Suposto Pastor da Assembléia de Deus expulso da frente do fórum onde ocorre o julgamento do casal Nardoni

Que classe de pessoas que se dizem crentes é essa, que berram, pulam, gritam, querem aparecer e só falam besteiras?

Que tipo de pastores são esses que vão até a frente de um fórum, onde se está ocorrendo um julgamento que comove o país, para falarem tanta besteira? O homem que se intitula pastor da Assembléia de Deus, chama-se Orlando Torres, tem 58 anos e está lá na frente do fórum de Santana desde que começou o julgamento do casal Nardoni, defendendo o casal, dizendo que o julgamento do casal cabe somente a Deus, e que Deus já os perdoou. Pera lá, que Deus é Juíz sobre todos, disso ninguém duvida, mas que imbecilidade tamanha é o camarada ficar lá berrando, pulando e falando bobagem. Por acaso ele é Deus, sabe se o casal está mesmo arrependido para dizer que Deus já os perdoou? O casal apesar de todas as evidências contra eles nega o crime, e bem sabemos que sem arrependimento não há perdão.

O homem que se intitula pastor queria mesmo é aparecer, uma vez que parece ser figurinha carimbada em eventos com grande presença da mídia. Um deles foi o velório do Clodovil Hernandes o qual ele agraciou com sua presença.

Nesta quarta feira, aconteceu o inevitável, após correr e pular (não entendo porque o homem pula e grita tanto, deve ser do tipo crente canela de fogo) acabou sendo expulso da frente do fórum, saiu escoltado por policiais militares, porque estava incomodando e causando tumulto com sua gritaria e pregação incabível. O que esse Senhor quer? Já que quem deve julgar o caso é somente Deus na opinião dele, então soltemos todos os criminosos de tráz das grades.

Essa é a imagem que a grande maioria acaba tendo dos evangélicos, de pessoas sem o mínimo de bom senso. A imagem da ignorância !

…………………………………………………………………………………………………….

Me senti na obrigação de acrescentar ao post um comentário feito aqui no blog pelo Sr. Carlos Roberto sobre o episódio acima narrado.

CRISTIANISMO PAUPÉRRIMO

“TENDA EVANSOTÉRICA”

O problema de certos “CABOCLOS” é que às vezes eles perdem o bom senso em busca da autopromoção. Vão testando os limites e, de repente, não percebem que foram longe demais, que não estão em terreiros e sim em área publica. Aí, não há fio de meada que os faça encontrar o caminho de volta no labirinto em que se enfiaram.

Um dos truques mais usados por representantes dessa categoria exótica é ir na contramão do senso comum. Se a massa vai para um lado, eles correm para o outro. Às vezes nem eles acreditam no que fazem. E daí? Vocês acham que eles se importam com isso? O que conta é fazer barulho, causar burburinho. Uns fazem isso com mais brilho, outros com menos. A maioria só faz calor, poucos conseguem iluminar. De vez em quando a receita desanda e o resultado é desastroso. Ai é preciso dar descarga no vaso…

A atitude deste sujeito desequilibrado expõe as feridas podres do nosso paupérrimo cristianismo. Se dizendo Pastor da Assembléia de Deus – olha a assembléia aí gente… – o candidato a humorista de circo do interior Pai Orlando torres deu mais um espetáculo do Baixo Clero evangélico. Ele já havia aprontado em outras vezes e em uma delas afirmou: “Já me ligaram uns 14 amigos que me viram na televisão. VIM MESMO PRA APARECER”, diz. De óculos escuros, bem do lado do caixão, parecia estar chorando em alguns momentos, mas, em outros, atendia o celular e dava uma risadinha. “O Clodovil era um idealista, não desistia de suas idéias. Eu também vou continuar por aqui”.

A fantasia religiosa ataca novamente. Pai Orlando de Oxossi, Pastor da igreja Assembléia de Deus, foi expulso do local por insistir em cantar, bem alto, “Glória, Glória, Aleluia”. Ele disse ter cantado a mesma música nos velórios de Sérgio Mota, ex-ministro de Comunicações de FHC, Ronald Golias, humorista e Nair Bello, e até do lado de fora do show da Madonna – para “ARREBANHAR ALMAS”. “Clodovil está em outra dimensão e nós estamos indo para lá também”. Ainda bem que ele sabe para onde está indo com este seu escracho religioso, o inferno… Deve fazer parceria com o citado falecido e se divertir usando um MODELITO desenhado por ele para ocasiões especiais…

“MOSCA DE VELÓRIO”, este sujeito aproveita a onda de mediocridade por que atravessa o Evangelho para ter os seus minutos de fama e de “GLÓRA TERRENA” já que com estas suas esquisitices ele jamais verá a verdadeira glória, a de Deus. Por falta de um espaço no horário nobre da televisão, o camarada usa acontecimentos de repercussão nacional para colocar em prática as suas idiotices e as suas trapalhadas, tudo para “LEVANTAR A MORAL” da sua denominação e de carona de sua igreja. São os “CRENTINOS MUNDERNOS” que não querem protestar por nada, para este picareta pouco importa o resultado do julgamento, o que interessa é ver a sua imagem estampada nas páginas, mesmo que sejam policiais… A pobreza e tamanha que o “CABOCLO ORLANDO TORRES”, que para os meus conceitos não passa de um espertalhão, usa uma tragédia para tentar pregar alguma coisa que não tem qualquer relação com o Evangelho.

Com certeza ele, Pai Orlando de Oxossi deve ser dono de uma “TENDA EVANSOTÉRICA” onde na propaganda consta Búzios, Tarô, Cartomancia, Baralho Cigano e trabalhos espirituais. Os policiais vieram falar comigo, mas o que estou fazendo de errado? Só quero transmitir uma mensagem de paz, disse. O Pastor chegou a ser questionado se havia tomado alguma sustância, ele afirmou que “SÓ TOMEI O ESPÍRITO SANTO”. Pois eu juro que ele tomou sim o chá famoso nos terreiros da ignorância religiosa, o abençoado “CHÁ DE ESPIRITO DE PORCO”, um excelente laxante que faz com que o sujeito que o ingeriu possa colocar para fora as suas verborréias. Pelo que vi, baixou sobre ele uma “POMBA GIRIA” das pesadas, o cara estava para lá de doidão. E o meu amigo Apóstolo Paulo o que diria desta besteira? Foi ele quem recomendou que não nos embriagássemos com o vinho… Com a caninha “ESPÍRITO DE PORCO” pode!!! Ah!! O “SANTO DAIME” também faz parte dos liberados… Só faltou ele falar em línguas para impressionar o povão e mostrar toda a sua ignorância religiosa, é que não deram tempo a ele…

É o Evangelho sendo ridicularizado, sendo exposto ao escárnio numa festa onde a mídia oferece gratuitamente uma oportunidade única e raríssima para que figuras exóticas como o Pai Orlando de Oxossi possa expor as suas fraquezas e as suas deficiências em lidar com o Sagrado. O que me deixa perplexo é ver as pessoas chamando um pilantra deste de “IRMÃO”, meu que não é. Eu conheço o meu Pai e sei me relacionar muito bem com ele, e diante das circunstâncias ele me permite testemunhar do seu poder sem precisar escandalizar e sem ser considerado um perturbador da ordem publica. Com certeza este deve ser um dos participantes das tais “MARCHAS PARA JESUS”, patrocinadas pelo “MOVIMENTO GOSPEL”, onde o que não falta são pessoas esquisitas e desequilibradas querendo aparecer. Meus irmãos, redimidos e comprados pelo sangue na cruz, não dão vexame, são equilibrados e conhecem as Escrituras, eles jamais se sujeitariam a cenas hilárias como a deste camarada com o argumento podre de estar pregando o Evangelho.

Na minha família de fé não usamos de artifícios para enganar o povão dizendo ser coisas do reino, nós não mascaramos e não falsificamos a verdade das Escrituras, somos transparentes e não precisamos de oportunidades para aparecermos na mídia. Buscamos no TESTEMUNHO, como na igreja primitiva, uma maneira eficaz de transmitirmos o amor de Deus ao mundo.

O ”DOM” de querer aparecer não faz parte da lista dos dons descritos por Paulo, mas é o mais disputado hoje no meio “CRISTIANISMO MUNDERNO”, e isto leva as pessoas a pagarem Zoológicos inteiros e não pequenos micos como é comum. O que tem de gente querendo aparecer no meio religioso é impressionante, é só oferecer um microfone e uma câmera e pronto, lá vem bobagem, lá vem “TISTIMUIM” da “BENÇA” num português de dar inveja ao Aurélio.

Quero deixar uma sugestão básica para os que querem aparecer e se auto-promover, nada melhor que colocar uma melancia na cabeça e ficar pulando com um pé só, além de fazer bunda lê-lê, se quiser pode até cantar uma das musicas do tipo: ”DESCE FOGO, DESCE, VEM QUEIMAR TUDO…”, quem sabe o seu pedido não é aceito e ele vai junto, poupando o trabalho da policia. Ou então ele poderia entrar para o grupo “CARPIDEIRAS ANÔNIMAS”, espaço de apoio a infortunados, miseráveis e desgraçados em geral. Fala sério…

Sobre Blog Sétimo Dia

“SOLO CHRISTO”, “SOLA GRATIA”, “SOLA FIDE”, “SOLA SCRIPTURA” (salvação somente em Cristo, somente devido à graça de Deus, somente pela instrumentalidade da fé, somente com base na Escritura)
Esse post foi publicado em Notícias Mundo Religioso e marcado , . Guardar link permanente.

3 respostas para Suposto Pastor da Assembléia de Deus expulso da frente do fórum onde ocorre o julgamento do casal Nardoni

  1. Carlos Roberto disse:

    CRISTIANISMO PAUPÉRRIMO
    “TENDA EVANSOTÉRICA”

    O problema de certos “CABOCLOS” é que às vezes eles perdem o bom senso em busca da autopromoção. Vão testando os limites e, de repente, não percebem que foram longe demais, que não estão em terreiros e sim em área publica. Aí, não há fio de meada que os faça encontrar o caminho de volta no labirinto em que se enfiaram.

    Um dos truques mais usados por representantes dessa categoria exótica é ir na contramão do senso comum. Se a massa vai para um lado, eles correm para o outro. Às vezes nem eles acreditam no que fazem. E daí? Vocês acham que eles se importam com isso? O que conta é fazer barulho, causar burburinho. Uns fazem isso com mais brilho, outros com menos. A maioria só faz calor, poucos conseguem iluminar. De vez em quando a receita desanda e o resultado é desastroso. Ai é preciso dar descarga no vaso…

    A atitude deste sujeito desequilibrado expõe as feridas podres do nosso paupérrimo cristianismo. Se dizendo Pastor da Assembléia de Deus – olha a assembléia aí gente… – o candidato a humorista de circo do interior Pai Orlando torres deu mais um espetáculo do Baixo Clero evangélico. Ele já havia aprontado em outras vezes e em uma delas afirmou: “Já me ligaram uns 14 amigos que me viram na televisão. VIM MESMO PRA APARECER”, diz. De óculos escuros, bem do lado do caixão, parecia estar chorando em alguns momentos, mas, em outros, atendia o celular e dava uma risadinha. “O Clodovil era um idealista, não desistia de suas idéias. Eu também vou continuar por aqui”.

    A fantasia religiosa ataca novamente. Pai Orlando de Oxossi, Pastor da igreja Assembléia de Deus, foi expulso do local por insistir em cantar, bem alto, “Glória, Glória, Aleluia”. Ele disse ter cantado a mesma música nos velórios de Sérgio Mota, ex-ministro de Comunicações de FHC, Ronald Golias, humorista e Nair Bello, e até do lado de fora do show da Madonna – para “ARREBANHAR ALMAS”. “Clodovil está em outra dimensão e nós estamos indo para lá também”. Ainda bem que ele sabe para onde está indo com este seu escracho religioso, o inferno… Deve fazer parceria com o citado falecido e se divertir usando um MODELITO desenhado por ele para ocasiões especiais…

    “MOSCA DE VELÓRIO”, este sujeito aproveita a onda de mediocridade por que atravessa o Evangelho para ter os seus minutos de fama e de “GLÓRA TERRENA” já que com estas suas esquisitices ele jamais verá a verdadeira glória, a de Deus. Por falta de um espaço no horário nobre da televisão, o camarada usa acontecimentos de repercussão nacional para colocar em prática as suas idiotices e as suas trapalhadas, tudo para “LEVANTAR A MORAL” da sua denominação e de carona de sua igreja. São os “CRENTINOS MUNDERNOS” que não querem protestar por nada, para este picareta pouco importa o resultado do julgamento, o que interessa é ver a sua imagem estampada nas páginas, mesmo que sejam policiais… A pobreza e tamanha que o “CABOCLO ORLANDO TORRES”, que para os meus conceitos não passa de um espertalhão, usa uma tragédia para tentar pregar alguma coisa que não tem qualquer relação com o Evangelho.

    Com certeza ele, Pai Orlando de Oxossi deve ser dono de uma “TENDA EVANSOTÉRICA” onde na propaganda consta Búzios, Tarô, Cartomancia, Baralho Cigano e trabalhos espirituais. Os policiais vieram falar comigo, mas o que estou fazendo de errado? Só quero transmitir uma mensagem de paz, disse. O Pastor chegou a ser questionado se havia tomado alguma sustância, ele afirmou que “SÓ TOMEI O ESPÍRITO SANTO”. Pois eu juro que ele tomou sim o chá famoso nos terreiros da ignorância religiosa, o abençoado “CHÁ DE ESPIRITO DE PORCO”, um excelente laxante que faz com que o sujeito que o ingeriu possa colocar para fora as suas verborréias. Pelo que vi, baixou sobre ele uma “POMBA GIRIA” das pesadas, o cara estava para lá de doidão. E o meu amigo Apóstolo Paulo o que diria desta besteira? Foi ele quem recomendou que não nos embriagássemos com o vinho… Com a caninha “ESPÍRITO DE PORCO” pode!!! Ah!! O “SANTO DAIME” também faz parte dos liberados… Só faltou ele falar em línguas para impressionar o povão e mostrar toda a sua ignorância religiosa, é que não deram tempo a ele…

    É o Evangelho sendo ridicularizado, sendo exposto ao escárnio numa festa onde a mídia oferece gratuitamente uma oportunidade única e raríssima para que figuras exóticas como o Pai Orlando de Oxossi possa expor as suas fraquezas e as suas deficiências em lidar com o Sagrado. O que me deixa perplexo é ver as pessoas chamando um pilantra deste de “IRMÃO”, meu que não é. Eu conheço o meu Pai e sei me relacionar muito bem com ele, e diante das circunstâncias ele me permite testemunhar do seu poder sem precisar escandalizar e sem ser considerado um perturbador da ordem publica. Com certeza este deve ser um dos participantes das tais “MARCHAS PARA JESUS”, patrocinadas pelo “MOVIMENTO GOSPEL”, onde o que não falta são pessoas esquisitas e desequilibradas querendo aparecer. Meus irmãos, redimidos e comprados pelo sangue na cruz, não dão vexame, são equilibrados e conhecem as Escrituras, eles jamais se sujeitariam a cenas hilárias como a deste camarada com o argumento podre de estar pregando o Evangelho.

    Na minha família de fé não usamos de artifícios para enganar o povão dizendo ser coisas do reino, nós não mascaramos e não falsificamos a verdade das Escrituras, somos transparentes e não precisamos de oportunidades para aparecermos na mídia. Buscamos no TESTEMUNHO, como na igreja primitiva, uma maneira eficaz de transmitirmos o amor de Deus ao mundo.

    O ”DOM” de querer aparecer não faz parte da lista dos dons descritos por Paulo, mas é o mais disputado hoje no meio “CRISTIANISMO MUNDERNO”, e isto leva as pessoas a pagarem Zoológicos inteiros e não pequenos micos como é comum. O que tem de gente querendo aparecer no meio religioso é impressionante, é só oferecer um microfone e uma câmera e pronto, lá vem bobagem, lá vem “TISTIMUIM” da “BENÇA” num português de dar inveja ao Aurélio.

    Quero deixar uma sugestão básica para os que querem aparecer e se auto-promover, nada melhor que colocar uma melancia na cabeça e ficar pulando com um pé só, além de fazer bunda lê-lê, se quiser pode até cantar uma das musicas do tipo: ”DESCE FOGO, DESCE, VEM QUEIMAR TUDO…”, quem sabe o seu pedido não é aceito e ele vai junto, poupando o trabalho da policia. Ou então ele poderia entrar para o grupo “CARPIDEIRAS ANÔNIMAS”, espaço de apoio a infortunados, miseráveis e desgraçados em geral. Fala sério…

    Carlos Roberto Martins de Souza

  2. Infilismente episodio como esse continuará acontecendo. Minha pergunta é: Como chega a pastor um cidadão como ele? Tenho certeza que ele não serve de exemplo para seu rebanho, manda ele para reserva e coloca um Pastor que tenha uma postura inversa. Tony

  3. André Vieira disse:

    Caro Sr. Antônio, sou Pastor da Assembléia de Deus e vou te dizer como alguns desses homens se formam pastores. Primeiro se insurgem contra os ministros convencionados perante os quais servem na obra de Cristo. Segundo, se auto proclaman pastores por não o serem nas igrejas onde origináriamente frequentavam, visto que a maioria das Assembléias de Deus exige-se formação por em Teologia, ainda que seja o curso Médio. Terceiro todos eles buscam sempre o exercicio e imposição de suas próprias razões e só eles falam com Deus. Terceiro, NÃO são chegados a trabalho e ignoram que nas Assembéias de Deus quase todos os Pastores tem uma jornada dupla entre o ofício sacerdotal e o secular. Por último, falta consenso entre as Convenções das Assembléias de Deus que busque ajuda junto à Justiça Estatal para coibir a abertura de determinados botecos espirituais usando o nome Assembleia de Deus, pois maculam o nome da instituição e são um ultraje à Comunide Evangélica como um todo.

Deixe seu comentário. Tudo o que pedimos é que se mantenha uma cultura de respeito. Isto significa não fazer ataques pessoais, não usar palavrões, e por favor manter o diálogo sobre o tema postado.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s