De Volta para Deus !

Se você está lutando contra o uso de substâncias tóxicas – álcool, drogas – ou se sua vida está sendo dominada por um comportamento compulsivo – jogo, gasto excessivo, disfunção alimentar, transtornos compulsivos, uma dependência emocional ou sexual que prejudica etc. – você deve estar desesperado porque o problema foi além da sua capacidade de controlá-lo.

Muitas pessoas que já sentiram este mesmo desespero voltaram-se a Deus em busca de ajuda e encontraram liberdade, esperança e alegria em sua vida. Elas descobriram que, por maior que fosse a sua força de vontade, acreditar em suas próprias forças para resolver o problema não era a solução. Crer na existência de uma força superior à delas e voltar sua vida para essa força superior era o único caminho para começar uma longa caminhada para a total recuperação, um dia de cada vez.

Este livrete bíblico quer ajudar você a seguir por um caminho espiritual que leva a conhecer e confiar em Deus, convidando-o a entrar em sua vida, e a seguir adiante sob a direção e o cuidado do Pai. As quatro seções deste livreto destacam quatro fases importantes na sua caminhada em direção à realização espiritual e comunhão com Deus.

Separe um tempo para ler cada seção cuidadosamente; absorva sua mensagem e discuta o que você aprendeu com outras pessoas que estão buscando, com seriedade, recuperar-se dessa dolorosa dependência. Enquanto faz isso, busque orientação especial de pessoas nas quais sente que pode confiar e cuja caminhada espiritual com Deus você admira. Ore pedindo a deus ajuda para colocar essas lições em prática e confie que Deus pode fazer por você o que você mesmo não consegue.

Capítulo 1. Entregue-se a Deus

É uma experiência assustadora encontrar-se sem forças em relação a alguma coisa – ser incapaz de livrar-se da compulsão que o escraviza. Você tentou, inúmeras vezes, usar a sua própria força para superar o vício e a vergonha. No entanto, fazer o uso da simples força de vontade não lhe trouxe liberdade nem recuperação. Você deparou-se com o fato de que não pode conduzir sua vida, muito menos controlar seu comportamento dependente. Mas, acredite: o que você não pode fazer, Deus pode.

Se você se sente longe de Deus, deve estar se perguntando: “Quem é Deus, e por que eu deveria confiar nele?”

Deus é o criador poderoso que lhe deu a vida e conhece tudo a seu respeito. Ao mesmo tempo, Deus é paciente, preocupa-se com você e o ama exatamente como é. Ele criou todas as coisas e tem força e amor infinitos. Apesar de sua força e graça infindáveis, Deus não está longe. Ele busca um relacionamento pessoal com voc~e e alegra-se quando você o conhece.

Deus quer que você se recupere e lhe oferece a fé e a força necessárias para começar uma caminhada de confiança e certeza nEle por toda a vida. Quando orar a fim de aprender qual a vontade de Deus para a sua vida e começar a realizá-la, verá que ela irá melhorar em seus aspectos físicos, emocionais e espirituais.

Deus vê o seu sofrimento

Desde a criação da humanidade, as pessoas têm lutado contra as compulsões destrutivas. Milhares de anos atrás, um escritor do Antigo Testamento descreveu, provavelmente a partir de uma experiência pessoal, o que o fazia sentir como se estivesse nas garras de uma forte dependência. Talvez, você esteja com esse mesmo sentimento hoje.

“Quem é que grita de dor? Para quem são as tristezas? Quem é que vive brigando e se queixando? Quem é que tem os olhos vermelhos e ferimentos que podiam ter sido evitados? É aquele que bebe demais e anda procurando bebidas misturadas. Não fique olhando para o vinho que brilha no copo, com a sua cor vermelha, e desce suavemente. Pois no fim ele morde como uma cobra venenosa. Você verá coisas esquisitas e falará tolices. Você se sentirá como se estivesse no meio do mar, enjoado, balançando no alto do mastro de um navio. Então você dirá: “Alguém deve ter batido em mim; acho que levei uma surra, mas não lembro. Por que não consigo levantar? Preciso de mais um gole.” (Provérbios 23:29-35)

Deus ouvirá você

Muitas pessoas que sentiram esse mesmo desespero clamaram por Deus, e Ele respondeu, embora Sua resposta nem sempre tenha sido reconhecida e aceita. Acredite: você é precioso aos olhos do Pai. Saiba que Deus está esperando você clamar por Ele, e Ele lhe ouvirá.

“Eu amo a Deus, o SENHOR, porque ele me ouve; ele escuta as minhas orações. Ele me ouve sempre que eu clamo pedindo socorro. Os laços da morte estavam me apertando, os horrores da sepultura tomaram conta de mim, e eu fiquei aflito e apavorado. Então clamei ao SENHOR, pedindo: “Ó SENHOR Deus, eu te peço: Salva-me da morte!” O SENHOR é bondoso e fiel; o nosso Deus tem compaixão de nós. O SENHOR protege os que não podem se defender. Quando eu estava em perigo, ele me salvou. Meu ser inteiro, continue confiando em Deus, o SENHOR, pois ele tem sido bom para mim!” (Salmo 116:1-7)

Deus ajudará você

Quando clamar pelo Todo-Poderoso Ele virá ao seu socorro. Por mais perigosa que seja a situação em que você se encontra, Deus pode resgatá-lo, transformar sua vida e levá-lo à alegria e paz.

“Esperei com paciência pela ajuda de Deus, o SENHOR. Ele me escutou e ouviu o meu pedido de socorro.
Tirou-me de uma cova perigosa, de um poço de lama. Ele me pôs seguro em cima de uma rocha e firmou os meus passos.
Ele me ensinou a cantar uma nova canção, um hino de louvor ao nosso Deus. Quando virem isso, muitos temerão o SENHOR e nele porão a sua confiança.
Feliz aquele que confia em Deus, o SENHOR, que não vai atrás dos ídolos, nem se junta com os que adoram falsos deuses!
Ó SENHOR, nosso Deus, tu tens feito grandes coisas por nós. Não há ninguém igual a ti. Tu tens feito muitos planos maravilhosos para o nosso bem. Ainda que eu quisesse, não poderia falar de todos eles, pois são tantos, que não podem ser contados.

Ó SENHOR Deus, eu sei que nunca deixarás de ser bom para mim. O teu amor e a tua fidelidade sempre me guardarão seguro.
Estou rodeado por muitas dificuldades, tantas, que nem posso dizer quantas são. Fui apanhado pelos meus próprios pecados e quase não posso mais enxergar. Tenho mais pecados que cabelos na cabeça e por isso estou muito desanimado.
Ó SENHOR Deus, salva-me! Ajuda-me agora.
Que sejam completamente derrotados e humilhados aqueles que me querem matar! Que fujam, envergonhados, aqueles que se alegram com as minhas aflições!
Que caiam na desgraça e fiquem cheios de confusão aqueles que zombam de mim!
Que fiquem alegres e contentes todos os que te adoram! E que os que são gratos pela tua ajuda digam sempre: “Como o SENHOR é grande!”
Eu sou pobre e necessitado, mas tu, Senhor, cuidas de mim. Tu és a minha ajuda e o meu libertador; não te demores em me socorrer, ó meu Deus! (Salmo 40:1-5, 11-17)

Deus livrará você da culpa e do castigo

Não adie a busca pela ajuda de Deus por se achar indigno ou merecedor de castigo, ou por se culpar por sua doença. Na passagem bíblica na qual Jesus cura um homem cego de nascença, Jesus deixa claro que a doença não é um castigo por causa de nossas maldades, mas sim, um momento para o poder de Deus agir na vida do homem.

“Jesus ia caminhando quando viu um homem que tinha nascido cego.
Os seus discípulos perguntaram: – Mestre, por que este homem nasceu cego? Foi por causa dos pecados dele ou por causa dos pecados dos pais dele?
Jesus respondeu: – Ele é cego, sim, mas não por causa dos pecados dele nem por causa dos pecados dos pais dele. É cego para que o poder de Deus se mostre nele.
Precisamos trabalhar enquanto é dia, para fazer as obras daquele que me enviou. Pois está chegando a noite, quando ninguém pode trabalhar.
Enquanto estou no mundo, eu sou a luz do mundo.
Depois de dizer isso, Jesus cuspiu no chão, fez um pouco de lama com a saliva, passou a lama nos olhos do cego
e disse: – Vá lavar o rosto no tanque de Siloé. (Este nome quer dizer “Aquele que Foi Enviado”.) O cego foi, lavou o rosto e voltou vendo.
Os seus vizinhos e as pessoas que costumavam vê-lo pedindo esmola perguntavam: – Não é este o homem que ficava sentado pedindo esmola?
– É! – diziam alguns. – Não, não é. Mas é parecido com ele! – afirmavam outros. Porém ele dizia: – Sou eu mesmo.
– Como é que agora você pode ver? – perguntaram.
Ele respondeu: – O homem chamado Jesus fez um pouco de lama, passou a lama nos meus olhos e disse: “Vá ao tanque de Siloé e lave o rosto.” Então eu fui, lavei o rosto e fiquei vendo.” (João 9:1-11)

Deus ama você e lhe dá o perdão

Deus é amor e age em amor. Este salmo revela que Deus ama e perdoa. Assim, você aprende que Deus o aceitará por completo, se confiar nEle.

Ó SENHOR Deus, que todo o meu ser te louve! Que eu louve o Santo Deus com todas as minhas forças!
Que todo o meu ser louve o SENHOR, e que eu não esqueça nenhuma das suas bênçãos!
O SENHOR perdoa todos os meus pecados e cura todas as minhas doenças;
ele me salva da morte e me abençoa com amor e bondade.
Ele enche a minha vida com muitas coisas boas, e assim eu continuo jovem e forte como a águia.
O SENHOR Deus julga a favor dos oprimidos e garante os seus direitos.
Ele revelou os seus planos a Moisés e deixou que o povo de Israel visse os seus feitos poderosos.
O SENHOR é bondoso e misericordioso, não fica irado facilmente e é muito amoroso.
Ele não vive nos repreendendo, e a sua ira não dura para sempre.
O SENHOR não nos castiga como merecemos, nem nos paga de acordo com os nossos pecados e maldades.
Assim como é grande a distância entre o céu e a terra, assim é grande o seu amor por aqueles que o temem.
Quanto o Oriente está longe do Ocidente, assim ele afasta de nós os nossos pecados.
Como um pai trata com bondade os seus filhos, assim o SENHOR é bondoso para aqueles que o temem. (Salmo 103:1-13).

Na parábola do filho perdido, Jesus o ajuda a compreender que Deus está sempre esperando para dar as boas-vindas e perdoar os perdidos.

E Jesus disse ainda: – Um homem tinha dois filhos.
Certo dia o mais moço disse ao pai: “Pai, quero que o senhor me dê agora a minha parte da herança.” – E o pai repartiu os bens entre os dois.
Poucos dias depois, o filho mais moço ajuntou tudo o que era seu e partiu para um país que ficava muito longe. Ali viveu uma vida cheia de pecado e desperdiçou tudo o que tinha.
– O rapaz já havia gastado tudo, quando houve uma grande fome naquele país, e ele começou a passar necessidade.
Então procurou um dos moradores daquela terra e pediu ajuda. Este o mandou para a sua fazenda a fim de tratar dos porcos.
Ali, com fome, ele tinha vontade de comer o que os porcos comiam, mas ninguém lhe dava nada.
Caindo em si, ele pensou: “Quantos trabalhadores do meu pai têm comida de sobra, e eu estou aqui morrendo de fome!
Vou voltar para a casa do meu pai e dizer: ‘Pai, pequei contra Deus e contra o senhor
e não mereço mais ser chamado de seu filho. Me aceite como um dos seus trabalhadores.’
Então saiu dali e voltou para a casa do pai. – Quando o rapaz ainda estava longe de casa, o pai o avistou. E, com muita pena do filho, correu, e o abraçou, e beijou.
E o filho disse: “Pai, pequei contra Deus e contra o senhor e não mereço mais ser chamado de seu filho!”
– Mas o pai ordenou aos empregados: “Depressa! Tragam a melhor roupa e vistam nele. Ponham um anel no dedo dele e sandálias nos seus pés.
Também tragam e matem o bezerro gordo. Vamos começar a festejar
porque este meu filho estava morto e viveu de novo; estava perdido e foi achado.” – E começaram a festa.
– Enquanto isso, o filho mais velho estava no campo. Quando ele voltou e chegou perto da casa, ouviu a música e o barulho da dança.
Então chamou um empregado e perguntou: “O que é que está acontecendo?”
– O empregado respondeu: “O seu irmão voltou para casa vivo e com saúde. Por isso o seu pai mandou matar o bezerro gordo.”
– O filho mais velho ficou zangado e não quis entrar. Então o pai veio para fora e insistiu com ele para que entrasse.
Mas ele respondeu: “Faz tantos anos que trabalho como um escravo para o senhor e nunca desobedeci a uma ordem sua. Mesmo assim o senhor nunca me deu nem ao menos um cabrito para eu fazer uma festa com os meus amigos.
Porém esse seu filho desperdiçou tudo o que era do senhor, gastando dinheiro com prostitutas. E agora ele volta, e o senhor manda matar o bezerro gordo!”
– Então o pai respondeu: “Meu filho, você está sempre comigo, e tudo o que é meu é seu.
Mas era preciso fazer esta festa para mostrar a nossa alegria. Pois este seu irmão estava morto e viveu de novo; estava perdido e foi achado.” (Lucas 15:11-32)

Deus está sempre pronto a perdoar. Isto é enfatizado por uma das últimas coisas que Jesus fez antes de Sua morte: Ele perdoou um criminoso, na cruz.

“Um dos criminosos que estavam crucificados ali insultava Jesus, dizendo: – Você não é o Messias? Então salve a você mesmo e a nós também!
Porém o outro o repreendeu, dizendo: – Você não teme a Deus? Você está debaixo da mesma condenação que ele recebeu.
A nossa condenação é justa, e por isso estamos recebendo o castigo que nós merecemos por causa das coisas que fizemos; mas ele não fez nada de mau.
Então disse: – Jesus, lembre de mim quando o senhor vier como Rei!
Jesus respondeu: – Eu afirmo a você que isto é verdade: hoje você estará comigo no paraíso.” (Lucas 23:39-43)

Deus ajudará você a aumentar a sua fé

Você acha difícil acreditar em alguém? Alguma vez já se frustrou quando confiou em outras pessoas ou até mesmo em si próprio? Saiba que Deus é totalmente confiável, e a fé no pai é que torna possíveis todas as coisas. Faça uso da fé que tem, não importa o quão pequena você a considere.

“Os apóstolos pediram ao Senhor: – Aumente a nossa fé.
E ele respondeu: – Se a fé que vocês têm fosse do tamanho de uma semente de mostarda, vocês poderiam dizer a esta figueira brava: “Arranque-se pelas raízes e vá se plantar no mar!” E ela obedeceria.” (Lucas 17:5-6)

Deus responde à nossa fé com milagres

Repetidas vezes Deus tem mostrado as grandes coisas que a fé é capaz de fazer. Viva essa fé a cada dia e saiba que Deus fará com que aconteçam grandes coisas na sua vida.

“A fé é a certeza de que vamos receber as coisas que esperamos e a prova de que existem coisas que não podemos ver.
Foi pela fé que as pessoas do passado conseguiram a aprovação de Deus.
É pela fé que entendemos que o Universo foi criado pela palavra de Deus e que aquilo que pode ser visto foi feito daquilo que não se vê.

Foi pela fé que Abraão, ao ser chamado por Deus, obedeceu e saiu para uma terra que Deus lhe prometeu dar. Ele deixou o seu próprio país, sem saber para onde ia.
Pela fé ele morou como estrangeiro na terra que Deus lhe havia prometido. Viveu em barracas com Isaque e Jacó, que também receberam a mesma promessa de Deus.
Porque Abraão esperava a cidade que Deus planejou e construiu, a cidade que tem alicerces que não podem ser destruídos.
Foi pela fé que Abraão se tornou pai, embora fosse velho demais e a própria Sara não pudesse mais ter filhos. Ele creu que Deus ia cumprir a sua promessa.
Assim, de um só homem, que estava praticamente morto, nasceram tantos descendentes como as estrelas do céu, tão numerosos como os grãos de areia da praia do mar.
Todos esses morreram cheios de fé. Não receberam as coisas que Deus tinha prometido, mas as viram de longe e ficaram contentes por causa delas. E declararam que eram estrangeiros e refugiados, de passagem por este mundo.
E aqueles que dizem isso mostram bem claro que estão procurando uma pátria para si mesmos.
Não ficaram pensando em voltar para a terra de onde tinham saído. Se quisessem, teriam a oportunidade de voltar.
Mas, pelo contrário, estavam procurando uma pátria melhor, a pátria celestial. E Deus não se envergonha de ser chamado de o Deus deles, porque ele mesmo preparou uma cidade para eles.” (Hebreus 11:1-3, 8-16)

Deus transformará você

Entregar-se a Deus é um ato de fé. Se você está querendo assumir esse compromisso de confiar somente em Deus, começará a ver a sua vida mudar.

“Portanto, meus irmãos, por causa da grande misericórdia divina, peço que vocês se ofereçam completamente a Deus como um sacrifício vivo, dedicado ao seu serviço e agradável a ele. Esta é a verdadeira adoração que vocês devem oferecer a Deus.
Não vivam como vivem as pessoas deste mundo, mas deixem que Deus os transforme por meio de uma completa mudança da mente de vocês. Assim vocês conhecerão a vontade de Deus, isto é, aquilo que é bom, perfeito e agradável a ele.” (Romanos 12:1-2)

Deus lhe dará forças para começar uma nova vida

A força e o amor que são dons de Deus por meio de Jesus Cristo vão além de tudo o que você já viu. Eles o prepararão para todos os desafios que você enfrentará durante a recuperação.

“Por esse motivo, eu me ajoelho diante do Pai,
de quem todas as famílias no céu e na terra recebem o seu verdadeiro nome.
E peço a Deus que, da riqueza da sua glória, ele, por meio do seu Espírito, dê a vocês poder para que sejam espiritualmente fortes.
Peço também que, por meio da fé, Cristo viva no coração de vocês. E oro para que vocês tenham raízes e alicerces no amor,
para que assim, junto com todo o povo de Deus, vocês possam compreender o amor de Cristo em toda a sua largura, comprimento, altura e profundidade.
Sim, embora seja impossível conhecê-lo perfeitamente, peço que vocês venham a conhecê-lo, para que assim Deus encha completamente o ser de vocês com a sua natureza.
E agora, que a glória seja dada a Deus, o qual, por meio do seu poder que age em nós, pode fazer muito mais do que nós pedimos ou até pensamos!
Glória a Deus por meio da Igreja e por meio de Cristo Jesus, por todos os tempos e para todo o sempre! Amém!” (Efésios 3:14-21)

Capítulo 2. Ande com Deus

Uma vez que tenha voltado sua vida a Deus, seu caminho para a realização espiritual torna-se um caminhar diário com Ele. Esforçando-se cada dia para conhecer e fazer a  vontade de Deus, você será capaz de viver de acordo com os padrões e a conduta que o Pai deseja para você.

Andar com Deus enquanto pelos caminhos da vida requer atividade espiritual diária: auto-exame honesto, observação criteriosa a respeito de suas forças e fraquezas, reconhecimento perante Deus de suas más ações e medos mais profundos. Essa confissão o deixará livre de segredos e vergonhas que o deixaram isolado e sozinho.

Buscar o Senhor com humildade e de modo simples, por meio de orações diária o aproximará de Deus e aumentará o seu desejo de se afastar de todas as coisas que o estão destruindo.

Ao lado de Deus todas as coisas são possíveis. Com Deus você descobrirá uma nova direção e um novo significado em sua vida.

Esforce-se para obedecer às leis de Deus

Deus mostrou-nos como viver. Ele nos deu padrões para viver e demonstrou grande amor a nós. Os dez mandamentos foram dados aos israelitas a fim de ajudá-los a viver de forma pacífica uns com os outros como Deus queria. Ao longo dos séculos, os dez mandamentos tornaram-se padrão para a conduta moral e justiça, um critério segundo o qual todas as pessoas podem avaliar a sua conduta.

“Deus falou, e foi isto o que ele disse:
– Meu povo, eu, o SENHOR, sou o seu Deus. Eu o tirei do Egito, a terra onde você era escravo.
– Não adore outros deuses; adore somente a mim.
– Não faça imagens de nenhuma coisa que há lá em cima no céu, ou aqui embaixo na terra, ou nas águas debaixo da terra.
Não se ajoelhe diante de ídolos, nem os adore, pois eu, o SENHOR, sou o seu Deus e não tolero outros deuses. Eu castigo aqueles que me odeiam, até os seus bisnetos e trinetos.
Porém sou bondoso com aqueles que me amam e obedecem aos meus mandamentos e abençôo os seus descendentes por milhares de gerações.
– Não use o meu nome sem o respeito que ele merece; pois eu sou o SENHOR, o Deus de vocês, e castigo aqueles que desrespeitam o meu nome.
– Guarde o sábado, que é um dia santo. Faça todo o seu trabalho durante seis dias da semana; mas o sétimo dia da semana é o dia de descanso, dedicado a mim, o SENHOR, seu Deus. Não faça nenhum trabalho nesse dia, nem você, nem os seus filhos, nem as suas filhas, nem os seus escravos, nem as suas escravas, nem os seus animais, nem os estrangeiros que vivem na terra de vocês.
Em seis dias eu, o SENHOR, fiz o céu, a terra, o mar e tudo o que há neles, mas no sétimo dia descansei. Foi por isso que eu, o SENHOR, abençoei o sábado e o separei para ser um dia santo.
– Respeite o seu pai e a sua mãe, para que você viva muito tempo na terra que estou lhe dando.
– Não mate.
– Não cometa adultério.
– Não roube.
– Não dê testemunho falso contra ninguém.
– Não cobice a casa de outro homem. Não cobice a sua mulher, os seus escravos, o seu gado, os seus jumentos ou qualquer outra coisa que seja dele.” (Exodo 20:1-17)

Estabeleça as suas prioridades

Jesus define ainda mais claramente o que é mais importante. Sua ordem para amar estabelece um padrão para todos os relacionamentos com outras pessoas.

“Os fariseus se reuniram quando souberam que Jesus tinha feito os saduceus calarem a boca.
E um deles, que era mestre da Lei, querendo conseguir alguma prova contra Jesus, perguntou:
– Mestre, qual é o mais importante de todos os mandamentos da Lei?
Jesus respondeu: – “Ame o Senhor, seu Deus, com todo o coração, com toda a alma e com toda a mente.”
Este é o maior mandamento e o mais importante.
E o segundo mais importante é parecido com o primeiro: “Ame os outros como você ama a você mesmo.”
Toda a Lei de Moisés e os ensinamentos dos Profetas se baseiam nesses dois mandamentos.” (Mateus 22:34-40)

Descubra a alegria de ser honesto com Deus

Nada pode ser escondido de Deus. Deus o conhece e está pronto para perdoar os seus pecados se você estiver disposto a confessá-los. Buscando o perdão do Pai a cada dia, você recebe a oportunidade de um novo começo.

“Quem tenta esconder os seus pecados não terá sucesso na vida, mas Deus tem misericórdia de quem confessa os seus pecados e os abandona.” (Provérbios 28:13).

“Feliz aquele cujas maldades Deus perdoa e cujos pecados ele apaga!
Feliz aquele que o SENHOR Deus não acusa de fazer coisas más e que não age com falsidade!
Enquanto não confessei o meu pecado, eu me cansava, chorando o dia inteiro.
De dia e de noite, tu me castigaste, ó Deus, e as minhas forças se acabaram como o sereno que seca no calor do verão.
Então eu te confessei o meu pecado e não escondi a minha maldade. Resolvi confessar tudo a ti, e tu perdoaste todos os meus pecados.

O SENHOR Deus me disse: “Eu lhe ensinarei o caminho por onde você deve ir; eu vou guiá-lo e orientá-lo.
Não seja uma pessoa sem juízo como o cavalo ou a mula, que precisam ser guiados com cabresto e rédeas para que obedeçam.”
Os maus sofrem muito, mas os que confiam em Deus, o SENHOR, são protegidos pelo seu amor.
Todos vocês que são corretos, alegrem-se e fiquem contentes por causa daquilo que o SENHOR tem feito! Cantem de alegria, todos vocês que são obedientes a ele! (Salmo 32:1-5 , 8-11)

Supere os Obstáculos

Se você deseja se libertar, Deus pode remover as deficiências que obstruem o seu caminho para a recuperação. No entanto, você deve estar pronto para permitir que Deus retire essas deficiências.

“Assim nós temos essa grande multidão de testemunhas ao nosso redor. Portanto, deixemos de lado tudo o que nos atrapalha e o pecado que se agarra firmemente em nós e continuemos a correr, sem desanimar, a corrida marcada para nós.
Conservemos os nossos olhos fixos em Jesus, pois é por meio dele que a nossa fé começa, e é ele quem a aperfeiçoa. Ele não deixou que a cruz fizesse com que ele desistisse. Pelo contrário, por causa da alegria que lhe foi prometida, ele não se importou com a humilhação de morrer na cruz e agora está sentado do lado direito do trono de Deus.” (Hebreus 12:1-2)

Calcule o custo de colocar Deus em primeiro lugar

Olhe, de modo realista para o desafio que você enfrenta todos os dias. Seu bem-estar espiritual deve ser a coisa mais importante na sua vida. Entretanto, colocar Deus em primeiro lugar não é fácil. Isso significa abrir mão de coisas das quais você dependia e que pareciam muito confortáveis. Quando calcular esse custo, lembre-se que com Deus ao seu lado você pode superar as situações mais difíceis.

“Certa vez uma grande multidão estava acompanhando Jesus. Ele virou-se para eles e disse:
– Quem quiser me acompanhar não pode ser meu seguidor se não me amar mais do que ama o seu pai, a sua mãe, a sua esposa, os seus filhos, os seus irmãos, as suas irmãs e até a si mesmo.
Não pode ser meu seguidor quem não estiver pronto para morrer como eu vou morrer e me acompanhar.
Se um de vocês quer construir uma torre, primeiro senta e calcula quanto vai custar, para ver se o dinheiro dá.
Se não fizer isso, ele consegue colocar os alicerces, mas não pode terminar a construção. Aí todos os que virem o que aconteceu vão caçoar dele, dizendo:
“Este homem começou a construir, mas não pôde terminar!”
– Se um rei que tem dez mil soldados vai partir para combater outro que vem contra ele com vinte mil, ele senta primeiro e vê se está bastante forte para enfrentar o outro.
Se não fizer isso, acabará precisando mandar mensageiros ao outro rei, enquanto este ainda estiver longe, para combinar condições de paz. Jesus terminou, dizendo:
– Assim nenhum de vocês pode ser meu discípulo se não deixar tudo o que tem.” (Lucas 14:25-33)

Aprenda a falar com Deus

A oração é parte essencial do seu relacionamento com Deus. Volte-se a Deus em oração como Jesus ensinou.

“Pai nosso, que estás no céu, que todos reconheçam que o teu nome é santo.
Venha o teu Reino. Que a tua vontade seja feita aqui na terra como é feita no céu!
Dá-nos hoje o alimento que precisamos.
Perdoa as nossas ofensas como também nós perdoamos as pessoas que nos ofenderam.
E não deixes que sejamos tentados, mas livra-nos do mal. [Pois teu é o Reino, o poder e a glória, para sempre. Amém!]” (Mateus 6:9-13)

Descubra o poder da oração

Orar vai mantê-lo mais perto de Deus e lhe dará forças para perdoar os outros.

“Jesus respondeu: – Tenham fé em Deus.
Eu afirmo a vocês que isto é verdade: vocês poderão dizer a este monte: “Levante-se e jogue-se no mar.” Se não duvidarem no seu coração, mas crerem que vai acontecer o que disseram, então isso será feito.
Por isso eu afirmo a vocês: quando vocês orarem e pedirem alguma coisa, creiam que já a receberam, e assim tudo lhes será dado.
E, quando estiverem orando, perdoem os que os ofenderam, para que o Pai de vocês, que está no céu, perdoe as ofensas de vocês.” (Marcos 11:22-25).

Ore para fazer a vontade de Deus

Jesus sabia que podia falar honestamente com Deus sobre os seus medos. Mesmo assim, seu maior desejo foi fazer a vontade de seu Pai.

” Jesus saiu e foi, como de costume, ao monte das Oliveiras; e os seus discípulos foram com ele.
Quando chegou ao lugar escolhido, Jesus disse: – Orem pedindo que vocês não sejam tentados.
Então se afastou a uma distância de mais ou menos trinta metros. Ajoelhou-se e começou a orar,
dizendo: – Pai, se queres, afasta de mim este cálice de sofrimento! Porém que não seja feito o que eu quero, mas o que tu queres.
[Então um anjo do céu apareceu e o animava.
Cheio de uma grande aflição, Jesus orava com mais força ainda. O seu suor era como gotas de sangue caindo no chão.]
Depois de orar, ele se levantou, voltou para o lugar onde os discípulos estavam e os encontrou dormindo, pois a tristeza deles era muito grande.
E disse: – Por que vocês estão dormindo? Levantem-se e orem para que não sejam tentados.” (Lucas 22:39-46)

Aproxime-se de Deus com um espírito humilde

Recuperar-se das drogas e reconhecer suas próprias falhas é uma experiência de humilhação. A tarefa torna-se mais fácil ao saber que Deus se agrada quando você chega até ele com um coração humilde.

“Jesus também contou esta parábola para os que achavam que eram muito bons e desprezavam os outros:
– Dois homens foram ao Templo para orar. Um era fariseu, e o outro, cobrador de impostos.
O fariseu ficou de pé e orou sozinho, assim: “Ó Deus, eu te agradeço porque não sou avarento, nem desonesto, nem imoral como as outras pessoas. Agradeço-te também porque não sou como este cobrador de impostos.
Jejuo duas vezes por semana e te dou a décima parte de tudo o que ganho.”
– Mas o cobrador de impostos ficou de longe e nem levantava o rosto para o céu. Batia no peito e dizia: “Ó Deus, tem pena de mim, pois sou pecador!”
E Jesus terminou, dizendo: – Eu afirmo a vocês que foi este homem, e não o outro, que voltou para casa em paz com Deus. Porque quem se engrandece será humilhado, e quem se humilha será engrandecido.” (Lucas 18:9-14)

Saiba o que Deus quer de você

Seu relacionamento com Deus tem como base a sinceridade, confiança e humildade.

“O que tu queres é um coração sincero; enche o meu coração com a tua sabedoria.
Tira de mim o meu pecado, e ficarei limpo; lava-me, e ficarei mais branco do que a neve.
Faze-me ouvir outra vez os sons de alegria e de felicidade; e, ainda que tenhas me esmagado e quebrado, eu serei feliz de novo.
Não olhes para os meus pecados e apaga todas as minhas maldades.
Ó Deus, cria em mim um coração puro e dá-me uma vontade nova e firme!
Não me expulses da tua presença, nem tires de mim o teu santo Espírito.
Dá-me novamente a alegria da tua salvação e conserva em mim o desejo de ser obediente.
Então ensinarei aos desobedientes as tuas leis, e eles voltarão a ti.
Ó Deus, meu Salvador, livra-me da morte, e com alegria eu anunciarei a tua salvação!
Ó Senhor, põe as palavras certas na minha boca, e eu te louvarei!
Tu não queres que eu te ofereça sacrifícios; tu não gostas que animais sejam queimados como oferta a ti.
Ó Deus, o meu sacrifício é um espírito humilde; tu não rejeitarás um coração humilde e arrependido.” (Salmo 51:6-17)

Viva como Deus pede

Quando sua recuperação parecer difícil e complicada, reflita a respeito da simplicidade daquilo que Deus deseja de você.

“O que é que eu levarei quando for adorar o SENHOR? O que oferecerei ao Deus Altíssimo? Será que deverei apresentar a Deus bezerros de um ano para serem completamente queimados?
Será que o SENHOR ficará contente se eu oferecer milhares de carneiros ou milhares e milhares de rios de azeite? Será que deverei oferecer o meu filho mais velho como sacrifício para pagar os meus pecados e as minhas maldades?
O SENHOR já nos mostrou o que é bom, ele já disse o que exige de nós. O que ele quer é que façamos o que é direito, que amemos uns aos outros com dedicação e que vivamos em humilde obediência ao nosso Deus.” (Miquéias 6:6-8)

Capítulo 3. Cresça com Deus

Com Deus em sua vida, tudo irá bem em seu caminho para a recuperação. No entanto, lembre-se: a recuperação acontece dia após dia. Continue crescendo, monitorando sua condição espiritual a cada dia, observando as coisas boas que você faz, bem como as más. Pergunte a si mesmo como quer servir a Deus. Acabe com os desejos egoístas e ajude outras pessoas.

Mantenha um relacionamento vibrante e sólido com Deus. Estar unido a Deus por meio da oração e meditação intensificará esse relacionamento, ajudará a entender a vontade de Deus para a sua vida e lhe dará força para realizar o que for necessário.

Por fim, como resultado da sua recuperação, experimente a satisfação de transmitir a outros o conhecimento e a esperança que você recebeu de Deus. Por ter experimentado o milagre da nova vida, você pode oferecer força e esperança para aqueles que sofrem com a terrível dependência. Ao compartilhar a sua experiência, você poderá alegrar-se ao ver o milagre da renovação espiritual deles e, ao ajudá-los, fortalecerá a sua própria recuperação.

Deixe que o Espírito Santo dirija a sua vida

Na busca de direção para a sua vida, confie no Espírito Santo em vez de confiar em sua fraca natureza humana. Deixe o Espírito Santo agir em você, para que desta forma, o mundo seja beneficiado, através de você.

“Quero dizer a vocês o seguinte: deixem que o Espírito de Deus dirija a vida de vocês e não obedeçam aos desejos da natureza humana.
Porque o que a nossa natureza humana quer é contra o que o Espírito quer, e o que o Espírito quer é contra o que a natureza humana quer. Os dois são inimigos, e por isso vocês não podem fazer o que vocês querem.
Porém, se é o Espírito de Deus que guia vocês, então vocês não estão debaixo da lei.
As coisas que a natureza humana produz são bem conhecidas. Elas são: a imoralidade sexual, a impureza, as ações indecentes,
a adoração de ídolos, as feitiçarias, as inimizades, as brigas, as ciumeiras, os acessos de raiva, a ambição egoísta, a desunião, as divisões,
as invejas, as bebedeiras, as farras e outras coisas parecidas com essas. Repito o que já disse: os que fazem essas coisas não receberão o Reino de Deus.
Mas o Espírito de Deus produz o amor, a alegria, a paz, a paciência, a delicadeza, a bondade, a fidelidade,
a humildade e o domínio próprio. E contra essas coisas não existe lei.
As pessoas que pertencem a Cristo Jesus crucificaram a natureza humana delas, junto com todas as paixões e desejos dessa natureza.
Que o Espírito de Deus, que nos deu a vida, controle também a nossa vida!
Nós não devemos ser orgulhosos, nem provocar ninguém, nem ter inveja uns dos outros. (Gálatas 5:16-26)

Coloque a sua fé em prática

Permita que sua vida seja um exemplo de sua fé, sendo submisso à vontade de Deus e colocando-se a serviço de outros.

“Lembrem disto, meus queridos irmãos: cada um esteja pronto para ouvir, mas demore para falar e ficar com raiva.
Porque a raiva humana não produz o que Deus aprova.
Portanto, deixem todo costume imoral e toda má conduta. Aceitem com humildade a mensagem que Deus planta no coração de vocês, a qual pode salvá-los.
Não se enganem; não sejam apenas ouvintes dessa mensagem, mas a ponham em prática.
Porque aquele que ouve a mensagem e não a põe em prática é como uma pessoa que olha no espelho e vê como é.
Dá uma boa olhada, depois vai embora e logo esquece a sua aparência.
O evangelho é a lei perfeita que dá liberdade às pessoas. Se alguém examina bem essa lei e não a esquece, mas a põe em prática, Deus vai abençoar tudo o que essa pessoa fizer.
Alguém está pensando que é religioso? Se não souber controlar a língua, a sua religião não vale nada, e ele está enganando a si mesmo.
Para Deus, o Pai, a religião pura e verdadeira é esta: ajudar os órfãos e as viúvas nas suas aflições e não se manchar com as coisas más deste mundo.” (Tiago 1:19-27)

Ame a Deus acima de todas as coisas

À medida que você continua crescendo espiritualmente, perceberá que está menos determinado a seguir seus próprios caminhos e está menos ressentido com as outras pessoas. Busque uma vida na qual aquilo que você faz reflete aquilo que você acredita.

“Meus queridos amigos, este mandamento que estou dando a vocês não é novo. É o mandamento antigo, aquele que vocês receberam lá no começo. O mandamento antigo é a mensagem que vocês já ouviram.
Porém o mandamento que eu estou dando a vocês é novo porque a sua verdade é vista em Cristo e também em vocês. Pois a escuridão está passando, e já está brilhando a verdadeira luz.
uem diz que vive na luz e odeia o seu irmão está na escuridão até agora.
Quem ama o seu irmão vive na luz, e não há nessa pessoa nada que leve alguém a pecar.
Mas quem odeia o seu irmão está na escuridão, anda nela e não sabe para onde está indo, porque a escuridão não deixa que essa pessoa enxergue.

Não amem o mundo, nem as coisas que há nele. Se vocês amam o mundo, não amam a Deus, o Pai.
Nada que é deste mundo vem do Pai. Os maus desejos da natureza humana, a vontade de ter o que agrada aos olhos e o orgulho pelas coisas da vida, tudo isso não vem do Pai, mas do mundo.
E o mundo passa, com tudo aquilo que as pessoas cobiçam; porém aquele que faz a vontade de Deus vive para sempre.” (1 João 2:7-11, 15-17)

Anseie por um novo padrão

Enquanto aprende a relacionar-se com as pessoas ao seu redor, esforce-se para tratar a todos bem e colocar em prática o padrão de justiça que Deus deseja.

“- Vocês ouviram o que foi dito: “Olho por olho, dente por dente.”
Mas eu lhes digo: não se vinguem dos que fazem mal a vocês. Se alguém lhe der um tapa na cara, vire o outro lado para ele bater também.
Se alguém processar você para tomar a sua túnica, deixe que leve também a capa.
Se um dos soldados estrangeiros forçá-lo a carregar uma carga um quilômetro, carregue-a dois quilômetros.
Se alguém lhe pedir alguma coisa, dê; e, se alguém lhe pedir emprestado, empreste.” (Mateus 5:38-42)

Procure maneiras possíveis de ajudar outras pessoas

Semeie boas ações e atitudes amáveis ao longo do caminho, e você terá uma colheita farta.

“Meus irmãos, se alguém for apanhado em alguma falta, vocês que são espirituais devem ajudar essa pessoa a se corrigir. Mas façam isso com humildade e tenham cuidado para que vocês não sejam tentados também.
Ajudem uns aos outros e assim vocês estarão obedecendo à lei de Cristo.
A pessoa que pensa que é importante, quando, de fato, não é, está enganando a si mesma.
Que cada pessoa examine o seu próprio modo de agir! Se ele for bom, então a pessoa pode se orgulhar do que fez, sem precisar comparar o seu modo de agir com o dos outros.
Porque cada pessoa deve carregar a sua própria carga.
A pessoa que está aprendendo o evangelho de Cristo deve repartir todas as suas coisas boas com quem a estiver ensinando.
Não se enganem: ninguém zomba de Deus. O que uma pessoa plantar, é isso mesmo que colherá.
Se plantar no terreno da sua natureza humana, desse terreno colherá a morte. Porém, se plantar no terreno do Espírito de Deus, desse terreno colherá a vida eterna.
Não nos cansemos de fazer o bem. Pois, se não desanimarmos, chegará o tempo certo em que faremos a colheita.
Portanto, sempre que pudermos, devemos fazer o bem a todos, especialmente aos que fazem parte da nossa família na fé.” (Gálatas 6:1-10)

Cuide para não machucar os outros

Trate as outras pessoas com atenção e bondade.

“Por isso não mintam mais. Que cada um diga a verdade para o seu irmão na fé, pois todos nós somos membros do corpo de Cristo!
Se vocês ficarem com raiva, não deixem que isso faça com que pequem e não fiquem o dia inteiro com raiva.
Não dêem ao Diabo oportunidade para tentar vocês.
Quem roubava que não roube mais, porém comece a trabalhar a fim de viver honestamente e poder ajudar os pobres.
Não digam palavras que fazem mal aos outros, mas usem apenas palavras boas, que ajudam os outros a crescer na fé e a conseguir o que necessitam, para que as coisas que vocês dizem façam bem aos que ouvem.
E não façam com que o Espírito Santo de Deus fique triste. Pois o Espírito é a marca de propriedade de Deus colocada em vocês, a qual é a garantia de que chegará o dia em que Deus os libertará.
Abandonem toda amargura, todo ódio e toda raiva. Nada de gritarias, insultos e maldades!
Pelo contrário, sejam bons e atenciosos uns para com os outros. E perdoem uns aos outros, assim como Deus, por meio de Cristo, perdoou vocês. (Efésios 4:25-32)

Evite julgar as outras pessoas

Quando sentir necessidade de julgar a vida de outra pessoa, observe os seus próprios pensamentos e suas próprias atitudes.

“- Não julguem os outros, e Deus não julgará vocês. Não condenem os outros, e Deus não condenará vocês. Perdoem os outros, e Deus perdoará vocês.
Dêem aos outros, e Deus dará a vocês. Ele será generoso, e as bênçãos que ele lhes dará serão tantas, que vocês não poderão segurá-las nas suas mãos. A mesma medida que vocês usarem para medir os outros Deus usará para medir vocês.
E Jesus fez estas comparações: – Um cego não pode guiar outro cego. Se fizer isso, os dois cairão num buraco.
Nenhum aluno é mais importante do que o seu professor. Porém, quando tiver terminado os estudos, o aluno ficará igual ao seu professor.
– Por que é que você vê o cisco que está no olho do seu irmão e não repara na trave de madeira que está no seu próprio olho?
Como é que você pode dizer ao seu irmão: “Me deixe tirar esse cisco do seu olho”, se você não repara na trave que está no seu próprio olho? Hipócrita! Tire primeiro a trave que está no seu olho e então poderá ver bem para tirar o cisco que está no olho do seu irmão.” (Lucas 6:37-42)

Perdoe como você foi perdoado

Perdoar outras pessoas é uma parte importante do seu serviço a Deus. Lembre-se da mensagem da parábola contada por Jesus sobre o servo que não quis perdoar e esteja sempre pronto a perdoar os outros, pois é assim que Deus tem perdoado você.

“Então Pedro chegou perto de Jesus e perguntou: – Senhor, quantas vezes devo perdoar o meu irmão que peca contra mim? Sete vezes?
– Não! – respondeu Jesus. – Você não deve perdoar sete vezes, mas setenta e sete vezes.
Porque o Reino do Céu é como um rei que resolveu fazer um acerto de contas com os seus empregados.
Logo no começo trouxeram um que lhe devia milhões de moedas de prata.
Mas o empregado não tinha dinheiro para pagar. Então, para pagar a dívida, o seu patrão, o rei, ordenou que fossem vendidos como escravos o empregado, a sua esposa e os seus filhos e que fosse vendido também tudo o que ele possuía.
Mas o empregado se ajoelhou diante do patrão e pediu: “Tenha paciência comigo, e eu pagarei tudo ao senhor.”
– O patrão teve pena dele, perdoou a dívida e deixou que ele fosse embora.
O empregado saiu e encontrou um dos seus companheiros de trabalho que lhe devia cem moedas de prata. Ele pegou esse companheiro pelo pescoço e começou a sacudi-lo, dizendo: “Pague o que me deve!”
– Então o seu companheiro se ajoelhou e pediu: “Tenha paciência comigo, e eu lhe pagarei tudo.”
– Mas ele não concordou. Pelo contrário, mandou pôr o outro na cadeia até que pagasse a dívida.
Quando os outros empregados viram o que havia acontecido, ficaram revoltados e foram contar tudo ao patrão.
Aí o patrão chamou aquele empregado e disse: “Empregado miserável! Você me pediu, e por isso eu perdoei tudo o que você me devia.
Portanto, você deveria ter pena do seu companheiro, como eu tive pena de você.”
– O patrão ficou com muita raiva e mandou o empregado para a cadeia a fim de ser castigado até que pagasse toda a dívida.
E Jesus terminou, dizendo: – É isso o que o meu Pai, que está no céu, vai fazer com vocês se cada um não perdoar sinceramente o seu irmão.” (Mateus 18:21-35).

Encontre a alegria no serviço

Você sabe que a busca pelas coisas deste mundo não traz contentamento. Encontre satisfação tornando-se um dos muitos trabalhadores do Senhor. Como membro da família de Deus, demonstre responsabilidade e cuidado para com os outros.

“Irmãos, pedimos a vocês que respeitem aqueles que trabalham entre vocês, isto é, aqueles que foram escolhidos pelo Senhor para guiá-los e ensiná-los.
Tratem essas pessoas com o maior respeito e amor, por causa do trabalho que fazem. E vivam em paz uns com os outros.

Estejam sempre alegres, orem sempre e sejam agradecidos a Deus em todas as ocasiões. Isso é o que Deus quer de vocês por estarem unidos com Cristo Jesus.” (I Tessalonicenses 5:12-13, 16-18)

“Eu poderia falar todas as línguas que são faladas na terra e até no céu, mas, se não tivesse amor, as minhas palavras seriam como o som de um gongo ou como o barulho de um sino.
Poderia ter o dom de anunciar mensagens de Deus, ter todo o conhecimento, entender todos os segredos e ter tanta fé, que até poderia tirar as montanhas do seu lugar, mas, se não tivesse amor, eu não seria nada.
Poderia dar tudo o que tenho e até mesmo entregar o meu corpo para ser queimado, mas, se eu não tivesse amor, isso não me adiantaria nada.
Quem ama é paciente e bondoso. Quem ama não é ciumento, nem orgulhoso, nem vaidoso.
Quem ama não é grosseiro nem egoísta; não fica irritado, nem guarda mágoas.
Quem ama não fica alegre quando alguém faz uma coisa errada, mas se alegra quando alguém faz o que é certo.
Quem ama nunca desiste, porém suporta tudo com fé, esperança e paciência.
O amor é eterno. Existem mensagens espirituais, porém elas durarão pouco. Existe o dom de falar em línguas estranhas, mas acabará logo. Existe o conhecimento, mas também terminará.
Pois os nossos dons de conhecimento e as nossas mensagens espirituais são imperfeitos.
Mas, quando vier o que é perfeito, então o que é imperfeito desaparecerá.
Quando eu era criança, falava como criança, sentia como criança e pensava como criança. Agora que sou adulto, parei de agir como criança.
O que agora vemos é como uma imagem imperfeita num espelho embaçado, mas depois veremos face a face. Agora o meu conhecimento é imperfeito, mas depois conhecerei perfeitamente, assim como sou conhecido por Deus.
Portanto, agora existem estas três coisas: a fé, a esperança e o amor. Porém a maior delas é o amor.” (1 Coríntios 13)

Capítulo 4. Permaneça com Deus

A Bíblia tem muito mais a dizer a respeito de como voltar-se a Deus diariamente e como isso pode enriquecer sua vida espiritual e mantê-lo no caminho rumo à recuperação.

Comece hoje a fazer da leitura bíblica diária um importante exercício espiritual. Escolha uma tradução da Bíblia que seja fácil de ler e entender, como é o caso da Nova Tradução na Linguagem de hoje, e comprometa-se a ler diariamente.

À medida que for lendo, marque as passagens que têm muito para lhe dizer particularmente e quais são as que lhe dizem algo a respeito da natureza de Deus. Muitas pessoas descobriram que é muito útil ter um diário pessoal. Anote seus pensamentos, medos, esperanças e orações. Quanto mais tempo você gasta com Deus, mais aprenderá a respeito do Seu amor e do Seu cuidado.

E, finalmente, como você está crescendo em seu conhecimento e compreensão, compartilhe o que aprendeu com outras pessoas que estão apenas começando a jornada rumo à recuperação, lembrando-se daquilo que o apóstolo Paulo ensinou:

“Porque tudo o que está nas Escrituras foi escrito para nos ensinar, a fim de que tenhamos esperança por meio da paciência e da coragem que as Escrituras nos dão.
Que Deus, que é quem dá paciência e coragem, ajude vocês a viverem bem uns com os outros, seguindo o exemplo de Cristo Jesus!
E isso para que vocês, todos juntos, como se fossem uma só pessoa, louvem ao Deus e Pai do nosso Senhor Jesus Cristo.” (Romanos 15:4-6)

Fonte: Livreto da Sociedade Bíblica do Brasil

Sobre Blog Sétimo Dia

“SOLO CHRISTO”, “SOLA GRATIA”, “SOLA FIDE”, “SOLA SCRIPTURA” (salvação somente em Cristo, somente devido à graça de Deus, somente pela instrumentalidade da fé, somente com base na Escritura)
Esse post foi publicado em Adictos, Cristianismo Prático e marcado , , , . Guardar link permanente.

2 respostas para De Volta para Deus !

  1. Pingback: BlogAdventista.com.br » Blog Archive » De Volta para Deus !

  2. Deverás DEUS tem um plano para cada um de nós! E esse plano é igualmente para tds que O aceitarem e se Voltarem para ELE.Vamos o que vcs estão esperando?O que os está impedindo de se entregarem à ELE? Não consintas que nada,nem ninguém ou vc mesmo impeça de DEUS atuar em tua vida!Volta-te para ELE hoje ,pois Hoje é o dia da tua Salvação.Abraços da: Luci Motta DAvila.

Deixe seu comentário. Tudo o que pedimos é que se mantenha uma cultura de respeito. Isto significa não fazer ataques pessoais, não usar palavrões, e por favor manter o diálogo sobre o tema postado.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s