A Estrada para Emaús: 15 Dicas para Testemunhos Eficazes

Em Lucas 24, encontramos um exemplo maravilhoso da forma e do método de testemunhar de Cristo, em uma poderosa história pós-ressurreição. Neste artigo, vamos descobrir 15 dicas de testemunho, que podem ser adquiridos a partir desta passagem da Bíblia, e que poderá ajudá-lo a se tornar uma testemunha mais eficaz e confiante !

Vamos à história nos versículos de Lucas 24:13-15:

“Ora, eis que dois deles viajavam nesse mesmo dia para uma aldeia chamada Emaús, que distava de Jerusalém sessenta estádios, No caminho, conversavam a respeito de tudo o que havia acontecido. ssim foi, enquanto eles conversavam e discutiam, que o próprio Jesus se aproximou e ia com eles” (NKJV)

Testemunhando Dica nr.01: Aproxime-se

Cristo não era indiferente. Ele ia para onde as pessoas se reuniram. Ele “se aproximou e ia com eles.” A raiz do significado da frase “se aproximou” é se aproximar no tempo e lugar. Cristo procurava os desanimados.

Embora grande parte da obra do evangelho possa ser realizada à distância, em última instância, a maioria das pessoas precisa de uma conexão pessoal, em tempo real. Elas precisam de alguém que irá alcançá-las onde elas estiverem e familiarizar-se com elas. Elas precisam de alguém que vai simpaticamente aplicar a Escritura às suas situações específicas.

Mas antes de irmos longe demais, observe o versículo seguinte …

“Os seus olhos, porém, estavam como que impedidos de o reconhecer.” (Lucas 24:16)

Que conceito interessante! Aqui a Escritura indica que os olhos destes dois homens estavam impedidos de O reconhecer e não sabiam que ele era Jesus. O Senhor queria que eles fossem capazes de se concentrar no que Ele estava dizendo ao invés de em quem Ele era.

Aproximar-se das pessoas e testemunhar para elas não implica necessariamente que a primeira coisa que faremos será adotar uma abordagem de divulgação completa. Por vezes, muito mais pode ser realizado se continuarmos “disfarçados” e revelarmos as coisas conforme as almas são capazes de digeri-las. “Tenho ainda muito que lhes dizer, mas vocês não o podem suportar agora” (João 16:12).

Testemunhando Dica nr.02: Meça sua aproximação

Nem sempre torne conhecido o seu propósito a não ser que a situação o exija. Claro, há momentos em que você deve deixar as pessoas saberem quem você é para evitar ser contraproducente. Por exemplo, se você bater na porta de alguém, eles têm o direito de saber imediatamente quem você é e por que você está lá.

No entanto, em outros locais, por exemplo, quando você está viajando, você tem o luxo de deixar as coisas jogadas para fora, o que pode proporcionar grandes vantagens para o testemunho eficaz.

Mas para que isso ocorra, precisamos estar conscientes da “conversa” e “raciocínio” que ouvimos as pessoas usando.

A palavra “conversa” no versículo 15 vem da raiz grega logos ou “palavra”. A palavra “razão” vem da raiz grega logismos, de onde temos a palavra “lógica”.

Nós podemos tomar isto para dizer que, em vez de se fazer logo conhecido, Cristo escolheu ouvir e aprender sobre aqueles a quem Ele estava tentando alcançar.

Testemunhando Dica nr.03: Ouvir

Ouça as palavras que as pessoas estão usando, ouça a sua lógica, quando você estiver testemunhando para elas. Você pode aprender muito sobre quem elas são e quais são suas necessidades. Isso pode fornecer uma base e direção para o que compartilhar mais tarde com elas, quando for o momento de tornar você e seu propósito mais conhecido. É mais fácil adaptar o seu ensino às necessidades específicas dessas pessoas, se você escutar as suas preocupações e levá-las ao coração.

O que Jesus fez para reunir mais informações necessárias?

Ele lhes disse: “Sobre o que vocês estão discutindo enquanto caminham…e estão tristes?” (Lucas 24:17 – NKJV)

Podemos encontrar pelo menos mais duas fecundas dicas de testemunho neste curto verso.

Testemunhando Dica nr.04: Explore seus corações

Faça perguntas abertas para conhecer melhor seus novos amigos, e obter conhecimento adicional sobre eles. É simplesmente incrível a quantidade de informação que as pessoas dão voluntariamente, uma vez que elas começam a falar. Quando você faz perguntas abertas, as pessoas não se sentem pressionadas e compartilham o que está em seus corações, além de se sentirem também valorizadas por estarem sendo ouvidas.

Mas você notou outro elemento na pergunta de Cristo? Ele não só perguntou sobre sua conversa, ele também notou e perguntou sobre o que suas expressões faciais e linguagem corporal estavam comunicando.

Testemunhando Dica nr.05: Seja Consciente de tudo

Peça ao Espírito para lhe dar consciência e discernimento como Cristo. Jesus viu que os dois homens estavam tristes (literalmente sombrios ou de aparência melancólica), e perguntou a eles porque eles estavam assim!

A importância das expressões faciais, são que elas podem dizer muito sobre o que está acontecendo na cabeça de alguém. Nunca é seguro assumir qualquer coisa com base apenas em uma expressão facial, mas certamente não faz mal perguntar.

A pergunta e observação de Jesus provocou uma resposta reveladora de um de seus companheiros de viagem.

Cleopas, respondendo, disse-lhe: “Você é o único visitante em Jerusalém que não sabe das coisas que ali aconteceram nestes dias?” Ele lhes perguntou: Que coisas?” (Lucas 24:18-19)

Como você ouviu à Cléopas? você pôde sentir a sua tristeza? Talvez ele parecesse um pouco com raiva também. Curiosamente, isto está de acordo com o significado real da palavra traduzida como “triste” que pode incluir a idéia de que a pessoa também está experimentando a raiva.

Mas Cristo, o mestre comunicador, reconhece que ainda não é hora para falar, Ele ouve na resposta de Cleopas, o desejo de compartilhar mais informações, então, Ele acena para Cleopas e continua perguntando: “Que coisas?”

À medida que você ler a resposta Cleopas, veja se você consegue identificar e diagnosticar a causa de sua triste raiva.

“As coisas que dizem respeito a Jesus, o nazareno, que foi profeta, poderoso em obras e palavras diante de Deus e de todo o povo, e como os principais sacerdotes e as nossas autoridades e entregaram para ser condenado à morte, e o crucificaram. Ora, nós esperávamos que fosse ele quem havia de remir Israel; e, além de tudo isso, é já hoje o terceiro dia desde que essas coisas aconteceram. Verdade é, também, que algumas mulheres do nosso meio nos encheram de espanto; pois foram de madrugada ao sepulcro e, não achando o corpo dele voltaram, declarando que tinham tido uma visão de anjos que diziam estar ele vivo. Além disso, alguns dos que estavam conosco foram ao sepulcro, e acharam ser assim como as mulheres haviam dito; a ele, porém, não o viram.” (Lucas 24:19-24)

Você viu o motivo da raiva de Cleopas? Ele a deu. Então, qual era o problema? Esses dois estavam desanimados, e a conversa entre eles não os estava ajundando, apenas os estava deprimindo mais ainda. eles tinham perdido a esperança e estavam num estado de espírito muito vulnerável e desanimado.

Testemunhando Dica nr.06: Seja Paciente

Se você esperar pacientemente o tempo suficiente, as pessoas muitas vezes irão lhe contar os seus problemas e lhe dar uma chance para oferecer uma solução.

O que Cristo disse a seguir seria de vital importância para eles fisicamente, mentalmente e espiritualmente. Poderia muito bem ser a diferença entre a vida e a morte para eles.

Então o que Ele disse?

Ele disse-lhes: “Ó néscios, e tardos de coração para crer em tudo o que os profetas falaram! Porventura não convinha que o Cristo padecesse estas coisas e entrasse na sua glória?” (Lucas 24:25).

Embora à primeira vista poderia parecer que a escolha das palavras de Cristo foram imprudentes, elas estavam realmente saturadas de significado.

Em primeiro lugar, Jesus diz: “Oh néscios”. É um tolo inteligente ou simplesmente ignorante? O que exatamente é um tolo, afinal? Bem, de acordo com a Bíblia, um tolo é aquele que diz “em seu coração: Não há Deus” (Salmo 14:1).

Então o que temos agora é um retrato de dois indivíduos que tinham andado e falado com Cristo por três anos, mas estavam em perigo de não mais caminhar com Deus. Eles estavam prestes a desistir completamente, até mesmo questionando a sua fé e confiança em Deus.

Vamos para a próxima frase: “Tardos de coração”. Lentidão do coração, no grego é “bradeis cárdia”, e é onde temos a palavra “bradicardia”, que é um termo usado na medicina de hoje para descrever um ritmo cardíaco perigosamente baixo. Em outras palavras, sua tolice espiritual lhes tinha causado a perda do ânimo.

Qual foi a causa desta condição de risco de vida? Porque eles não tinham acreditado “em tudo o que os profetas falaram!” E por causa deste raciocínio seletivo e defeituoso, o que era realmente uma bênção magnífica, foi algo que eles pensaram ser a pior maldição possível, o que era deprimente para eles deveria ser visto como um glorioso cumprimento da profecia bíblica. “Porventura não convinha que o Cristo padecesse estas coisas para entrar na sua glória?”

Aqui o tom de toda esta experiência de testemunho muda. Cristo passa de um ouvinte ativo à um ativo apresentador das verdades bíblicas.

Mas antes de olharmos mais de perto sua apresentação, vamos nos lembrar de várias dicas vitais de testemunho que acabamos de ver.

Testemunhando Dica nr.07: Seja completo

Jesus continuou a fazer perguntas abertas, até Ele e aqueles a quem estava testemunhando, terem partilhado informações suficientes para terem uma visão completa do diagnóstico e da solução.

Testemunhando Dica nr.08: Seja direto

Uma vez que Jesus conhecia o problema e sua gravidade, Ele não perdeu tempo, e diretamente, mas com muito tato, partilhou não só
o Seu diagnóstico do problema, mas também a solução: Acreditar em tudo o que os profetas haviam falado.

Testemunhando Dica nr.09: Oferecer primeiro a solução

Para ter certeza que aqueles que O estavam escutando, não fossem devastados pelo Seu diagnóstico direto, Ele compartilhou a conclusão, o prognóstico esperançoso.

Em essência, Ele disse: “Olha, eu conheço a sua dor. Eu entendo o seu ponto de vista, mas eu tenho uma boa notícia para você. Você está errado! O que você acha que é a pior coisa do mundo é realmente a melhor!”

Claro, Ele não os deixou apenas com a conclusão. Observe o que Ele faz em seguida!

“E começando por Moisés e todos os profetas, explicou-lhes o que constava a respeito dele em todas as Escrituras” (Lucas 24:27).

Testemunhando Dica nr.10: esteja preparado para ter uma resposta

Cristo não se limita a dizer-lhes que eles estavam pensando coisas erradas. Ele também mostra como pensar direito através de uma poderosa explicação das Escrituras! Jesus sabia que eles estavam desesperados por respostas. Pode-se dizer que Ele positivamente 
 os repreende, oferecendo-lhes a 
 visão correta da situação, a partir das Escrituras.

Claro, um estudo tópico-sistemático da Bíblia, isto é, olhando para tudo o que a Bíblia tem a dizer sobre um assunto, pode ter um efeito poderoso. Isto é de fato o que um evangelista faz em cada apresentação. Provar e reprovar todas as coisas a partir da Palavra de Deus.

Testemunhando Dica nr.11: Torne-se pessoal

Quando Jesus explica essa revelação, Ele faz isso no contexto de sua própria experiência de dor e testemunha glorificando a Deus “as coisas referentes a si mesmo”.

A mais poderosa forma de testemunho é muitas vezes apenas um simples depoimento pessoal. Você deve aprender a partilhar o seu testemunho sempre que for útil fazer isso.

Tenha cuidado, no entanto, e não exagere. Cristo realmente avaliou a continuidade do interesse dos que estavam lhe escutando. Ele fez isso, indicando que Ele tinha de continuar a sua viagem assim que os outros dois se aproximaram do seu destino.

Testemunhando Dica nr.12: Meça a continuidade do interesse

Sempre monitore se você está ou não chegando até alguém, ou meça o nível de interesse de quem ouve, e em seguida limite seu tempo, enquanto o interesse ainda estiver no auge. Você não tem que compartilhar tudo de uma vez. você pode alimentar uma pessoa com a melhor comida e lhe causar indigestão!

Observe a resposta dos dois homens, quando Cristo disse que Ele iria deixá-los …

Mas eles o constrangeram, dizendo: “Fique conosco, pois a noite já vem; o dia já está quase findando”. Então, ele entrou para ficar com eles. (Lucas 24:29)

Não é dessa maneira que você gostaria que as pessoas agissem no final do seu estudo da Bíblia? Constrangendo-o para ficar e mostrar-lhes mais?

Naturalmente, a melhor parte desta passagem maravilhosa é encontrada nos versos seguintes. Veja se você consegue identificar os resultados de um testemunho eficaz.

“Quando estava à mesa com eles, tomou o pão, deu graças, partiu-o e o deu a eles. Então os olhos deles foram abertos e o reconheceram, e ele desapareceu da vista deles. Perguntaram-se um ao outro: “Não estava queimando o nosso coração, enquanto ele nos falava no caminho e nos expunha as Escrituras?” (Lucas 24:30-32)

Você viu os resultados?

Um eficaz estudo bíblico ajuda as pessoas, literalmente, a ver Jesus. A Palavra é tão cheia do Espírito que pode levar os corações quebrados, impotentes e “lentos” das almas enfermas pelo pecado a ficarem cheios de nova vida e energia.

Testemunhando Dica nr.13: Dar glória a Deus

O Testemunho verdadeiro levará à adoração do Cristo vivo, não do pregador ou do professor! Tenha Deus como seu foco, assim como Cristo sempre fez.

Testemunhando Dica nr.14: Manter o foco das pessoas nas Escrituras

O testemunho eficaz também irá levá-lo à sair enquanto o foco daqueles que têm vindo a estudar com você, estiver firmemente orientado para a verdadeira mudança de vida contida nas Escrituras.

E qual foi o resultado final do testemunho de Cristo naquele dia?

“Levantaram-se e voltaram imediatamente para Jerusalém. Ali encontraram os Onze e os que estavam com eles reunidos, que diziam: “É verdade! O Senhor ressuscitou e apareceu a Simão!” Então os dois contaram o que tinha acontecido no caminho, e como Jesus fora reconhecido por eles quando partia o pão” (Lucas 24:33-35)

Testemunhando Dica nr.15: Faça Discípulos

A Testemunha Verdadeira vai liderar e inspirar aqueles que aprenderam a verdade para compartilhar o que aprenderam com a mesma ousadia e clareza.

Que quadro maravilhoso e prático de medidas eficazes baseadas na palavra testemunhar! Que maravilhoso exemplo de técnicas simples que não só os discípulos, mas eu e você podemos usar para alcançar mais pessoas para o Rei!

Lembre-se, este foi um estudo bíblico simples, dado durante uma curta caminhada de sete quilômetros, que foi usado pelo Espírito para virar o mundo de cabeça para baixo! Eles ouviram o estudo e Seus corações foram incendiados, e não puderam deixar de compartilhar com os outros. E agora que você já ouviu isso pode ir compartilhar com os outros também!

Artigo escrito por Don Mackintosh, Director of AFCOE e publicado na Revista Amazing Facts edição de Jul/Ago/Set de 2010. Crédito da tradução Blog Sétimo dia https://setimodia.wordpress.com/

Sobre Blog Sétimo Dia

“SOLO CHRISTO”, “SOLA GRATIA”, “SOLA FIDE”, “SOLA SCRIPTURA” (salvação somente em Cristo, somente devido à graça de Deus, somente pela instrumentalidade da fé, somente com base na Escritura)
Esse post foi publicado em Artigos traduzidos - Amazing Facts, Cristianismo Prático, Testemunhos e marcado , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe seu comentário. Tudo o que pedimos é que se mantenha uma cultura de respeito. Isto significa não fazer ataques pessoais, não usar palavrões, e por favor manter o diálogo sobre o tema postado.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s