O Elogio no Casamento

Um casal viajava de automóvel durante as férias. Numa tarde pararam junto a uma casa de campo ao ver um cartaz que anunciava a venda de suco de maçã. Um velho agricultor e sua esposa saudaram amavelmente os turistas.

Enquanto os viajantes bebiam o suco e conversavam, o velho agricultor mencionou que ele e a esposa estavam casados e felizes há quase 50 anos. Em seguida, acrescentou: “Creio que os melhores matrimônios são na realidade sociedades de admiração mútua. Não é bom esconder nossos sentimentos. Minha esposa gosta de um elogio de vez em quando, e eu também.”

Amigo, este pedaço de filosofia rural me faz lembrar uma definição de amizade, feita por um notável escritor: “Amizade é o jogo agradável do intercâmbio de louvores.” Contudo, quantas mulheres elogiam o marido após este ter manobrado habilmente o automóvel ao enfrentar uma situação difícil na estrada? E quantos maridos elogiam a esposa por ter lembrado de costurar o botão que havia caído da camisa?

Devemos lembrar que os elogios voam sobre as asas da divulgação de rumores tão rapidamente quanto os escândalos.

Quando se tem à disposição o elogio, este instrumento tão eficaz para enriquecer a estima própria do semelhante, é difícil entender porque são poucos os que se interessam em dominar a arte de louvar os outros. O elogio é uma prática que introduz calor humano e sentimentos agradáveis nas relações cotidianas, e transforma a correria do mundo em música. E em nenhum campo isto é mais certo do que no matrimônio. A mulher ou o marido que estão atentos para dizer uma frase alentadora no momento oportuno, consegue uma valiosa apólice de seguro para seu casamento.

Logicamente, devemos ter o cuidado na maneira de fazer esse elogio. Nunca devemos generalizar, já que isso enfraquece o pensamento positivo que você está tentando transmitir. Por isso, seja específico.

Não diga: “Que comida saborosa.” Ofereça à esposa um elogio referente a um prato em particular que foi delicioso. Não diga: “Você está muito bonita hoje.” Destaque um aspecto da aparência pessoal dela ou dele que realça sua beleza. Se sua esposa baixou de 90 quilos para 65 quilos, não procure lisonjeá-la dizendo: “Agora sim você tem uma outra aparência, querida! Você não está mais levando por toda parte esse peso extra”. É melhor abraçar a esposa pela cintura e dizer: “Você está encantadora, querida, agora que tem novamente essa silhueta elegante.”

Amigo, nenhum de nós quer enganar ou adular falsamente ou expressar em palavras emoções que não sentimos. Esta insinceridade é facilmente descoberta e não beneficia ninguém. Na realidade, é uma forma de mentira.

Mas, não esqueça que podemos estar também mentindo quando retemos expressões de afeto e admiração que um ser querido pode estar necessitando ouvir de forma, quem sabe, desesperada.

Também é importante o momento em que expressamos um elogio. Não espere muito para dizer a uma pessoa que pregou um bom sermão, que deu uma boa aula, que cortou bem o gramado, ou que teve um corte de cabelo atraente, ou preparou um bom jantar, ou lhe fez um favor. Mas não faça isso de imediato, quando a pessoa está esperando. Saiba aguardar. Depois, quando essa pessoa julgar que você se esqueceu, expresse palavras de louvor, elogio. Isso terá um efeito extraordinário!

Com muita freqüência ouvimos que o matrimônio é um desafio difícil e exigente. Talvez o complicamos demais. Em última instância, é uma relação na qual dois seres humanos tratam de se sentir plenamente realizados, e não pedem muito. Somente ocupar o primeiro lugar na vida afetiva do cônjuge, sentir-se necessário para o outro, e ocasionalmente ouvir uma sincera expressão de apreço.

Não é muito, mas é suficiente. Como dizem as Escrituras Sagradas: “Como maçãs de ouro em salvas de prata, assim é a palavra dita a seu tempo.”

Pr. Montano de Barros

Sobre Blog Sétimo Dia

“SOLO CHRISTO”, “SOLA GRATIA”, “SOLA FIDE”, “SOLA SCRIPTURA” (salvação somente em Cristo, somente devido à graça de Deus, somente pela instrumentalidade da fé, somente com base na Escritura)
Esse post foi publicado em Casamento e Temas Relacionados, Família, Pr. Montano de Barros, Sermões e marcado , , , , . Guardar link permanente.

2 respostas para O Elogio no Casamento

  1. Tamires Alves disse:

    “Como maçãs de ouro em salvas de prata, assim é a palavra dita a seu tempo.”
    Por favor, naum entendir este texto, me explique por favor.

  2. Olá Tamires,

    Uma palavra pronunciada de forma correta e acertada, com tato, tem uma beleza que se assemelha à de uma fruta de ouro com figuras ou “enfeites” de prata.

Deixe seu comentário. Tudo o que pedimos é que se mantenha uma cultura de respeito. Isto significa não fazer ataques pessoais, não usar palavrões, e por favor manter o diálogo sobre o tema postado.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s