabeça havia um elmo maciço de ouro e prata, com cinco crânios humanos encrustrados. O Sumo-Lama jogou incenso no rosto do vidente. Atrás dele, um coro de sacerdotes cantava de modo estranho. De frente para o oráculo, o buda vivo que entoava uma assustadora ladainha, convocava o espírito de três cabeças e seis braços para que se apossasse do vidente.

– Venha, oh poderoso Pehar, diga-nos quem matou o Dalai-Lama.

Tempu estava se sentindo sufocado. Ele queria gritar, mas seus olhos hipnotizados continuavam olhando o oráculo. A face do oráculo já havia sofrido uma aterradora mudança. Já não era mais o rosto de um sacerdote. Era a face enganosa de Pehar. O oráculo estava agora totalmente possuído pelo demônio.

Tempu permanecia impassível, mas suando. A terra parecia sumir debaixo dele enquanto olhava por detrás da pilastra.

– Eu vejo uma taça dourada com o demônio dançando sobre ela – murmurou o oráculo. – Há um estranho sacerdote oferecendo a taça ao Dalai-Lama. Ele está usando o chapéu pontiagudo e os trajes especiais.

Ele estava descrevendo o mongol, mas a voz do demônio prosseguiu:

– Eu vejo sacos de ouro e prata ao redor do santíssimo. Uma mão oferece a prata ao estranho sacerdote. A face, não consigo ver a face. Sim está surgindo.

Tempu sabia por instinto que seu nome seria mencionado. Ele saiu correndo porta afora e desceu o corredor de saída, parando por um instante em um pequeno cômodo. Ali, livrou-se de seus ricos brocados e disfarçou-se em camponês peregrino, mas já podia ouvir as vozes num crescendo: Tempu-Gergan é o homem, prendam-no. Ele quis sair correndo como louco, mas teria que parecer um pobre peregrino. Aquela escadaria não terminava nunca?

Finalmente viu-se fora do prédio e rumou para o muro da cidade. Aí ouviu um grito atrás de si.

– Bloqueiem a escadaria. Ninguém deve sair do palácio.

Ele acabara de escapar. Fugiu a tempo. Em silêncio, pulou o muro onde um criado fiel o aguardava com dois cavalos. Ele tinha escapado, mas nunca mais poderia ver Lhasa, a sua amada cidade. Um homem inocente iria passar o resto de seus dias no exílio. Tudo por causa de um sacerdote não confiável, ajudado por demônios mentirosos.

Você pode dizer: “Ora, eu jamais assistiria a uma sessão espírita, ou teria alguma coisa a ver com demônios, portanto estou a salvo.” Não tenha tanta certeza. Os ventos estão soprando do Oriente, com muita força. A fascinação do Ocidente pelo misticismo oriental não pode mais ser considerada um fato passageiro.

As tradições dos cultos orientais são filtradas através do secularismo ocidental para que pareçam menos perigosas, mas existem, estão aqui e vieram para ficar. Uma filosofia basicamente oculta, recém-rotulada e não reconhecida por muitos vem impregnando a nossa sociedade: a meditação transcendental tem sido ensinada em nossas escolas como ciência. Tornou-se popular falar sobre vidas passadas e carma. O culto oriental, como quase todas as falsas religiões, é um evangelho de salvação pelas obras. É o homem salvando-se a si mesmo.

A meditação oriental não é uma ciência, é uma religião. Apesar das afirmações feitas em contrário, é hinduísmo vedântico. Sua iniciação é uma cerimônia religiosa. Seus mantras estão relacionados a divindades hindus e seu objetivo é atingir o estado de realização do deus hindu, para reconhecer o nosso verdadeiro eu como divino.

A reencarnação com seu carma é uma cruel falsificação da cruz do Calvário. É o homem dizendo a Deus: “Não preciso de um Salvador. Pagarei pelos meus próprios pecados, mesmo que leve mil vidas para isso.” Você não ouve nisso o eco das palavras da serpente? “Certamente não morrereis.” e “sereis como Deus”?

“A Operação Engano” é muito bem disfarçada. O misticismo oriental é um enigma com demônios. Enigma com demônios? Sim. Deuteronômio 32:16 e 17 diz: “Com deuses estranhos o provocaram a zelos; com abominações o irritaram. Sacrifícios ofereceram aos diabos, não a Deus; aos deuses que não conheceram, novos deuses que vieram há pouco, dos quais não se estremeceram vossos pais.”

Já parou para pensar como é que pessoas, século após século, podem se curvar a deuses de madeira ou pedra, que não conseguem pensar? Você atribui isso ao atraso do Oriente? Não, nem tudo é atraso. O poder desses deuses orientais não está na madeira ou na pedra. Não está nos ídolos em si. Não é a sua figura o que inspira medo. São os demônios que neles habitam. Vejam o que o apóstolo Paulo diz em I Coríntios 10:19 e 20: “Mas que digo? Que o ídolo é alguma coisa? ou que o sacrificado ao ídolo é alguma coisa? Antes digo que as coisas que os gentios sacrificam, as sacrificam aos demônios, e não a Deus. E não quero que sejais participantes com os demônios.”

Podemos entrar na fogueira do Oriente e não sermos queimados? Podemos tomar para nós o que parece inofensivo, e fecharmos os olhos para o satanismo, o sacrifício humano, a possessão do demônio, e tudo o mais? Parece haver um desejo pela morte em ação no misticismo oriental. Existem deuses-demônios que ficam no portão da morte e orientam os adoradores a entrar. Como a serpente no Éden, eles fazem da morte a porta para o futuro, a porta para se tornar um deus.

Que farsa cruel! O anjo caído esgotou todos os seus recursos no Oriente? Não. Ele não está limitado a uma caixinha preta de ferramentas e uma ou duas sacolas. Ele tem um supermercado inteiro de ofertas místicas desconhecidas, sem rótulos, embrulhadas para presente, apenas aguardando os fregueses que pensam que estão a salvo porque nunca assistiram a uma sessão espírita! Você precisa ficar bem atento para evitar cair na teia que o inimigo está tecendo ao redor de todo este planeta!

Desde que o anjo caído passou a se aproximar da raça humana no Jardim do Éden, ele está engajado numa corrida desesperada pela mente de homens e mulheres. Ele não tem deixado nenhuma mente inexplorada ou não investigada. O rock and roll? Inofensivo, dirá você. Apenas barulhento. Mas Bob Larson, um amigo meu, ex-participante de grupo de rock e compositor, tem uma opinião diferente: ” A música rock é a agência que Satanás está usando para controlar esta geração. Eu já vi muitos jovens nos concertos de heavy metal entrar em estados alterados de consciência e se tornarem controlados por espíritos.”

Ele destaca que não existe diferença entre os movimentos repetitivos dos pajés, dançarinos das tribos e as danças dos adolescentes de hoje. Ambos têm o mesmo ritmo hipnótico, a mesma possessão do demônio. Bob Larson me disse:

– Uma das histórias mais estranhas que ouvi foi relatada por um grande amigo meu. Por várias semanas, ele se aconselhou com um garoto de 16 anos que dizia se comunicar com espíritos do mal. Um dia, o garoto pediu para meu amigo sintonizar o rádio numa emissora de rock. Enquanto eles ouviam, o adolescente foi citando a letra antes do cantor do disco revelá-la ao cantar a música, uma letra que ele nunca tinha ouvido antes. Quando perguntado como conseguiu fazer aquilo, o garoto de 16 anos respondeu que os espíritos que eram seus amigos tinham inspirado aquela canção. Ele também explicou que, quando usava drogas, podia ouvir esses espíritos cantarem algumas das muitas canções que mais tarde ele ouviria de grupos de metaleiros.

O que você acha disso? O anjo caído vende suas mercadorias por todos os lados, sob milhares de rótulos falsos. E se o que essas mercadorias são de fato, fosse exposto, ele criaria milhares de outras alternativas. Tenha uma coisa em mente: ele não seria tão bem-sucedido se não estivesse oferecendo o que esta geração quer.

Esta geração, por exemplo, não quer a responsabilidade que surge quando se crê em um Criador. Ela prefere encontrar sua origem em algum mar antigo, em algum acidente cósmico, ou nos astronautas de Von Daniken. Ora, Von Daniken pode não saber arrazoar de forma lógica ou consistente, mas ele sabe fundir os fatos para formar as suas teorias mutantes e sempre contraditórias. Ele sabe vender livros!

A verdade é que a sociedade liberal de hoje está aberta para qualquer alternativa ao relato da criação em Gênesis. Milhões preferem obter orientação nas estrelas, em lugar de orientar a vida através do único guia seguro: a Palavra de Deus. E Isto a despeito da total não confiabilidade dos horóscopos.

Um estatístico francês chamado Michel Gauquelin vem colocando a astrologia à prova por mais de 20 anos. Em uma ocasião, ele colocou um anúncio em um jornal oferecendo horóscopos personalizados grátis. Cento e cinqüenta pessoas responderam. Ele enviou um horóscopo idêntico para cada pessoa que o solicitou e perguntou se ele se encaixava em seu perfil. Noventa e quatro por cento afirmaram ter se reconhecido nele. Esse, porém, era o horóscopo do assassino Dr. Marcel Petiot!

Bem, o nosso Senhor não tem algo melhor para nós do que isso? Eu creio que sim. Eis o que Ele diz em Salmo 32:8 : “Instruir-te-ei, e ensinar-te-ei o caminho que deves seguir; guiar-te-ei com os Meus olhos.”

O que poderia ser melhor que isso? Não seremos guiados pelas estrelas, mas o nosso Senhor, Aquele que fez as estrelas, é Quem irá nos guiar. Mas veja agora o que Ele diz em Isaías 47:13 e 14: “Que os seus astrólogos se apresentem e a ajudem! Eles estudam o céu e ficam olhando para as estrelas a fim de dizerem, todos os meses, o que vai acontecer com você. Pois eles são como a palha; o fogo os destruirá, e eles não poderão se salvar.” (BLH).

A astrologia é coisa antiga. Nosso Senhor não quer que sejamos enganados. Ele não quer que sejamos iludidos pelo inimigo. Ele não quer que saiamos da trilha e nos percamos. É por isso que Ele proíbe expressamente que Seu povo se envolva com o oculto. Deuteronômio 18:10 a 12 é bem explícito: “Entre ti se não achará quem faça passar pelo fogo o seu filho ou a sua filha, nem advinhador (leitores de sorte), nem prognosticador (astrólogos), nem agoureiro, nem feiticeiro; nem encantador de encantamentos (hipnotistas), nem quem consulte um espírito adivinhante (médium que recebe um espírito ou um espírito guia), nem mágico, nem quem consulte os mortos: pois todo aquele que faz tal coisa é abominação ao senhor…”

Deus não quer que o Seu povo seja enganado e atraído para a rede do diabo! Entretanto, justamente as coisas que Deus tem proibido estão aumentando em popularidade a cada dia. O inimigo está determinado a destruir todos que puder. Ele destruiria toda a raça humana agora mesmo se Deus permitisse. Ele se delicia com a violência e a guerra. Ele adora ver multidões de pessoas varridas pela morte repentina sem chance de se arrepender. Para fazer toda esta destruição, ele usará todo mecanismo ou disfarce que puder, todo engano que puder, toda mentira que puder. Ele fica exultante quando homens e mulheres pensam que ele não existe, ou quando o imaginam como um monstro horrível com cascos e chifres, pois tais idéias os deixam completamente despreparados para encontrá-lo quando fingir ser um anjo de luz.

O ódio do anjo caído por Deus e especialmente por Jesus não conhece limites. Ele está determinado a falsificar tudo que seja verdade. Ele tem falsificado a vida futura e tem distorcido os fatos sobre a morte. Satanás é um grande personificador e tem milhões de ajudantes invisíveis.

Lembre-se que eles são os anjos caídos, com inteligência de anjos e poder sobrenatural intacto. Eles têm milhares de anos de experiência em trabalho de engano. Eles nos observam, sabem tudo sobre nós e iludem a muitos com informações desconhecidas aos seres humanos, mas familiares aos demônios. Eles personificam pessoas mortas, pessoas vivas e se fazem passar por seres de outros planetas. Ao final, vão tentar falsificar a segunda vinda do nosso Senhor e o próprio Satanás personificará a Jesus. É o que a Bíblia diz. E quase todos se curvarão a ele.

Você percebe o que se passa no mundo invisível? Nossa única segurança é nos agarrarmos firmes à palavra de Deus e deixar o Senhor Jesus nos conduzir através do final dos tempos tão minado pelo engano!

“Ao pé da cruz de Cristo, feliz desejo estar,
Repouso ter à sombra ali, e então a paz gozar;
Um lar feliz no ermo achar, e aqui na vida o amor;
Alívio à dor e graça há aos pés do meu Senhor.”

Pr. George Vandeman

Sobre Blog Sétimo Dia

“SOLO CHRISTO”, “SOLA GRATIA”, “SOLA FIDE”, “SOLA SCRIPTURA” (salvação somente em Cristo, somente devido à graça de Deus, somente pela instrumentalidade da fé, somente com base na Escritura)
Esse post foi publicado em Espiritismo, Nova Era e Temas Relacionados, Pr. George Vandeman, Sermões e marcado , , , . Guardar link permanente.

Uma resposta para Falsificações Mediúnicas

  1. Bernardethe Fontenele disse:

    MUITO BOM. GOSTARIA DE RECEBER INTERPRETAÇÕES DOS TEXTOS DO EVANGELHO SEGUNDO O ESPIRITISMO. SINTO MUITA DIFICULDADE PARA INTERPRETÁ-LOS. AGORA MESMO PRECISO DA INTERPRETAÇÃO DOS TEXTOS: MISSÃO DOS PROFETAS E PRODÍGIOS DOS FALSOS PROFETAS.

Deixe seu comentário. Tudo o que pedimos é que se mantenha uma cultura de respeito. Isto significa não fazer ataques pessoais, não usar palavrões, e por favor manter o diálogo sobre o tema postado.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s