Os adventistas ensinam que os observadores do domingo têm o sinal besta?

Os adventistas do sétimo dia não ensinam que os crentes que guardam o domingo têm o sinal da besta. O livro “Questões Sobre Doutrina”, que apresenta a posição oficial dos adventistas a respeito de suas doutrinas distintivas, assim se posiciona a respeito de nossa compreensão sobre o “sinal da besta”:

“Os adventistas do sétimo dia creem que as profecias de Daniel 7 e Apocalipse 13, relativas à besta, se referem particularmente ao papado [não aos irmãos católicos que nada têm a ver com isso!], e que as atividades e o futuro poder perseguidor serão postos em nítida evidência exatamente antes da volta do Senhor em glória. Compreendemos que o sábado, então [no futuro], se tornará uma prova mundial” (“Questões Sobre Doutrina” [Tatuí, SP: Casa Publicadora Brasileira, 2009], p. 158)

Apesar de tamanha clareza, muitos críticos alegam que “os adventistas ensinam que os observadores do domingo têm o sinal da besta”. O texto a seguir de Ellen White deixará ainda mais escancarado a mentira dos tendenciosos que escrevem sem ir às fontes primárias:

“Mas os cristãos das gerações passadas observaram o domingo, supondo que em assim fazendo estavam a guardar o sábado bíblico; e hoje existem verdadeiros cristãos em todas as igrejas, não excetuando a comunhão católica romana, que creem sinceramente ser o domingo o dia de repouso divinamente instituído. Deus aceita a sinceridade de propósito de tais pessoas e sua integridade” (O Grande Conflito, p. 449)

E ela continua, na mesma página:

“Quando, porém, a observância do domingo for imposta por lei [algo futuro], e o mundo for esclarecido [ninguém será pego de surpresa nesse ponto] relativamente à obrigação do verdadeiro sábado, quem então transgredir o mandamento de Deus para obedecer a um preceito que não tem maior autoridade que a de Roma, honrará desta maneira o papado mais do que a Deus. Prestará homenagem a Roma, e ao poder que impõe a instituição que Roma ordenou. Adorará a besta e a sua imagem”. (Confira também o que ela escreveu no livro “Evangelismo”, p. 234, 235).

Perceba que Ellen White diz que as pessoas receberão a marca da besta “quando a observância do domingo for imposta por lei” e “o mundo for esclarecido” sobre o verdadeiro dia de guarda. Ela não afirma em hipótese alguma que os cristãos hoje têm a marca da besta, mas sim que certos religiosos terão tal sinal depois que for dado o decreto dominical (conferir Apocalipse 13), que obrigará a todos a fazerem do domingo o dia de guarda no lugar do sábado da criação, memorial do Deus Criador e sinal da autoridade dEle (Ex 20:8-11; Ap 14:6,7).

Seria incoerente Ellen White acusar a todos os cristãos atuais de “seguidores da besta” sendo que ela mesma diz que eles estão “verdadeiros cristãos” e que estão “em todas as igrejas”! Avalie isso à luz da evidência.

De maneira clara Ellen White – e os adventistas informados – ensinam que a observância do domingo hoje ainda não é o sinal da besta.

GOSTO PESSOAL VERSUS HONESTIDADE INTELECTUAL

Que os críticos não gostem das mensagens de Ellen White é de se esperar. Porém, é lamentável a maneira tendenciosa com que muitos deles distorcem os escritos dela para colocarem em sua “caneta” aquilo que ela jamais escreveu.

Pelo menos por uma questão de cristianismo, honestidade acadêmica e salvação eterna (Ap 22:15), deveriam apresentar todo o posicionamento dela sobre o assunto, para que pessoas sinceras não desenvolvam um preconceito injustificável contra a mensagem adventista que é puramente cristã.

Graças a Deus por pessoas como o apologista Dr. Walter Martin, que depois de pesquisar pessoalmente sobre o adventismo, escreveu:

“É minha convicção que não se pode ser uma verdadeira Testemunha de Jeová, Mórmon, cientista cristão, etc., e ser um cristão no sentido bíblico do termo; mas é perfeitamente possível de ser um Adventista do Sétimo Dia e ser um verdadeiro seguidor de Jesus Cristo a despeito de certos conceitos heterodoxos…” (Walter Ralston Martin, “The Kingdom of the Cults” [Mineápolis, Minessota: Bethany House Publishers, 2003], p. 535)

Dr. Martin não chegou a essa conclusão por acaso. Ele leu o que a liderança da Igreja escreveu sobre a marca da besta no livro “Questions on Doctrine”, publicado na língua portuguesa (Questões Sobre Doutrina), na página 161 (versão em português):

“Temos a firme convicção de que milhões de cristãos piedosos de todas as crenças, através de todos os séculos do passado, bem como aqueles que atualmente confiam sinceramente no Salvador Jesus para se salvarem e que O seguem em conformidade com a luz que receberam, inquestionavelmente estão salvos”.

Espero de coração que os críticos sinceros se arrependam de acusarem os adventistas de “exclusivistas”, pois, oficialmente reconhecemos que muitos que guardaram (e guardam) o domingo (na sua sinceridade de coração, conforme a luz que receberam) serão salvos, sem necessariamente serem adventistas do sétimo dia. Claro: isso não é desculpa para continuar pecando, transgredindo ao quarto mandamento, depois de receber luz sobre o assunto (1Jo 2:4; Mt 7:21-23; Ap 14:12).

DICAS FINAIS

Caso tenha vindo a sua mente uma citação de Ellen White em que ela “afirma” que “santificar o sábado implica em salvação eterna”, clique aqui para compreender o texto em seu contexto. Vá direto à “fonte” e não perca o seu tempo em sites e livros de críticos que são “mestres” em descontextualizar os escritos adventistas.

Em momento oportuno irei expor a você um breve estudo exegético e histórico sobre Apocalipse 13. Enquanto procuro tempo para isso, você poderá:

a) Estudar o ótimo livro “Podría Ocurrir? Apocalipsis 13 a la luz de la historia y los sucesos actuales”, de Marvin Moore.

Pode ser adquirido com a Asociación Casa Editora Sudamericana (ACES, na Argentina) pelo site http://www.aces.com.ar (o valor está em Pesos, não em Reais)

b) Ler a Parte V do livro “Questões Sobre Doutrina” que responde “Perguntas Sobre o Sábado, o Domingo e o Sinal da Besta” (p. 138-168), especialmente a resposta à pergunta 18 (p. 157-159), que apresenta “O Conceito Histórico do Sinal da Besta”. Você verá que a interpretação adventista de Apocalipse 13 (a respeito do papado na profecia e não do sábado) é a mesma seguida pelo protestantismo no passado!

“Ora, estes de Beréia eram mais nobres que os de Tessalônica; pois receberam a palavra com toda a avidez, examinando as Escrituras todos os dias para ver se as coisas eram, de fato, assim.” (At 17:11).

Fonte: Na Mirada Verdade

Sobre Blog Sétimo Dia

“SOLO CHRISTO”, “SOLA GRATIA”, “SOLA FIDE”, “SOLA SCRIPTURA” (salvação somente em Cristo, somente devido à graça de Deus, somente pela instrumentalidade da fé, somente com base na Escritura)
Esse post foi publicado em 666, A Posição da Igreja Adventista e marcado , , . Guardar link permanente.

5 respostas para Os adventistas ensinam que os observadores do domingo têm o sinal besta?

  1. Robson Romero disse:

    Errado. Os ASD não tem o “Questões Sobre Doutrina” como uma posição oficial. Tb não pregam que o papado é a resposta para a profecia. Mas no tocante ao futuro, está certo, lembrando que hoje, diante de uma verdade sobre o sábado apresentada e rejeitada, mesmo sob a luz clara do Espírito Santo, a pessoa que (por tradição, a exemplo) rejeitou a luz, e prefere andar nas trevas, perder-se-á.

  2. rafael disse:

    santo é o Senhor e salvador Jesus,não foi ele próprio diz que ele é senhor do sábado? e como ele curou no sábado? então o sábado é mais importante que o próprio Cristo ? por favor me explica porque Jesus, falou em amar a Deus acima de todas as coisa e a amar o próximo como a si mesmo como MANDAMENTO, mas não falou nada sobre guardar o sábado?

  3. jrmao2010 disse:

    Olá Rafael, seus questionamentos encontram-se respondidos nesse blog em outros tópicos relativos a questões de lei e sábado. Mas de qualquer maneira irei trazer algumas coisas para auxiliá-lo. O texto está um pouco grande, mas creio ser necessário:

    Ao estudar a bíblia sagrada, notamos que o sábado do 7º dia, foi dado ao homem na semana da criação como memorial da criação e do Criador. (gêneses.2:2-3), ao final da criação, Deus descançou, abençoou e santificou o sábado. Leia:

    “E havendo Deus terminado no dia sétimo a sua obra, que fizera, descansou nesse dia de toda a obra que tinha feito. E abençoou Deus o sétimo dia e o santificou porque nele descançou de toda a obra que como Criador, fizera”

    É claro que Deus deve ser adorado todos os dias, mas há um dia que o próprio Deus separou dos demais para fins santos e este dia chama-se sábado. Nesse dia o foco principal não deve ser nossos trabalhos ou nossa faculdade mas sim as obras santas, ou seja, visitar doentes, dar estudos bíblicos, levar salvação e cura, assim como Jesus. Lembremos que muitos milagres que Cristo fez foram nos sábados! Como vc mesmo citou. Por que? porque é um dia santo e abençoado (Gêneses 2:2-3). Nada melhor que levar salvação e cura para as pessoas

    Ao permitir que os discípulos colhessem espigas no Sábado, ao curar as pessoas neste dia, Cristo não estava abolindo o mandamento. Ele estava ensinando-os a guardarem o sábado do modo correto, pois Cristo sempre andou de acordo com os mandamentos do Pai (João 15:10). O próprio Jesus disse que “é lícito fazer o bem aos sábados” (Mateus 12:12). O Sábado é um dia próprio para fazermos obras de caridade, auxiliar os enfermos, visitar orfanatos e asilos, dar estudos Bíblicos e ir a igreja também. Afinal o sábado é um dia abençoado e santificado por Deus (Gêneses 2:2-3),

    Quando Jesus comenta nos evangelhos, “Novo” mandamento vos dou, não quer dizer que é algo novo em si. A palavra grega usada é “KAINÓS” que significa “renovado”, vindo de algo anterior, que já existia…

    Isso fica claro ao lermos no antigo testamento as mesmas palavras de Jesus:

    Deuteronômio 6:5 “Amarás, pois, o SENHOR, teu Deus, de todo o teu coração, de toda a tua alma e de toda a tua força.”

    Leviticos 19:18: “…Mas amarás o teu próximo com a ti mesmo”

    Espero ter ajudado. Caso queira mais informações, irmão, pesquise nesse blog pois há muitos artigos relacionados a esse tema Lei x Sábado

    Abraço

  4. christian disse:

    sei que muitas pessoas que não sabem nada sobre o adventismo e ellen white adoram perverter nossa fé mais não perca seu tempo lendo esses livros e sites diabolicos dos apologecas..eles não sabem o que dizem meus irmãos fiquem firme na fé pois quem perseverar até o fim será salvo…

  5. Anilda A da Rocha disse:

    Estava vendo a dúvida do Rafael,eu também as tinha ,quando Cristo diz ser o Senhor do sábado, qaté que o próprio Jesus me deu entendimento, Jesus quis dizer eu sou o Senhor do sàbdo pois foi ele quem criou o sábado,ele sabe oque poderia ser feito ,ou não, no sábado,pois ele estava juntamente com o pai,na criação de todas as coisas Deus te abençõe Rafael e esclareça, todas as suas dúvidas,com Amor em Cristo

Deixe seu comentário. Tudo o que pedimos é que se mantenha uma cultura de respeito. Isto significa não fazer ataques pessoais, não usar palavrões, e por favor manter o diálogo sobre o tema postado.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s